Por que você não deve deixar o medo de violar direitos autorais Atrapalhar sua Carreira Musical

Ladrão de som existe? Sim, mas mais na sua cabeça do que no mundo real da música. O Blog CD Baby te ensina a proteger seu som sem deixar de mostrá-lo para o mundo

hacker[Este post foi escrito pelo colaborador Anthony Ceseri.]

Nota do editor:  No CD Baby, não é raro que falemos com um artista ou mais por semana que não quer deixar ninguém ouvir suas músicas por medo de ter seus direitos autorais feridos. Este post serve para deixar esse pessoal mais confortável com mostrar seu som para o mundo. No texto,  Anthony  discute diferentes opiniões sobre os direitos autorais na música — mas isso não deve ser considerado auxílio legal. Se você não tem certeza de como as leis de direito autoral funcionam no seu país, deve procurar um advogado.

Muitos compositores têm medo de mostrar ao mundo suas canções.  Uma grande parte desse medo é que qualquer um pode ouvir essa música  — QUALQUER um — inclusive outros compositores, que podem vir e roubar sua ideia. E isso seria uma grande injustiça.

Por isso quero argumentar o porquê desse medo ser um pouco irracional. Vamos começar discutindo o que precisaria acontecer para alguém roubar sua música e você ter de tomar atitudes legais quanto a isso.

Para começar, essa pessoa precisaria achar sua música antes de pensar em roubá-la. Se você não é ótimo em fazer marketing da sua música, angariar fãs e levar as pessoas à sua música, vai ser difícil que essa pessoa encontre sua música, porque poucas pessoas de fato ouvem seu som,  e a maioria deles não será de ladrões. Mas, se isso não é um motivo bom o suficiente, vamos para o próximo.

Quando o assunto é boa música, é claro que uma gravadora vai preferir lançar sua música a roubá-la e depois ter de lidar com isso num tribunal depois.

E se falarmos de outro compositor tentando roubar seu trabalho, ele teria de roubar sua canção e segui-la completamente à risca para que isso virasse plágio. Você não pode registrar a ideia geral de uma música ou uma frase em particular. Então, se uma pessoa escrever uma música sobre o mesmo assunto que a sua, ele provavelmente está em seu direito. Além de que, a ideia em si não é tão importante quanto como a ideia é desenvolvida e vira uma música. É aí que o trabalho artístico se mostra de verdade.

Se você tem uma ideia tinindo de nova, mas não conseguiu desenvolvê-la bem, é improvável que alguém vá querer roubá-la de você. Entretanto, se alguém se der conta de que você teve uma boa ideia e desenvolvê-la por conta própria (escrevendo suas letras e sua melodia) isso não seria violação de direitos autorais, a não ser que ele se valesse da sua letra ou da sua música enquanto estivesse fazendo a dele, baseada na sua ideia. Agora, se alguém se apropriar da sua melodia ou da sua letra, a coisa muda de figura. Isso seria violação de direito autoral.

E sua música também tem de ser incrível para ser “digna” de um ladrão querer roubá-la, pra começo de conversa. Se você nunca postou suas músicas na internet (ou em nenhum outro ludar), é bem capaz que você ainda tenha muito trabalho a fazer antes que comece a escrever músicas que as pessoas vão amar.

Tendo dito tudo isso, não nego que há contextos de roubo de música, porque é claro que pode acontecer e que acontece. Só estou dizendo que o desconhecimento é muito pior que o roubo de obra para novos compositores. Então, se você acha que é o medo de roubo que está te segurando, você está diminuindo muito suas chances de sucesso. Você tem de pôr seu som para o mundo ouvir. É o único jeito de fazer sucesso.

Tampouco estou dizendo que você não deve proteger seu trabalho. E não estou dizendo que você deve jogar um monte de músicas desprotegidas na internet. Mas o que ESTOU SIM DIZENDO é que você não pode se prender por isso.Não deixe de mostrar suas músicas para as pessoas por causa de um medo paralizante de o que vai acontecer, porque esse medo IRÁ impedir seu sucesso como compositor.

As pessoas têm de ouvir seu trabalho se você quiser ter sucesso. Pensar como um compositor medroso vai minar muito seu trabalho. Em vez disso, ache o caminho do meio, em que você se sente seguro mas também está sempre lançando novas músicas, para que seus fãs continuem (ou comecem a) te amar..

O que você acha? Você já teve os direitos autorais violados? Como resolveu isso? Conte para a gente na seção de comentários, aqui embaixo..

7 Comentários

  1. maicon.sr1986@gmail.com'
    by Maicon Rosa on fevereiro 17, 2015  02:04 Responder

    Olá, sou compositor e tenho algumas músicas que facilmente fariam sucesso se eu soubesse por onde começar a divulgar. Desde 2003 que compondo canções de vários estilos, que variam de Reggae à Metal. Já passei por MPB e Hard Rock, músicas góspel e Undeath Metal, crio daquilo que ouço e, como ouço de tudo um muito, componho de tudo um pouco. Se alguém souber como me ajudar nesse aspecto de divulgações, ficaria grato. Ótimo site!!!

    • by Marcos Chomen on fevereiro 18, 2015  12:19 Responder

      Maicon, o primeiro passo pra divulgar é você ter sua música distribuida para que as pessos possam ouvir. Veja aqui como funciona http://somosmusica.com.br/saiba-como-funciona-e-como-se-cadastrar-na-cd-baby/ Abs e Sucesso!

  2. jessepereira0000@gmail.com'
    by Jesse Pereira on abril 2, 2016  15:47 Responder

    Qual o caminho ,ais seguro para um compositor iniciante. Lançar suas musicas como cantor ou tentar vender suas musicas para cantores?

    • by Marcos Chomen on abril 6, 2016  17:47 Responder

      Jesse, depende de qual caminho quer seguir, de compositor ou de cantor-compositor. Parece óbvio mas é o primeiro passo. Para vender canções voce precisa de editoras ou produtores que escolham sua música. São caminhos diferentes, os dois árduos, mas gratificantes. Obrigado.

  3. alexfabianocolaressantos@gmail.com'
    by Alex Fabiano Colares Santos on fevereiro 1, 2017  18:10 Responder

    Olá Me chamo a 17 Anos Venho na busca de ser um compositor reconhecido no brasil e no mundo tenho 400 composições prontas para o sucesso ja mandei musicas para varios cantores e todos ficam na promença vir uma musica no You Tube De um Cantor parecida com a minha o cd dele ainda não saiu e um dos artista que ja mandei composições minha musica e registrada tenho editora o que devo fazer para processar esse cantor.

  4. razergalk@gmail.com'
    by Razzer on dezembro 11, 2017  13:11 Responder

    Boa tarde
    O meu nome é Diogo aka Razzer.
    Sou produtor/ compositor e trabalho para editoras tendo faixas minhas lançadas por diversas labels.
    Estou com um problema que me está a consumir muito o meu sistema nervoso.
    Há dois anos atrás, fiz uma parceria com um rapper ou tentativa de rapper português. Juntamo-nos os dois onde eu fazia instrumentais e ele criava as letras. Estivemos juntos durante 6 meses a trabalhar num EP. Ao todo fiz mais ou menos 20 faixas mas apenas fez-se um release de 5 faixas nesse EP. Ao final dos 6 meses houve umas chatices e decidi que iria abandonar o projecto e seguir a minha carreira musical sozinho. O acordado com o rapper, foi apenas fazer o release do EP. Mas passado algum tempo venho a descobrir que ele está a usar todas as outras faixas, acrescentando uma melodia ou outra e a dizer que são de autoria dele. Apesar das diversas tentivas de contacto, ele limita-se a ignorar.
    Eu não fiquei com a cópia das faixas do programa de composição, porque pensei eu no meu perfeito juízo, que ele não faria uma coisa destas.
    O que posso fazer?? Confesso que estou a ficar muito aborrecido com esta situação e gostava de avançar para a frente em formas judiciais.
    O nome do rapper é Daniel Santos aka Texugo.
    Agradeço a atenção dada.

    • by Paula Humphries on dezembro 14, 2017  21:56 Responder

      Olá Diogo! Que chato que teve esse problema. A melhor coisa nesses casos é fazer uma consulta com um advogado local da área de entretenimento que é especializado em leis autorais para ver qual é a melhor maneira de lidar com esse empecilho antes de tomar alguma ação. Boa sorte! :)

Comente

Seus email não será publicado.