Twitter X Facebook: Qual é melhor para músicos?

Quer saber quem venceu essa batalha entre redes sociais? Esse artigo te conta se o Twitter ou o Facebook é sua melhor aposta para divulgar música indie!

Twitter X Facebook: Qual é melhor para músicos?Neste post, vou discutir por que é melhor começar com o Twitter, e não com o Facebook, para promover sua música online. Antes de começar essa lição, vou compartilhar alguns fatos interessantes sobre o Twitter. Desde que foi lançado, em 2006, o Twitter cresceu e tem mais de 320 milhões de usuários ativos.

O Twitter é um dos sites de escolha para informação rápida. E foi a morte dos antigos fóruns de internet, que costumavam informar nichos específicos. E isso aconteceu porque ele é rápido e fácil de usar. E também o Twitter se adapta perfeitamente a smartphones e tablets.

Se fizermos uma busca rápida com palavras-chave do mundo da música, como “Hip Hop” “Rap” e hashtags populares como #rapmusic, nós podemos ter uma ideia do que está sendo dito sobre esses estilos em tempo real.

Isso significa que há um enorme público-alvo no Twitter para vendermos nossa música. Há muita gente procurando por, digamos, novo hip hop no Twitter. É papel dos músicos criar novos sons e jeitos de encontrar as pessoas que estão atrás deles.

Não importa se você é um artista de rap que quer fazer mixtapes e EPs, ou um ritmista que só quer fazer beats. Há um mercado aqui.

É importante notar que, quando criamos música para um público específico, estamos criando uma solução e a oferecendo esse som para quem o quer. Funciona como qualquer outro bem ou serviço que seja vendido online. Às vezes a gente esquece do valor daquilo que criamos, quando estamos fazendo música.

Por Que Eu Acho Que É Mais Fácil Para Músicos Começar com o Twitter em Vez do Facebook?

A razão principal é pela maneira que o Twitter engaja seus usuários. Qualquer um pode fazer parte de conversas ao vivo sobre tópicos musicais.

Minha experiência mostra que o Facebook está começando a limitar sua habilidade de entrar em contato com qualquer pessoa — e por isso, na minha opinião, está matando o lado SOCIAL da rede social.

Para o usuário casual do Facebook, tudo bem . Você pode mandar mensagem para a sua mãe, pai e amigos. Mas, para o empresário ou para o músico, nem tudo bem. Eu sinto que o Facebook nos enganou com um “período de teste grátis”, mas que agora temos de pagar por seus serviços.

Houve um tempo em que eu podia curtir e comentar a página de outros músicos com a minha página corporativa da banda The Corporate Thief Beats. Mas agora o Facebook só permite que eu curta e comente com minha página pessoal, Daniel Hartnett.

Isso limita completamente que músicos de menor alcance tentem escalar seu caminho até o reconhecimento. O único jeito de interagir com seus fãs no Facebook é ter pessoas que já curtam sua página no Facebook. E o único jeito prático de conseguir isso é comprando likes segmentados do próprio Facebook.

O Alcance Limitado do Facebook

E mesmo depois de você ter comprado um bom número de seguidores do Facebook, usando a plataforma de anúncios da rede social, você vai ter de pagar de novo a cada vez que quiser acessar essas pessoas com um post.

O Facebook Ficou Pessoal Demais Para Ser Usado Em Negócios Musicais?

Eu sinto que o Facebook ficou pessoal demais para ser usado em negócios musicais. Quando eu preciso entrar em contato com blogueiros ou sites de música, sinto que a maioria das pessoas não quer ser incomodada por ali, ou talvez pareça um pouco de grosseria entrar em contato por ali. O Facebook é uma coisa muito pessoal para algumas pessoas.

Para mim, é uma ferramenta para amigos e família. Se você não for amigo da pessoa, suas mensagens podem acabar na caixa OUTROS do Facebook. (Sim, eu sei, eu também esqueci que existia essa outra caixa de entrada).

O Facebook limita seu nível de engajamento da sua página de músico para você ficar frustrado e acabar patrocinando seus posts. E o botão de patrocinar posts do Facebook tem segmentações muito restritas, então fica difícil fazer seu dinheiro valer.

Comparando o Facebook com o Twitter

De tanto usar o Twitter, acabei achando aceitável tweetar várias vezes por dia. É melhor do que no Facebook, onde as pessoas só querem ver duas postagens sobre música por dia, no máximo.

É muito mais fácil de se começar a construir uma base de fãs DE GRAÇA no Twitter. E a maioria das pessoas usa a tática do “sigo de volta” no Twitter.

Isso acontece quando você segue um monte de usuários no Twitter na esperança que eles te sigam de volta. Pela minha experiência, uns 20% das pessoas vão te seguir de volta. Isso não funciona no Facebook. É por isso que a maioria das pessoas paga ao Facebook por likes e seguidores.

É isso que faz o Twitter ser tão fácil para o músico independente. Você encontra influenciadores da cena de hip hop (@stopthebreaks, @djbooth, @2dopeboyz) e segue seus seguidores.

Você também pode seguir os seguidores de rappers famosos que fazem um som parecido com o seu. Vamos dizer que você se inspire no J Cole, é só começar a seguir os seguidores dele.

No Twitter, é mais fácil abordar blogueiros de música e começar um diálogo. As pessoas usam o Twitter para negócios de uma maneira diferente que o Facebook. O Twitter está lá para te colocar em contato com pessoas que pensam parecido com você.

A experiência que eu tenho com o Twitter mostra que ele é mais eficiente para entrar em contato com blogs influentes do que email. Eu tendo a achar os endereços de arroba do Twitter {@} daqueles blogueiros que de fato escrevem sobre hip hop e vou atrás deles. Daí eu compartilho o conteúdo deles, para agregar valor para eles e esperar que eles façam o mesmo por mim.

Conecte-se com as pessoas e se engaje — NÃO FAÇA SPAM.

Há um limite tênue entre se engajar e se conectar com as pessoas no Twitter. E eu acho que acontece muito no Twitter de se desperdiçar esse recurso tão valioso com spam. Alguns músicos bombardeiam pessoas que eles não conhecem com informações sobre suas músicas.

Isso é uma perda de tempo, porque as pessoas só vão te bloquear ou te denunciar.  Isso vai estragar a sua marca, fazer com que você pareça desesperado e ninguém que importa vai entrar em contato com a sua música. Por favor, siga as táticas de crescimento do digital influencer que eu ensino no vídeo acima, ou adote o método ‘sigo de volta’.

Antes de eu terminar esse debate sobre mídias sociais, é importante ressaltar que há uma gama de ferramentas para o Twitter que vão ajudar na sua vida de marqueteiro de música. Ferramentas como Hootsuite and Buffer oferecem ótimas opções de agendamento de compartilhamento de conteúdo, o que vai te poupar muito trabalho no Twitter.

Construindo sua persona de Twitter

É importante que, na hora de focar em fãs no Twitter, você deve ter definida uma persona ideal de Twitter:

  • De que tipo de música eles gostam?
  • Quem eles já seguem online?
  • O que eles estão twitando?
  • Que idade eles têm?
  • Que hashtags eles usam?
  • Quais são as palavras-chave que eles usam em sua biografia?

Como eu faço batidão, meu seguidor ideal é o artista de hip hop. A partir das minhas pesquisas eu descobri que rimadores usam as palavras“Booking” e “Features” nas suas biografias o tempo todo. Em outros momentos, eles usam hashtags de sites famosos de mixtapes, como #Datpiff, #Audiomack e #Livemixtapes.

É seu papel, como artista, ir atrás da persona de Twitter ideal. Se você faz músicas como as do Drake, acontece muito dos fãs do Drake usaram as palavras “Drake Fan” na descrição do seu perfil no Twitter.

E os fãs atuais do Drake também estarão usando hashtags como #viewsthesixth. Ou  #ovo. Esses fãs, que estão ativos no Twitter podem curtir seu som, se ele for mesmo parecido com o do Drake.

Comece a usar a busca avançada do Twitter para te ajudar com suas pesquisas. Isso vai deixar os resultados muito mais específicos. Assista ao tutorial em vídeo no blog e veja como eu uso a pesquisa avançada do Twitter.

Depois que você tiver identificado seus seguidores perfeitos, comece a usar a tática ‘sigo de volta’. É aí que você vai começar a seguir um monte de seguidores selecionados e uma parte deles vai te seguir de volta. Como eu disse acima, comigo o número dos que seguem de volta fica em torno de 20%.

Para facilitar esse processo, baixe uma ferramenta chamada Twitter Mass Follow for Chrome. Essa extensão vai te permitir seguir/parar de seguir um monte de usuários segmentados de uma só vez.

Para construir um corpo de seguidores no Twitter, comece a usar os recursos que você já tem. Isso inclui seu site, outros perfis em redes sociais, canal de Youtube, mailing e seu blog.

Seu blog ou site são ótimos canais para começar a direcionar seus seguidores ao Twitter, já que toda a atenção ali estará em você— ao contrário de sites de mixtapes, que são cheios de nomes e distrações, como anúncios de artistas que pagaram para estar ali.

Portanto, adicionar um botão de “me siga no Twitter” no seu blog é um primeiro passo óbvio, mas não costuma ser suficiente. É por isso que eu sugiro um botão “pague com um tweet”. Assim, você vai esconder seu conteúdo atrás de uma cortina que os leitores só conseguirão ver se te promoverem nas mídias sociais.

Como eu trabalho em melodias, costumo oferecer de graça trechos de som ou PDFs com recursos que vão ajudar outros artistas. Como rapper, você pode oferecer entrevistas com seu produtor, entrevistas sobre como você faz seu som, dicas para outros rappers e compositores, descontos em ingressos para o seu show e códigos promocionais para os seus produtos.

Para fazer as pessoas notarem esses incentivos ou fazer que as pessoas fiquem um tempinho a mais no seu blog, tente colocar uma caixa de chat do Twitter embaixo do seu music player. Assim, as pessoas podem deixar feedback sobre a sua música enquanto elas a escutam. E isso também vai incentivá-las a compartilhar sua página. Feedback feito assim, numa caixa de chat do Twitter, cria um bom efeito positivo do seu som, assim, quando blogueiros de hip hop vierem conferir o seu som, eles já podem ver boas resenhar.

Anúncios de Twitter

O Twitter tem uma plataforma de anúncios que é bem boa em segmentar seguidores ou seguidores de seguidores. Se você encontrou influenciadores online, tipo coast2coastmixtapes, 2dopeboyz ou DJbooth, você pode usar o Twitter ads para anunciar para os seguidores deles. E você não tem de parar por aí. Você pode fazer anúncios segmentados usando palavras-chave e interesses, como hip hop e rap

O problema principal com o Twitter ads é que é uma maneira muito cara de anunciar. {O Facebook ganha esse round, na minha opinião}. Mas, se você for esperto, aqui vão alguns truques que pode usar para manter o preço do Twitter ads baixo:

  1. Coloque um anúncio de cabeceira do Twitter no seu site. Isso permite que você foque os anúncios em qualquer pessoa que tenha visitado seu site num determinado período, porque o anúncio do Twitter irá manter esse registro.
  2. Faça upload do arquivo CSV do seu mailing no Twitter. Isso vai permitir que você foque anúncios em pessoas que já se inscreveram no seu site.

Finalmente, para acabar esse post. Se você quiser saber mais sobre esse assunto, confira o meu blog, onde eu dou outras dicas de como promover seu som no Twitter. Eu espero que este post tenha te ajudado. Se tiver qualquer dúvida, pode me encontrar no @corporatethief no Twitter.


Biografia do autor: Este post foi escrito por Daniel Hartnett, também conhecido como The Corporatethief Beats. Daniel é um fazedor de batidas de hip hop e blogueiro de marketing de música, e mora na Irlanda. Ele tem paixão por dividir dicas de marketing com outros músicos

 Twitter Guide

2 Comentários

  1. luisserafimjr@gmail.com'
    by Luis on setembro 13, 2016  20:33 Responder

    Olha, eu conheço artistas do meu gênero que tem cerca de 1,5 milhão de seguidores no Facebook e apenas 3 mil no Twitter, então não acho uma boa começar por este último. Na verdade nem penso em abrir uma conta no Twitter mas também não gosto do Facebook por conta do alcance limitado. Penso em focar apenas no YouTube, o que vocês acham disso?

  2. claudioaraujo64@bol.com.br'
    by Claudio Araujo on setembro 21, 2016  05:16 Responder

    O YOUTUBE É UMA EXCELENTE FERRAMENTA DE MARKETING E UMA VITRINE MARAVILHOSA.
    EU TINHA MUITOS SEGUIDORES NO YOUTUBE, ATÉ QUE UM DIA RESOLVI FECHAR A CONTA PRINCIPAL.
    HOJE TENHO OUTRO CANAL NO YOUTUBE ONDE MOSTRO MÚSICAS RETRÔ EM ÁUDIO VISUAIS.
    ATUALMENTE TENHO 14 INSCRITOS, POIS RECOMECEI OUTRO CANAL.
    SOMANDO TODOS OS MEUS VÍDEOS, TEM UMA VISIBILIDADE DE MAIS DE 6.000 VIEWS.
    SEM FALAR QUE É DIGAMOS, ACOPLADO AO GOOGLE PLUS, UMA REDE SOCIAL EXCELENTE E MUITO MAIS AMIGÁVEL DO QUE O FACEBOOK.
    ESTA É MINHA OPINIÃO LOUIS.
    MEU ENDEREÇO NO YOUTUBE ----> https://www.youtube.com/user/1964claudioaraujo
    MEU ENDEREÇO NO FACEBOOK --> http://www.facebook.com/claudioaraujo64
    MEU ENDEREÇO NO TWITTER -----> http://twitter.com/claudioaraujo64

    FORTE ABRAÇO, AMIGO.

Comente

Seus email não será publicado.