Billboard: A CD Baby, Que Completa 20 anos, Afirma Ter Pago US$ 80 Milhões a Artistas Independentes em 2017

A CD Baby faz 20 anos, mas quem ganha o presente, é você. Quem disse foi a Billboard, que noticiou que pagamos US$ 80 milhões para nossos artistas SÓ EM UM ANO. Vem ler essa matéria aqui!

Billboard: A CD Baby, Que Completa 20 anos, Afirma Ter Pago US$ 80 Milhões a Artistas Independentes em 2017[Este artigo apareceu primeiro em Billboard.com, e foi escrito por Dan Rys.]

A distribuidora e editora de artistas independentes também repassou mais de US$ 600 milhões de pagamentos desde que foi lançada em 1998, de acordo com a empresa

Quando a distribuidora e editora de direitos CD Baby abriu para negócios em 1998, o mercado fonográfico estava florescendo, a caminho do ápice de renda que jamais alcançaria, e que chegou no fim daquele ano. O que veio depois, entretanto, ia ser uma decadência quase catastrófica que, em uma década, iria fazer o mercado diminuir pela metade, antes de os ganhos modestos de streaming explodirem e se tornarem uma oportunidade maciça de trazer o mercado de volta para os trilhos — e, mais importante, para o crescimento.

Entre esses altos e baixos, a CD Baby aguentou firme e, agora, enquanto comemora os 20 anos de existência, a empresa apresenta algumas marcas notáveis: apenas em 2017, a CD Baby distribuiu US$ 80,1 milhões de dólares (mais de R$ 250 milhões) a artistas independentes, um aumento de 33% se comparado com 2016; e, durante suas duas décadas de existência, pagou mais de US$ 600 milhões em todo o mundo. De acordo com os dados da empresa, a CD Baby distribui o som de mais de 650.000 artistas e mais de 9 milhões de faixas, e publica a obra de 140.000 compositores e 875.000 músicas, e representa artistas em 215 territórios ao redor do globo.

Um elemento-chave nesse crescimento recente das métricas, como não deveria ser surpresa para ninguém, foi o streaming.

“Apenas seis anos atrás, os downloads do iTunes eram a principal fonte de renda para nossos artistas”, diz o vice-presidente de marketing da CD Baby, Kevin Breuner, em uma declaração. “Com essa mudança [na direção do streaming], a gente viu a renda crescer dramaticamente.  O gráfico de torta está crescendo como um todo, e os músicos estão pegando suas fatias.”

Para apoiar seu argumento, a CD Baby liberou dados para a Billboard (os gráficos com as métricas que citamos nessa matéria podem ser vistos abaixo). Dito isso, vale ressaltar que em 2009, dos US$ 33,3 milhões que a empresa pagou aos artistas, apenas US$ 575.000 — ou 1,7% — vinham de serviços de streaming. Em 2017, menos de uma década depois, esse percentual tinha saltado para 58%, com US$ 46,7 milhões dos US$ 80,1 milhões totais vindos de streaming.

Por mais que sejam impressionantes, os pagamentos da CD Baby ainda são uma fatia relativamente pequena do mercado de música independente global, estimado em US$ 6 bilhões de renda em 2016, ou 38% do mercado de músicas gravadas, de acordo com um estudo de outubro de 2017 conduzido pela Worldwide Independent Network. De fato, outra métrica da CD Baby indicou que, enquanto o total de pagamentos cresceu, sua representação dentro de toda a renda gerada por distribuição digital, na verdade, diminuiu nos últimos seis anos. Foi de 4,5% em  2011 para 1,5% em 2017, enquanto outros serviços como Spotify, Apple Music e Pandora entraram num mercado que era dominado só por iTunes.

“Nós estamos animados por ver que a renda do artista médio cresceu um terço, pelo terceiro ano seguido, graças aos milhões de novos clientes que exploram os serviços de streaming”, disse o CEO da empresa, Tracy Maddux, em uma nota.  “Estamos muito otimistas com essa tendência, enquanto continuamos lutando para que as taxas de pagamento de streamings feitas aos artistas cresçam sempre.”

Confira o infográfico abaixo:

Billboard: A CD Baby, Que Completa 20 anos, Afirma Ter Pago US$ 80 mi a Artistas Independentes em 2017


6 Comentários

  1. gfgsgfgs@hotmail.com'
    by Gustavo on Março 16, 2018  10:47 Responder

    A verdade é que, apesar do excelente trabalho da CD Baby, a receita de streaming nao da pra nada, nem pra comprar palheta. A verdade é que hj em dia ninguem quer pagar por musica. Quem ainda insiste em lancar albuns é por puro masoquismo. Show entao, nem se fala: brasileiro, quando sai de casa, sai pra ver banda cover. Musica original, nem pensar. Entao se o mercado é esse, principalmente pro rock, sinto muito, mas as pessoas terao que se contentar doravante em ouvir as velhas musicas das velhas bandas e, no palco, suas imitacoes baratas. Viver de banda que faz musica original nao é dificil, é impossivel hj em dia.

  2. luizdepaula27@gmail.com'
    by Luiz DePaula - Compositor on Março 16, 2018  11:03 Responder

    O sucesso da CDBaby revela que a perseverança dos INDEPENDENTES, foi reconhecida e aprovada pelo público que buscava alternativas. Salve, salve, os que acreditaram e investiram nos seus sonhos!

    • by Paula Humphries on Março 19, 2018  15:10 Responder

      Exatamente Luiz! Parabéns aos guerreiros! Muito sucesso para você! Abs :)

  3. Walteralvescantor@hotmail.com'
    by Walter alved on Março 16, 2018  15:24 Responder

    Parabéns Sejam bem vindos sucesso e muita prosperidade a todos nós Cantores artistas intérprete independente um forte e um sincero abraço a todos está magnífica e competente equipe pelo grande e maravilhoso trabalho que desenvolve um forte e um sincero abraço
    Atenciosamente Walter Alves

    • by Paula Humphries on Abril 24, 2018  13:44 Responder

      Valeu pelo comentário e o carinho, Walter! Um forte abraço de toda nossa equipe! :)

Comente

Seus email não será publicado.