Cinco truques para aumentar sua chance de sucesso como cantor e compositor

Talento é quase tudo, mas não tudo. A gente dá 5 diquinhas que podem te ajudar e muito no caminho para o sucesso… No SomosMúsica

Cinco truques para aumentar sua chance de sucesso como cantor e compositorLarry Butler

Se você quer ser um cantor/compositor bem-sucedido, eu já sei que você precisa fazer essas cinco coisas, sem nem ter visto o seu show.

Há pelo menos cem jeitos de um cantor/compositor aumentar suas chances de sucesso – eu faço uma lista com 101 no meu livro, The Singer/Songwriter Boot Camp Rule Book – mas eu já sei que você precisa fazer as cinco coisas a seguir, sem nunca ter visto seu show. Elas são problemas persistentes que eu vejo em praticamente em todos cantores e compositores  – e muitos veteranos também.

Truque 1: Diga seu nome

Quantas vezes você contou pros amigos que tinha ido a um show ótimo no fim de semana anterior, mas não lembrava o nome da banda, então não disse para eles? Não deixe isso acontecer com você. Coloque um banner atrás de você, meta uma logomarca na frente do seu teclado, coloque seu nome em madrepérola no braço da guitarra… Mas faça algo. Tenha algo no palco que passe seu nome e o coloque na mente de todas as pessoas da platéia, para eles lembrarem do seu show, da sua música e do seu nome.

Truque 2: Ofereça variedade visual

Se em todas as suas músicas você estiver no meio do palco cantando no microfone, a público já vai estar entediado na terceira. Sente-se na frente do palco, entre na galera, ande pelo palco om o microfone, sente num banquinho, cante algo à capela longe do microfone e deixe o público cantar junto. Tente apresentar cada música com um visual diferente. Ou todas as canções vão ter a mesma cara (portanto o mesmo som) para o seu público.

Truque 3: Limite as distrações

O público só precisa ver sua boca, seus olhos e suas mãos (e o nome da banda, vide o truque 1). É isso! Além do seu nome numa faixa, tudo o resto que estiver no palco pode ser uma distração desnecessária da mensagem que você quer passar. Isso significa que você não precisa usar um chapéu loucão, ter um penteado excêntrico, usar uma camisa florida ou usar botas vermelhas que vão até a cova. Tampouco precisa encher sua guitarra de cristais e ficar mostrando mais pele do que o necessário.

Truque 4: Varie o tempo da música

Músicas com tempo médio são as mais comuns para quem está começando, mas tocadas ao vivo para uma plateia que não te conhece, elas são chatas. O primeiro e melhor jeito de conseguir que o público responda a você de imediato é pelo SENTIMENTO da sua primeira música. Uma música com tempo mais rápido consiga fazer as pessoas balançarem a cabeça e baterem os pés. Uma boa regra é começar com uma música animada.

Truque 5: Pare de comer o microfone

Como eu disse no número 3, há três jeitos de comunicar suas emoções com a plateia –suas mãos, seus olhos e sua boca. Se você comer o microfone, ninguém vai conseguir ver sua boca e as pessoas podem não entender o que você está dizendo. Se você não conseguir evitar, tente não usar um modelo SM58  e descole um microfone que você consiga colocar embaixo de você na hora de cantar. Eu recomendo o Telefunken M80 para mulheres e o M81 para homens.

Outros 96 jeitos de melhorar seu show e te ajudar a ter sucesso na carreira de cantor e compositor estão no meu livro, The Singer/Songwriter Boot Camp Rule Book: 101 Ways to Improve Your Chances of Success – disponível na Amazon nas versões digital e impressa.

Larry Butler dedicou toda sua vida à música, tocando teclado e violão em bandas e trabalhando como diretor de turnê de artistas como Randy Newman, Ry Cooder e Isaac Hayes.  Ele trabalhou na Warner Bros. Records e Bill Silva Management, e agora comanda sua própria empresa de coaching e consultoria de música, a Did It Music, em Los Angeles, onde ele se foca em ajudar jovens cantores e compositores a se tornarem artistas. Siga ele no Twitter @larryfromohio e no Facebook.


Guia do edição musical

Ganhe Dinheiro 
Guide