Como aumentar as chances da sua música ser usada na TV, no cinema e em comerciais

As 3 coisas que você pode fazer já para aumentar as chances de sua música ser usada na TV, no cinema ou em comerciais.

Como aumentar as chances da sua música ser usada na TV, no cinema e em comerciais

Por CD Baby

As 3 coisas que você pode fazer já para aumentar as chances de sua música ser usada na TV, no cinema ou em comerciais.

[Esse post foi escrito por Cathy Heller,uma cantora e compositora cujas músicas são muito usadas em comerciais e programas de TV e no cinema.]

Há vários fatores que levam um artista a ter sucesso no licenciamento das suas músicas (licenciamento é quando uma música é usada em outro produto, tipo um filme, programa de TV ou comercial). E aqui vão as três coisas que você pode fazer agora mesmo para aumentar suas chances de sucesso.

1. Faça uma pesquisa de outros licenciamentos de música

Pessoas bem-sucedidas não procuram por oportunidades. Elas procuram por problemas que possam resolver.

Antes de mandar sua música para um diretor de trilha sonora, é essencial que você saiba o que ele faz. É para ser usada em um filme, um programa de TV ou um comercial? Você precisa saber qual é a vibe do programa, do filme ou do comercial, assim vai saber se as letras e a produção da música fazem sentido com o projeto.

Por favor não esqueça de fazer essa pesquisa. Não vá queimar a largada, criando músicas sem saber de que música os produtores precisam. Você vai atingir suas metas mais rapidamente se estiver preparado para elas. Isso não é minha opinião, é estratégia testada e comprovada.

E onde você pode achar as músicas que estão sendo usadas na TV, no cinema e em comerciais? Eis alguns lugares:

  • ispot.tv tem um monte de comerciais de marcas diferentes, e você pode vê-los marca por marca. Você pode procurar por “McDonalds”, “Walmart” ou “Apple” e pode ver todas as propagandas que eles fizeram, com a trilha que usaram.
  • tunefind.com é uma fonte boa para encontrar trilha sonora de programas de TV. Você pode pesquisar por artista, pelo nome do programa ou pelo canal em que passou.
  • E, é claro, você pode sempre procurar playlists de programas de TV que os fãs fizeram no YouTube e no Spotify,  e também playlists de marcas. Dá para assistir os comerciais ali mesmo, e descobrir que músicas foram usadas
  • Você também pode visitar os sites dos canais de TV e dar uma olhada nos programas. Dá para descobrir que músicas foram usadas em cada temporada, até em cada episódio. E a lista continua.

Se você for interessado, vai conseguir encontrar vários outros lugares para se inteirar.

Uma lição de casa para licenciamento:

  • Escolha um programa de TV ou uma marca.
  • Faça uma playlist das músicas que foram usadas nesse programa, ou por essa marca em seus comerciais.
  • Comece a ouvir e absorver que tipo de música funcionou para programas e marcas diferentes.
  • E depois comece de novo, com outro programa ou marca.

Quando você for ouvir essas músicas, precisa procurar pontos em comum nesses três quesitos: vibe (ou emoção), temas das letras e produção.

2. Escreva letras sobre temas universais

Então, em sua pesquisa, quais são os temas líricos que continuam surgindo nas músicas que você está ouvindo? Você percebe uma tendência comum nas letras? Marcas, TV e filmes usam músicas com letras universais.

E o que são letras universais? São letras que falam de temas que conversam com um público amplo.

É muito raro ouvir uma música num programa de TV ou num comercial que tenha letras específicas, que falem só sobre uma pessoa ou um lugar. Na maioria dos casos, os temas são universais, tipo “Casa”, “Vitória”, “Liberdade”, “União”…a lista segue adiante. É raro que músicas sobre romance  sejam usadas. Você notou isso durante a sua pesquisa? Muitos compositores escrevem letras de amor e de dor de cotovelo, mas esse tipo de letra costuma NÃO funcionar, especialmente para comerciais.

De novo, você precisa pensar em que problema vai resolver. Que tipo de letra a marca quer para divulgar seu produto? Provavelmente uma música sobre alegria e bem-estar, ou sobre sucesso, ou sobre conquistar o mundo. Uma música sobre o fim do amor não seria uma boa alternativa.

3.Crie uma produção que seja cheia de ação e que funcione em versão instrumental

Muitas vezes, os diretores de trilha sonora vão querer a versão cantada e a instrumental de uma música, na hora de usá-la. Isso acontece porque em muitas cenas, a trilha vai ser usada junto com um diálogo, e uma versão instrumental da música funciona melhor.

Como testar se sua música funciona em versão instrumental.

Um ótimo jeito de testar se sua música vai funcionar junto com imagens, é tocá-la enquanto você deixa tocando uma cena de comercial ou de um show ao vivo. Existem construções e mudanças dinâmicas na música? Você vai entender na hora se sua versão instrumental funciona para uma cena.

A produção é uma das coisas mais importantes na hora de fazer uma música boa para ser licenciada. É importante ouvir novos instrumentos entrando na faixa, conforme ela avança, subidas e quedas de ritmo, e grandes espaços de paisagem sonora, para ajudar o trabalho do editor ou da editora.

No fim, é importante fazer uma boa pesquisa e agir baseado no que descobrir com a pesquisa.  Crie músicas com uma produção dinâmica e com versão instrumental. Você tem o talento, só precisa de uma estratégia pra fazer isso rolar

Para saber mais sobre licenciamento, confira essas duas entrevistas com Cathy Heller no podcast DIY Musician Podcast:

  1. Selling songs for sync licensing (Como vender músicas para licenciamento, em inglês)
  2. Turning musical inspiration into focused action (Como transformar a inspiração musical em ação, em inglê)

Muitos artistas independentes conseguiram ter seu som usado em licenciamentos  depois de aderirem ao programa de licenciamento: “CD Baby’s Sync Licensing Program”. Suas músicas apareceram em filmes, em programas da HBO e da Netflix e em outros lugares.  Nosso programa de licenciamento  Sync Licensing Program está INCLUSO junto com a distribuição, então não custa nada a mais. Libere sua música para licenciamento agora mesmo!


Distribua sua música 
com a CD Baby!

2 Comentários

  1. adaovicentesilva@gmail.com'
    by Adão Vicente da Silva on outubro 9, 2019  06:59 Responder

    Essas dicas são ótimas para artistas independentes igual a mim e muitos outros a Cultura tem tido uma oferta muito grande de músicos compositores e um mercado muito restrito conseguir público e uma luta diária mas depois vem a recompensa

    • erikap@cdbaby.com'
      by Erika Parr on outubro 9, 2019  10:11 Responder

      Que legal, Adão!! é para que isso que estamos aqui :) Um abraço

Comente

Seus email não será publicado.