Mídias Sociais & Músicos: O Perigo de estar em todos os lugares

Print

Por que menos é mais quando se trata de promover sua música em mídias sociais

Desde o surgimento das mídias sociais, os músicos têm sido sempre um dos primeiros a adotar  tecnologias para se promover (lembram do MYSpace). Com tantas novas plataformas surgindo em toda a web todos os dias, não é nenhuma surpresa que tantos sentem a necessidade de estar em toda parte .

Alguns de nós são movidos pela idéia de que mais perfis equivale a mais de chances de ser descoberto. Outros se apegam ao medo de perder um pedaço de potenciais fãs por não estar lá .

Eu acho que seria justo dizer que uma boa parte dos músicos tem mais contas de mídia sociais  do que eles sabem o que fazer com elas. E você quer saber? – Eu entendo totalmente isso, porque eu sou culpado de estar nesta boa parte dos músicos também.

Oh não, outro perfil para manter !

Obviamente, Facebook e Twitter são quase obrigatórios para praticamente qualquer pessoa , músico ou não. Então vamos para os grandes conhecidos dos musicos como SoundCloud e ReverbNation . Mas, além deste entramos na espiral sem fim de possbilidades como – YouTube , Instagram, Pinterest , Google+ , MySpace , LinkedIn, Tumblr, StumbleUpon , e a lista só vai aumentando cada vez mais… .

Agora eu vou ser o primeiro a admitir que a tentação é forte e a gratificação imediata é enorme – cada uma dessas plataformas são rápidos para se inscrever,  fácil de configurar, divertido para brincar , e acima de tudo, grátis para usar – grátis no sentido fiscal da palavra.

Mas espere um pouco, o que acontece com dois amigos caros que esquecemos de incluir na equação?

Tempo: sim, você provavelmente sabia que eu ia dizer isso. Mas é verdade – a quantidade de tempo necessária para manter com efetividade  múltiplas plataformas sociais é significativo. E como artista , o tempo é um dos recursos mais valiosos que você tem , certo?

Presença : talvez um custo que você não tinha considerado . Presença on-line é muito parecido com reputação no mundo real – e não apenas as pessoas vão julgá-lo com base nela , mas eles vão falar sobre isso quando você não está por perto , para melhor ou para pior. A manutenção de uma presença on-line saudável é uma necessidade absoluta para qualquer músico que é sério sobre sua arte. Para cada nova plataforma social que você se inscrever , não se esqueça do compromisso que você estabeleceu com seu fãs, que vão te acompanhar e querem ouvir o que você tem a falar .

Gerenciando uma agência de marketing com 18 obstinados contribuidores digitais,  que servem mais de 60 artistas,  eu sei em primeira mão o quanto trabalho está envolvido na gestão dos ativos on-line de um artista com uma presença abrangendo quatro ou cinco redes diferentes – um inferno total!

Ao inscrever-se para 2, 3 , 4 ou até mesmo 10 diferentes plataformas de mídia social , você está aumentando exponencialmente tanto a quantidade de envolvimento necessário para manter as coisas em dia, e os riscos de sua presença em pelo menos uma dessas plataformas entrando em um estado quase inevitável de ruína.

Posso te perguntar uma coisa … ?
O que exatamente você está tentando alcançar com a sua música?

É a satisfação , respeito, royalties?

Tome um momento para pensar sobre isso.

Agora, toda vez que você sentir o desejo de inscrever-se para mais uma plataforma pergunte-se porque – Porque você está lá? Como isso se encaixa com seus objetivos na música?
Deixe-me deixá-lo com algo para pensar:

1 . Ao construir a sua presença online , não tenha o objetivo a quantidade – tenha como objetivo a qualidade. Estar em todos os lugares com a sua música não vai lhe ajudar, se você não está fazendo isso bem . Pelo contrário, é realmente mais provável que isso lhe prejudique.

Você tem um monte de “meio” perfis que  não está usando ? Acabe com eles. Escolha uma ou duas plataformas principais e faça bem feito!

2 . Escolha as redes sociais que atendam seus objetivos ,  e que melhor amplifiquem  sua voz e imagem de artista. Midias Sociais  não são todas iguais, e acreditem, os usuários  não vão perdoá-lo por você usar as mesmas estratégias sociais em todos os lugares.

Quer ser  misterioso ? Entre no Tumblr. Quer ser mais visual e  fashionista ? Pinterest é o seu novo amigo.

3. Entenda quais prováveis plataformas o seu público se identifica e invista sua energia lá – por que perder seu tempo em uma rede que eles não dão a mínima?

Um pouco de reflexão antes da ação ao configurar sua rede social vai ajudar você a entender onde você está atualmente , e onde você quer estar a curto e longo prazo.

Não entre em sonhos utópicos para não acabar em um cemitério Myspace!

Sobre o autor: Nic é o diretor executivo e co -fundador da Jaden Social , uma agência de marketing digital criativa, baseada em Sydney , na Austrália. Se você quiser ouvir mais de Nic , você pode ler os seus posts semanais em seu blog, Musician on Vacation

Conecte-se com Nic : @nicjrobertson

1 Comentário

  1. Pingback : » Entrevista com Marcos Chomen da CD Baby

Comente

Seus email não será publicado.