O Spotify agora mostra os créditos dos compositores: Por que músicos devem ter o hábito de documentar TODOS os créditos

Você não gosta de levar crédito pelas suas músicas? Então por que compositores, arranjadores e engenheiros passam em branco na maioria das plataformas digitais? Pois o Spotify começou a mudar isso agora: vem saber por que dar crédito a compositores pode ser bom para todo mundo.

O Spotify agora mostra os créditos dos compositores: Por que músicos devem ter o hábito de documentar TODOS os créditosPor Chris Robley

Como a falta de dados completos nas fichas online fez mal ao mercado musical.

Produtores, engenheiros, compositores e músicos contratados para gravar sofreram pelas últimas duas décadas com a falta de informações completas e de créditos nos dados que acompanham cada música online, também chamados de metadados.

Era uma vez uma época em que você ouvia uma música que curtia, encontrava quem fez a masterização ou a mixagem nas letrinhas miúdas, e entrava em contato com esse engenheiro para ver se ele não queria trabalhar no seu próximo álbum .

É estranho que, na era digital, em que as informações geralmente estão MAIS acessíveis, os créditos bem feitos tenham morrido. Isso significa que muitos profissionais do mercado de criação têm de confiar mais do que nunca no poder do boca a boca.

O Spotify agora inclui créditos de compositores e produtores

Um tempo atrás, o Spotify anunciou isso aqui:

Os usuários do Spotify do mundo todo agora podem ver os créditos de compositores e de produtores das músicas, quando estiverem usando a plataforma para desktop. É só clicar na faixa com o botão direito e selecionar “Show Credits”, ou “mostrar créditos”, no menu de informações sobre artistas, compositores e produtores.

Para o lançamento, estamos usando informações que nos foram passadas por gravadoras, e também mostraremos de onde vieram esses metadados, para você saber a fonte. Nós sabemos que alguns dos créditos passados por gravadoras são incompletos ou podem ter erros, mas esse é só o primeiro passo no novo sistema de créditos do Spotify. Essa ferramenta vai continuar se desenvolvendo até ser mais eficiente e oferecer uma funcionalidade melhor e incorporar mais e mais informações dos nossos parceiros, com o passar do tempo.

É hora de lembrar: documente e guarde suas informações!

As mudanças recentes do Spotify são um ótimo começo. Espero que todas as plataformas de música digital sigam o exemplo deles e passem a incluir:

  • Engenheiro de som
  • Engenheiro de mixagem
  • Engenheiro de masterização
  • Os músicos que tocaram na sessão
  • Arranjadores
  • Designer que fizeram a capa
  • E mais

Note que: a CD Baby está trabalhando para recolher mais dessas informações no processo de inscrição de músicas. A gente sempre repassou a informação de quem é o compositor da música para nossos parceiros, então, se você for conferir suas músicas no Spotify, poderá ver que os detalhes sobre composição estarão mostrados corretamente.

Mas a gente também gostaria de aproveitar essa oportunidade para te incentivar a anotar os créditos de todas as suas parcerias: passadas, presentes e futuras — já que um dia as plataformas musicais podem mostrar todas essas informações, e daqui a cinco anos já pode ser difícil para você lembrar o nome do tocador de tuba que você contratou por 20 minutos para tocar no refrão de uma música.

Sim, a CD Baby está trabalhando para conseguir distribuir seus créditos pelo mundo melhor no futuro, mas tudo começa com você coletando esses dados. Faça disso um hábito. No mundo digital, as pessoas ficaram preguiçosas com créditos.

Então escreva tudo. Salve em um arquivo de texto. E esteja pronto para dar crédito a todo mundo –quando a hora chegar.


Distribua sua música com a CD Baby!

Guia do Spotify

Comente

Seus email não será publicado.