As 5 coisas que faltam na página de Facebook de um músico

Uma pessoa que entra na página da sua banda no Face deve NUNCA MAIS voltar. E isso é ruim? Não necessariamente: você só precisa aprender a aproveitar essa visita única da melhor forma possível. E a gente ensina em 5 passos…

As 5 coisas que faltam na página de Facebook de um músico

Por Chris Robley

As pessoas só vão visitar sua página de Facebook UMA VEZ!

Seus fãs nunca mais vão conferir sua página de Facebook depois de uma primeira visita. É assim que o Facebook funciona. Ou eles vão curtir a página e ver seus posts no feed de notícias, ou não vão ver nunca mais.

O que eu quero dizer é: pense nos seus artistas prediletos. Com que frequência você confere a página de Facebook DELES? Eu amo a música do Jason Isbell, mas eu NUNCA visitei a página de Facebook dele. Se eu estou com vontade de conferir informações sobre meus artistas prediletos online, eu vou parar no site deles, ou canal de YouTube ou de Spotify.

As páginas de Facebook são importantes, mesmo que ninguém as visite?

Sim, elas são!

Por quê? Porque sempre que o seu conteúdo (vídeos, posts, fotos etc.) alcançar e impactar um novo fã no Facebook, ou sempre que você se reconectar com um fã antigo que te viu pela primeira vez no Facebook ESTE será o momento em que essa pessoa vai conferir sua página. E quando ele passar lá, você quer causar uma boa impressão.

Que diabos, não precisa só causar uma impressão: você vai querer que os visitantes possam FAZER algo, além de só ver que você é incrível. Cê sabe, comprar produtos da sua banda, garantir o ingresso para o seu próximo show, entrar no seu mailing etc.

Mas, por algum motivo, muitos músicos não usam suas páginas de Facebook para tudo isso.

Abaixo estão cinco componentes de página de Facebook que geralmente são ignorados, por mais que sejam fáceis de customizar e vão ter um impacto enorme na utilidade da sua página.

Sua página no Facebook precisa ter essas cinco coisas, para impressionar os novos fãs e levá-los a agir:

1. Um vídeo de boas-vindas

Você conhece a máxima: uma imagem vale mais que mil palavras. E um vídeo vale mais que um milhão.

Então inclua um vídeo de 20 a 90 segundos no alto da sua página e que comece a tocar automaticamente toda vez que alguém entrar na sua página.

Esse vídeo deve ser algo que passe sua vibe, mensagem ou conquistas, mesmo que o som delas esteja DESLIGADO, já que é assim que os vídeos passam no padrão do Facebook. Mas ter áudio, e um bom áudio, é um bônus, para o caso de alguém te tirar do mudo!

Eis como colocar um vídeo de boas-vindas à sua página no Facebook.

2. Uma “call-to-action” (pedido que as pessoas façam algo)

Quer vender CDs? Conseguir que mais pessoas visitem seu site? Começar uma conversa no Messenger?

Seja qual for a sua meta número 1 no momento, certifique-se de que o botão de C.T.A. (call-to-action, ou o pedido que as pessoas façam algo), no canto superior direito da sua página no Facebook, reflita essa prioridade.

E lembre-se: é importante que você consiga que as pessoas ajam AGORA, porque é provável que seu visitante nunca mais volte.

3. Uma citação da sua “call-to-action” no vídeo ou na imagem de capa

Tem muita coisa entulhada nas mídias sociais. Nossos olhos estão ficando vacinados contra publicidade.

Para que sua página consiga se comunicar com qualquer pessoa, até um idiota (eu não estou chamando seus fãs de idiota, estou dizendo que SOMOS TODOS idiotas), você tem de usar sua imagem de cabeçalho ou seu vídeo de boas-vindas para chamar a atenção para o seu botão azul, no canto superior direito, em que está a call-to-action.

Quando você estiver projetando o visual da sua página, lembre-se que os elementos vão mudar de lugar dependendo do aparelho do usuário, do tamanho da tela etc. Desde que as setas estejam apontando na direção certa, você já está começando bem.

4. Produtos!

Produtos da sua banda, produtos da sua banda, produtos da sua banda, produtos da sua banda, produtos da sua banda, produtos da sua banda.

Ou, se você só tiver um produto para oferecer: produto da sua banda.

De qualquer maneira: mercadorias à venda!

E se você não quer ter de correr ao correio a cada CD que vender, você pode até integrar sua conta do Facebook com a CD Baby.

5. Complete a página SOBRE

Preencha tudo. Arrase. Coloque uma fotona.

Se você ainda não deixou claro o suficiente, AGORA é a hora de tentar capitalizar a visita do usuário, e da curiosidade que ele tem sobre sua música e sua carreira.

Essas pessoas não vão voltar jamais. Então carpe diem.

Essas ferramentas fazem sentido com o seu uso do Facebook? Seus fãs voltam para sua página? Quais são as outras coisas essenciais para páginas de Facebook de músicos? Conte para a gente na sessão de comentários, aqui embaixo.


FBEvents Guide

4 Comentários

  1. Pingback : As 5 coisas que faltam na página de Facebook de um músico – Agnaldo Rangel

  2. Pingback : Como decidir ONDE divulgar sua música | SomosMúsica

  3. Pingback : Como decidir ONDE divulgar sua música – Agnaldo Rangel

Comente

Seus email não será publicado.