Um guia rápido de como músicos podem anunciar no YouTube

Tudo bem que sua música é arte. Mas também é um produto, e um bom produto que merece ser anunciado. A gente te mostra como fazer comerciais no YouTube com muito pouco dinheiro

Um guia rápido de como músicos podem anunciar no YouTube[Este post foi escrito pelo estrategista de marketing musical Tyler Allen. Apareceu primeiro no blog Sonicbids Blog. A imagem foi tirada do portal de propaganda do YouTube.]

A sociedade atual ama um bom visual, então videoclipes, apresentações ao vivo e mesmo vídeos com as letras da música estão virando elemento essenciais na caixa de ferramentas do músico. Muitos fãs se deparam com novas músicas no YouTube –  na real, é como os jovens mais procuram novas músicas – e muitos artistas usam essa plataforma para veicular conteúdos extras, cenas de bastidores e muito mais.

O YouTube vira uma plataforma ainda mais eficiente para artistas que a usam com a ferramenta de propaganda TrueView advertising feature. A maioria dos artistas se esquiva de anúncios porque acham que é jogar dinheiro pela janela. Mas o YouTube (bem como outras plataformas sociais) funciona tranquilamente com um orçamento que pode ser de só um ou dois dólares por dia. Aqui vão alguns toques do que fazer ou não fazer na ferramenta de anúncios orgânicos do YouTube que pode te ajudar a dar uma bombada no seu próximo vídeo, vlog ou qualquer outro conteúdo.

1. Seu vídeo merece ser impulsionado?

Antes de a gente ir adiante, vamos primeiro abordar que tipo de projeto geralmente vale ser impulsionado, e qual não vale. Provavelmente vale investir um trocado nesses tipos de vídeo:

* Videoclipe novo: Isso vai atrair fãs novos para o seu trabalho, e trazer atenção para seu álbum.

* Um vídeo de “making of”: Este tipo de vídeo pode se sair melhor se for focado nos seus fãs já existentes, mas um “making of pode sempre causar antecipação para o lançamento que está para vir.

* Uma propaganda de “acaba de sair”: É para isso que os anúncios do YouTube são: clipes breves que levem o espectador para o iTunes ou seu site.

* Um vídeo bem filmado de uma apresentação ao vivo ou acústica: Pode aumentar a expectativa ao redor do seu novo trabalho ou atrair novos fãs para sua música.

Esses tipos de vídeos talvez não valham o investimento, ou valham um investimento menor:

* Um vídeo com as letras da música, ou só com áudio: Geralmente, um vídeo com as letras da música ou só com o áudio são complementos que saem junto com uma música, certo? É algo que se amarra a um single ou um álbum. É um extra para os fãs verem no YouTube, mas não o produto-chave – não é o single, é um bônus. Portanto, a maioria dos artistas prefere investir num vídeo de “acaba de ser lançado” ou pagar anúncios no Facebook e ou Twitter para fazer bombar seu single. Investindo seus tostões no YouTube para anunciar um vídeo de letras ou só de áudio pode não ser o melhor investimento. Confissão: eu investi nesse tipo de vídeo e não me arrependo. Consegui uns números bem satisfatórios com um vídeo só de áudio, o que fez minha fita com diretores de trilha e com a imprensa. Talvez valha a pena fazer um investimento menor com isso

* O vídeo de um cover: o YouTube é um ótimo veículo para covers, que são um jeito ótimo de conquistar a atenção de novos fãs. Com as regras severas de direitos autorais do YouTube, entretanto, talvez você não queira investir num vídeo que depois pode ser retirado do ar.

* Um vlog (se você for um novo artista): Vlogs são enganadores, e talvez seja melhor para novos artistas terem seu som ouvido um pouco antes de lançarem vlogs da sua banda. Geralmente, é melhor que as pessoas ouçam sua música antes.

Se você está confiante de que o tipo de vídeo que tem em mente vale o investimento, o próximo passo é ter certeza que ele está bem construído e pode ser compartilhado. Seus vídeos têm de ser filmados profissionalmente e ter um tempo de duração decente. Geralmente, um vídeo que funciona bem no YouTube tem menos de cinco minutos. Eu não sei você, mas mesmo que eu seja o maior fã de um artista, qualquer vídeo com mais de oito minutos vai me fazer perder o foco e abrir outra aba.

2. Escolha seu ângulo

O YouTube ads e seus anúncios devem funcionar com a mesma lógica dos comerciais de TV. Eles devem incentivar o espectador a clicar no botão “ver mais”. Então, se você está divulgando seu videoclipe, por exemplo, talvez seja melhor fazer um vídeo de propaganda para ele, a não ser que os 30 primeiros segundos do seu clipe sejam os mais cativantes.

Sua prévia de anúncio pode ser os melhores momentos do vídeo, com legendas embaixo dizendo “acaba de sair” e “clique aqui para ver o vídeo todo”. Você pode usar só trechos do seu vídeo para o anúncio, mas é também ótimo ser criativo para se destacar dos outros anúncios.

Outra ideia de anúncio pode ser filmar você ou sua banda falando com os espectadores do YouTube, pedindo que eles cliquem para ver mais do vídeo, fazer download do projeto, ou o que quer que você esteja fazendo. Divirta-se e seja criativo!

3. Defina seu orçamento e mãos à obra

As pessoas não anunciam no YouTube por dois motivos: falta de grana ou confusão. Por sorte, a ferramenta de anúncios do YouTube torna tudo muito simples. Eis como começar:

* Vá para a ferramenta YouTube TrueView. Como você vai ver, é um processo simples. Você decidiu fazer uma prévia do seu videoclipe para ser seu anúncio? Ou você decidiu colocar o vídeo inteiro lá? Não importa o que você escolher como anúncio, coloque o link na primeira linha da descrição –de novo, É um programa bem fácil de usar.

* Adicione para onde o botão deve levar, seja para seu canal de YouTube ou talvez sua página no iTunes.

* Coloque seu orçamento. Você vai notar que com US$ 10 você pode conseguir alcançar até 1.000 perfis de usuários por dia. Você também pode segmentar seu anúncio em um público específico, seja por tipo de página curtida, área onde a pessoa mora e grupos etários.

E aí está! Você tem aí um anúncio que será mostrado para muitas pessoas. E também não se esqueça de postar seu vídeo em redes sociais, para alcançar o máximo de pessoas o possível.

Como um dos melhores estrategistas de marketing musical, Tyler Allen trabalha com muitos artistas, gravadoras, empresas de tecnologia musical e entidades musicais. Tyler começou sua carreira na Sony Music Entertainment e na RED Distribution, e também trabalhou com publicidade. Ele se dedica a encontrar as ferramentas que artistas famosos possam usar para preservar seu legado, e a dar a novos artistas as ferramentas para começar sua carreira (e também os que estão no meio do caminho). Saiba mais sobre ele aqui wtylerconsulting.com.

[Leve sua presença no YouTube um passo adiante com a Illustrated Sound. Clique AQUI.]


Ganhe Dinheiro Guide

Comente

Seus email não será publicado.