Como eu, um músico independente desconhecido, consegui ter meu som em playlists oficiais do Spotify…

O melhor jeito de chegar a mais gente hoje é por playlists. E a gente chamou um músico independente e duro, como todos nós, para contar como ele conseguiu entrar em playlists do Spotify seguidas por centenas de milhares de pessoas. Sem gastar um tostão!

Por: Braden Lam

…usando só um marketing esperto, a Show.co e nada de grana.

Eu sou um compositor independente que mora em Halifax, nos EUA, e sou vocalista de uma banda de folk-pop chamada Braden Lam & The Driftwood People. Eu canto desde que eu comecei a falar e toco violão antes de aprender a andar — mas, aos olhos do mundo eu ainda sou um artista “novo”. Agora, aos 20 anos de idade, eu tento conciliar meu papel como aluno em tempo integral e músico também em tempo integral.

No último verão, eu embarquei no maior projeto da minha vida. Tinha só quatro meses de férias da faculdade, mas usei esse tempo para gravar um álbum, criar um plano de marketing e executar tudo. Isso sem ter uma gravadora, um empresário, uma equipe ou um orçamento. Eu estava por conta própria.

E, mesmo sendo um artista independente, acabei conseguindo um ótimo resultado. Ainda mais se você levar em conta que eu não tinha contatos no mercado, nem orçamento. Só tinha uma mente aberta, um esforço contínuo, um plano sólido e as ferramentas GRÁTIS de marketing que a CD Baby oferece para seus clientes.

Então vamos mergulhar de cabeça em como eu fiz isso…

Minha meta número 1: Entrar em uma playlist oficial do Spotify.

Felizmente, eu tinha um emprego durante esse verão em que podia ouvir música enquanto trabalhava. Então, durante os dois primeiros meses do verão, eu me internei e ouvi todos os episódios do podcast CD Baby DIY Musician Podcast. (Em inglês) Todos os dias, eu enchia a minha mesa de trabalho com papeizinhos em que eu escrevia o que tinha aprendido.

Depois de ter uma noção de todas as minhas habilidades, limite de tempo e de orçamento, eu tracei metas para concretizar esse projeto. Minha meta principal era começar a ter mais presença em streaming, e isso significava ter meu som usado numa playlist oficial do Spotify. O mundo do streaming está estourando, e fazia todo o sentido eu focar minhas energias nessas plataformas que (se Deus quiser) vão ser essenciais para a minha carreira no futuro.

[O blog da CD Baby, Somos Música também é um ótimo recurso para explorar a divulgação do seu som, mas é claro que você já sabe disso. Você está aqui!]

Criar um plano para conseguir emplacar meu som em playlists.

A próxima grande questão era, é claro, o que eu ia fazer para chegar lá.

Caso você não saiba, as playlists editoriais do Spotify são aquelas listas de músicas que são escolhidas por pessoas que trabalham para o Spotify, os curadores, que também são chamados de  “gatekeepers” do Spotify.

As músicas são escolhidas por critérios como:

  • O que é tendência nos dados (descoberto por algoritmo)
  • O artista que oferece suas músicas
  • Envios diretos
  • E, é claro, a partir do gosto de quem trabalha com a curadoria

Para um artista como eu, que tinha uma tração baixa no Spotify e não tinha nenhum contato com os editores do Spotify,  tudo me parecia muito misterioso. Mas, com o blog Somos Música, eu me dei conta que tenho ferramentas de marketing como a Show.co, que podem ser usadas para “hackear o sistema” e levar o algoritmo do Spotify a olhar para as suas músicas. Isso também ajuda a chamar a atenção dos editores do Spotify para o seu som. Eu queria dar um jeito de fazer o algoritmo do Spotify levar minha música para os curadores em uma bandeja de prata.

Mas eu ainda tinha que LANÇAR a música!

Depois de dois meses gravando meu álbum no meu estúdio caseiro, eu estava pronto com um plano de marketing. Decidi lançar o single “Dawson City”  no dia 10 de Agosto, e depois do dia 14 de Setembro começar a divulgar o EP de 6 faixas, “Driftwood People”.

Por sinal, eu sempre recomendo que você lance suas músicas às sextas-feiras. E também, quando for lançar um single, um EP ou um álbum, um tempo depois de um single, eu daria um espaço de 28 dias entre um e outro (é o que o Spotify considera um mês), porque assim você consegue o maior impacto possível no menor tempo.

É aí que entra a Show.co…

Eu resolvi que ia testar dois planos de marketing diferentes da Show.co, um para cada lançamento. As duas ações levaram a sucesso de playlists no Spotify, e eu vou mostrar o que aconteceu aqui embaixo.

O Single principal

Minha primeira meta era aumentar o número de seguidores no Spotify.

Eu me dei o período entre 5 de agosto e 10 de agosto (a data de lançamento do single) para fazer isso. Se eu conseguisse conquistar alguns seguidores durante esses cinco dias, logo antes do lançamento, eu ia ser mais apetitoso para o algoritmo do Spotify. Eu comecei com 144 seguidores no Spotify antes de começar uma ação chamada “Social Unlock”, para conquistar seguidores no Spotify, com ajuda da Show.co. Se você é cliente da CD Baby, você pode fazer esse tipo de ação de marketing DE GRAÇA!

Eu também inclui uma opção de se inscrever no meu mailing, para as pessoas que não usam Spotify, já que meu mailing só tinha 33 pessoas. Depois de escolher uma imagem que fazia sentido com o meu álbum e que funcionava em computadores e em aparelhos móveis, isso é o que eu tinha:

 

Como eu, um músico independente desconhecido, consegui ter meu som em playlists oficiais do Spotify

 

O “Gancho”

O componente mais importante da sua ação de marketing é o conteúdo que você vai usar como gancho para as pessoas te seguirem. Pense no gancho como a recompensa que a pessoa vai ganhar se começar a te seguir no Spotify.

Se você vai fazer uma ação de Social Unlock, quando alguém fizer o que você pedir, essa pessoa vai ganhar um link que pode levar para qualquer lugar da internet…talvez um vídeo exclusivo legal, um pedaço de uma música nova, uma versão demo que ainda não foi lançada etc. É aqui que você pode usar sua criatividade! No geral, você precisa de um conteúdo novo e instigante. Toda palavra usada na sua ação de marketing precisa incentivar seus fã a apertar o botão de “Follow”, ou seguir, e depois ganhar sua recompensa.

Na minha ação de marketing, eu fiz um videoclipe para a introdução do meu álbum, e disse que era a “Intro Oficial do Álbum”

O que coloquei de intrigante:

  1. Não coloquei esse vídeo nas minhas listas de YouTube, assim ele era exclusivo de quem participasse da minha ação de marketing
  2. Deixei claro que era uma faixa que ainda não havia sido lançada

Eis um exemplo de como dados analíticos podem te ajudar a melhorar, depois que a ação de marketing já estiver rolando. Preste atenção a esses dados e, se a resposta não for das melhores, mude sua mensagem, sua foto ou sua estratégia de divulgação. Lembre-se: marketing é experimentar coisas novas, e ver o que funciona ou não com o uso. Não desista se não estiver funcionando no começo! Continue tentando.

Para propagandear minha ação de marketing, eu simplesmente postei conteúdo orgânico em todas as minhas redes sociais, esperando que ele fosse despertar a curiosidade das pessoas. Eu descobri que postar fotos do vídeo secreto e colocar legendas misteriosas, como letra da música ou informações de bastidores, funcionava.

Você também pode usar o Facebook Ads Manager, gerenciador de anúncios do Facebook, para fazer umas propagandas no Facebook e no Instagram, para alcançar ainda mais gente.

O lançamento do álbum todo.

O objetivo da minha segunda ação de marketing era fazer bombar a opção Pre-Save que está disponível na Show.co, em que uma pessoa pode colocar uma música ou um álbum que ainda não foram lançados na lista de coisas que querem ouvir no Spotify

Aqui, eu usei uma combinação de duas plataformas para conseguir fazer a campanha que queria. Não queria excluir meus fãs que só usam Apple Music. Então, desta vez, eu fiz uma segunda página, usando o SmartURL que tinha um link de pre-save do Spotify, um link de “pre-add”da Apple Music e um link de pré-compra no iTunes. Olha ele aqui:

Como eu, um músico independente desconhecido, consegui ter meu som em playlists oficiais do Spotify…

 

Para esclarecer, o pre-save da Show.co só funciona para o Spotify, então quando alguém clicava ai em cima no link do Spotify Pre-Save, eles iam ser levados para minha página da Show.co, que era assim:

 

Como eu, um músico independente desconhecido, consegui ter meu som em playlists oficiais do Spotify…

 

[Note que: Depois que sua música for lançada, seus “pre-saves” da Show.co vão ser transformados automaticamente em “adds” no Spotify, como você vê acima.]

Meu gancho desta vez era um vídeo secreto do YouTube de uma música que não entrou no álbum.

De novo, um conteúdo inédito que despertava a curiosidade. Além de divulgar isso nas redes sociais, eu também fiz uma promoção para sortear brindes para quem colocasse meu álbum em pre-save no Spotify. Quem fizesse isso concorria a um CD autografado e uma camiseta da banda. Eu sabia que fazer duas ações de marketing assim em menos de um mês ia ser difícil, então eu decidi usar esse incentivo

Os resultados

  • Depois de fazer uma ação de marketing, eu ganhei 54 seguidores no Spotify e 81 novos endereços de e-mail no meu mailing.
  • No dia do lançamento do meu single, eu apareci na playlist New Music Friday Canada do Spotify, que tem mais de 220.000 seguidores. Eu fiquei literalmente tremendo quando eu vi meu nome naquela tela e comecei a gritar: “Deu certo!”, no meio de um restaurante, onde eu estava com meus amigos.
  • Minha música também foi usada na Down Home Country, outra playlist do Spotify (acho que minha música é folk, mas eles acharam que ela tinha uma pegada country), e uma semana depois a música também foi usada na Fresh Finds: Six Strings, outra playlist. Então minha música foi notada no dia do lançamento, mas não só! A música na verdade continuou recebendo atenção nas próximas semanas
  • A ação de pre-save do álbum, um mês depois, foi feita por 42 pessoas, e também funcionou para conseguir que minha música entrasse na playlist Folk & Friends do Spotify, que tem mais de 170 mil seguidores.

Lembre-se que eu também  mandei todas as minhas músicas para o Spotify avaliar para usar em playlists.

Então, para resumir, eu usei uma porção de ferramentas online para fazer uma campanha de marketing simples, barata e eficiente. Agora é hora de você fazer sua ação de marketing. Espero que isso te ajude no próximo lançamento.

Mais Dicas Profissionais (vindas de um completo amador)

Quer fazer ações de pre-save/ conquista de ouvintes que fiquem ainda mais profissionais e sejam mais eficientes? Eis umas dicas rápidas para ir adiante:

  1. Comprar um domínio de site personalizado (é opcional, mas só custa US$ 15 por ano). Eu usei driftwoodpeople.com e ajustei para que esse domínio levasse para a minha ação de marketing da Show.co, já que era um link melhor do que o não customizado, oferecido de graça pela Show.co.
  2. A Show.co tem uma opção para fazer uma ação de marketing para conquistar pre-saves no Spotify & conquistar seguidores, as duas coisas juntas. Experimente essa. É tipo pague um leve dois, só que sem pagar.
  3. Não dê seu segredo. Se você for oferecer um vídeo como recompensa para quem participar, não compartilhe uma parte desse vídeo na divulgação. Mantenha o mistério!

Boa sorte!

 


Como eu, um músico independente desconhecido, consegui ter meu som em playlists oficiais do Spotify…Braden Lam é um músico folk-pop independente de 20 anos de idade,  de Halifax, NS. Ele lançou seu premiado álbum “Driftwood People”em setembro e recentemente completou uma turnê pela “Atlantic Canada” com sua banda.

7 Comentários

  1. davidmachados@outlook.com'
    by David Machado on julho 3, 2019  06:24 Responder

    Este blog é um Oásis em meio ao deserto.
    Eu desejo ser músico independente, e estudo todos os PRÓS e CONTRAS disto.
    Faço aplicação do que leio neste blog na minha vida. Já elaborei um plano de carreira baseando todos os dados ditos aqui. Venho tendo um grande progresso na elaboração da minha carreira, por meio deste estudo e acompanhamento do mercado fonográfico. Estou me aperfeiçoando na composição, e organizando tudo para projetar um Álbum. Espero que este blog alcance tantos outros como eu.
    CD BABY, eu não te escolhi, você me escolheu e eu disse SIM!

    • erikap@cdbaby.com'
      by Erika Parr on julho 3, 2019  09:23 Responder

      David!!!! Que linda suas palavras :) é para isso que estamos aqui. Para estar ao lado de pessoas como você.A gente é que agradece, de verdade e de coração!

  2. miryagramosa@hotmail.com'
    by Miriam Gramosa Santos Alves on julho 4, 2019  07:21 Responder

    Iniciando a minha viagem por esse blog CD baby.Sentir que algo me atraiu. Sou cantora e compositora independente . Andava muito desanimada e quando estava pensando em parar, surgiu um link da CD BABY em minha telinha de celular.Eu cliquei com poucas expectativas. Mais ao navegar, surgiram para mim vários leques de pensamentos positivos e oportunidades.Vou me lançar!! vou aprender e mergulhar nesse mar de informações , preciosas! Obrigada de coração !

    • erikap@cdbaby.com'
      by Erika Parr on julho 8, 2019  11:47 Responder

      Nos aquece o coração este comentário!! Vá em frente Miriam!! Acreditamos em você :)

  3. nychowmoore.13@gmail.com'
    by Nychow Moore on julho 15, 2019  06:20 Responder

    Muitas histórias, e poucas ferramentas para os inscritos

  4. brasilsucessoonline@gmail.com'
    by Santos Luis on setembro 25, 2019  09:08 Responder

    Viva a era digital em que você faz tudo de um pouco e se transforma mediano no que mais interessa! Não sei o o rapaz acima é músico ou analista de sistema... aff...

  5. Pingback : Sua música agora vai estar disponível na China | SomosMúsica

Comente

Seus email não será publicado.