Por que o Twitter é importante para músicos?

O que você acha do Twitter? Chato? Divertido? Coisa de jornalista? Pois a gente acha que você poderia estar lá, e sua carreira ia sair ganhando. E apresentamos três argumentos disso

Por que o Twitter é importante para músicos?

Por Chris Robley

O Twitter permite que músicos façam três coisas que eles não conseguem fazer em outras mídias sociais.

Primeiramente: se você odeia o Twitter, tudo bem. Você não precisa estar nele.

A mesma coisa vale para TODA plataforma social. Concentre seus esforços.

As novas regras das mídias sociais inclusive dizem que você NÃO DEVERIA estar em todas elas.

Mas se você está no Twitter, se você gosta de usar o Twitter, se você já viu resultados no Twitter, não perca a esperança apenas porque os relatos da mídia indicam uma baixa tendência de baixa nos últimos anos.

A maioria das pessoas no Twitter não conhece o seu som. Apresente-se.

É sempre bom lembrar: o Twitter tem centenas de milhões de usuários, ativos todos os meses — e a maioria deles nunca ouviu falar da sua música. É um grande mercado a ser explorado.

A seguir, as coisas que você pode fazer no Twitter, mas não em outras plataformas.

1. Publicar links sem ter seu alcance limitado.

O Facebook faz um downgrade de posts que tenham links, especialmente se esse link levar para um site fora dessa rede social.

O Instagram não permite nem que você coloque links clicáveis nas suas legendas: você só tem direito a ter um link na sua bio.

O Twitter permite que você faça quantos tweets quiser com links para Spotify, Soundcloud, YouTube, sites, o que quiser. E essas publicações não têm o alcance limitado só porque elas vão levar os usuários para conteúdo que não pertenceu ao Twitter.

E, melhor ainda, muitos desses links (que levam para outros sites como YouTube) abrem dentro da janela do  Twitter, e assim você consegue interação direta.

2. Poste quantas vezes quiser, sem ter seu alcance limitado por causa disso.

O Instagram permite que você poste imagens que traduzem suas emoções. Mas às vezes você quer DIZER algo.

O Facebook aceita quantos posts o usuário quiser, mas, quanto mais você postar, menores as chances de todos os seus seguidores o verem,

Quando você quer falar algo com palavras, ou quando quiser falar algumas coisas com muitas palavras, lá está o Twitter!

Uma série de tweets pode te ajudar a contar uma grande história em pouco tempo.Um tweet a cada 15 minutos pode revelar como sua vida é uma aventura. Um único tweet pode conter uma revelação.

Você pode trazer seus fãs para uma jornada interior na sua mente, ou agendar 50 tweets para o resto do mês usando o HootSuite, o Twitter não vai te impedir. Você faz quantas postagens quiser, quando quiser.

3. Dê uma mão aos outros sem se prejudicar.

Fazer parte de uma comunidade grande de músicos é bem importante, mas, quando você quer compartilhar as informações de uma música de um amigo ou agradecer a um blogueiro que escreveu sobre seu som (no mesmo dia em que seu videoclipe foi publicado no YouTube), ou quer só perguntar para os seus fãs o que eles acharam do som novo daquele artista famoso… você pode se reprimir de fazer isso no Facebook, se for afetar o alcance de outros posts que precisam ser feitos naquele mesmo dia, sobre o seu som.

E quem vem te salvar? Sim, de novo, o Twitter.

O Twitter não tem nenhuma barreira para você tentar ser um bom colega para outros músicos. Você pode fazer tweets, retweets, responder mensagens e curtir coisas sempre que quiser. Quando ajudar outros artistas não custa nada, sua generosidade vai fluir. É claro que o Twitter é a casa virtual de muitos trolls, mas também pode ser um lugar de muito apoio e camaradagem.

O que mais músicos podem ganhar com o Twitter?

Essas são só três das coisas que você pode fazer no Twitter e em nenhuma outra plataforma. Mas eu tenho certeza de que há ainda mais opções.

Quer dar seus palpites? É só deixar um comentário aqui embaixo.


Comente

Seus email não será publicado.