Os 3 tipos de contratos de publicação mais comuns para compositores

Imagina o quando o cara que escreveu, sei lá, “Lepo Lepo” não ganhou num ano. Se ele não tinha um contrato de direitos de publicação da música, pode ter certeza de que ganhou menos do que deveria. O SomosMúsica te ensina a resolver esse problema burocrático (e ganhar mais $$$)

shutterstock_130027265Por Chris Robley

Aqui está uma história que você já deve ter ouvido: uma banda ganha fama, todos seus integrantes ficam ricos, mas o que compõe fica mais ainda.

Por que esse compositor ganha mais grana? Direitos de publicação da música!

Se você escreve música, poderia ganhar uma quantia enorme de dinheiro com elas… SE você tiver um contrato com uma firma de publicação.

Ao fazerem coisas que são muito difíceis (ou consomem muito tempo) para um compositor fazer por conta própria, editoras de publicação de música podem te ajudar a conseguir oportunidades de lucro para sua carreira.

Mas que tipos diferentes de contratos de publicação de música há por aí? E quais são os pontos positivos e negativos de cada um deles?

Alex Badanes, do Songtrust, escreveu um texto chamado “The Three Most Common Publishing Deals — Learn Your Options!” (Os três tipos de contrato de publicação mais comuns – Conheça suas opções), que dá uma bela resumida nesse assunto. Nesse texto, ele diz:


No momento em que você decide que uma música em que você está trabalhando há semanas está pronta, você tem seus direitos autorais e 100% de sua publicação. Esses 100% são divididos em seções muito importantes– A Cota do Publicador (50%) e A Cota do Compositor (50%). É importantíssimo entender que a maior parte dos acordos só aceita negociar a sua cota de Publicador (50%). A não ser que você trabalhe com uma obra encomendada (Veja Abaixo), você nunca perderá sua Cota de Compositor.

Ele então descreve os três tipos de contrato de publicação que você deve encontrar no mercado de música hoje em dia.Eles são:

Acordos de Administração

Num acordo de administração, o compositor mantém 100% da propriedade dos direitos autorais e cede de 5 a 20% da cota de Publicador por um período que geralmente vai de 1 a 3 anos. Acordos de administração geralmente não incluem nenhum serviço criativo e só focam em registrar suas músicas em departamentos de registro do mundo todo, e também coletar royalties em seu nome.

O próximo tipo de acordo de publicação mais comum, segundo Consor, é…

Acordos de Co-Publicação

Um acordo de co-publicação é o tipo mais comum para compositores já estabelecidos hoje em dia. Você, compositor, cede 50% da sua Cota de Publicador (vem daí o termo “co-publicação”) ao publicador com quem assina um contrato. Ao fazer isso, você fica com 100% da sua Cota de Compositor e 50% da sua Cota de Publicador, então 75% de todos os royalties de publicação. Nesse acordo, já que o publicador fica com parte dos direitos da música, ele tem um incentivo extra para explorar a música e lucrar o quanto possível com ela. Os usos que sua música pode ter são na maioria em sincronização, sendo usado em TV ou no cinema, ou ser lançado por um grande artista – esse é o tipo de trabalho que a equipe criativa de qualquer editora de música fará para você diariamente. Muitas empresas de publicação vão te oferecer adiantamentos generosos do lucro que sua música vai gerar, para te levar a assinar com eles. Lembre-se, entretanto, que esses adiantamentos terão de ser ressarcidos integralmente quando sua música começar a dar lucro.

E o último contrato de publicação de música mais comum é…

Obra Encomendada

Num acordo de encomenda, por um pagamento, você vai abrir mão de toda sua propriedade e de seus direitos de administração enquanto os direitos autorais durarem. Esses acordos são mais comuns no cinema, na TV e na publicidade quando um estúdio deseja ter controle total da produção.

Ganhe Dinheiro Guide

35 Comentários

  1. leo_compositor@hotmail.com'
    by Leonardo Andreh on fevereiro 17, 2015  03:50 Responder

    Vocês teriam uma lista de editoras sérias(e respectivos contatos) com quem eu possa fazer parceria de publicação das minhas músicas?
    Agradeço sua atenção.

    Leonardo Andreh

    • by Marcos Chomen on fevereiro 18, 2015  12:21 Responder

      Oi Leonardo, você pode procurar na http://www.ubem.mus.br/home Estas editoras já tem contato com os principais serviços (iTunes, Spotify, Google, Deezer, Rdio, Napster) para pagamento de direitos autorais. Abs e Obrigado pelo contato!

      • leo_compositor@hotmail.com'
        by Leonardo Andreh on fevereiro 18, 2015  22:50 Responder

        Oi, Marcos... obrigado por seu retorno.
        Eu entrei no site da UBEM, mas a página com a lista das Editoras não abriu.
        Você conhece alguma editora confiável em São Paulo - Capital?
        Um grande abraço.

  2. joenabsorrab@live.com'
    by Joena Barros Nogueira on março 7, 2015  20:24 Responder

    Ola você pode me ajudar? É que eu tenho 12 musicas prontas, mais eu apenas as escrevi e conto...Não tenho partitura,nem Demo,nem arranjo. Enfim apenas minhas canções que fiz e canto em casa; Gostaria de encontrar uma pessoa para interpretar,e também minhas musicas não estão registradas. Isso é um sonho de mais de 25 anos Obrigada Aguardo resposta.

    • by Marcos Chomen on março 9, 2015  17:40 Responder

      Joena, o ideal é você procurar uma editora que possa registrar e vender sua música para intérpretes. Segue o link da associação de editoras no Brasil.
      http://www.ubem.mus.br/home

    • jacquelinevalente@yahoo.com.br'
      by jacqueline on outubro 10, 2017  01:59 Responder

      Posso te passar as orientações.

  3. charlieangel2036@gmail.com'
    by Carla on abril 7, 2015  04:55 Responder

    Eu tenho interesse apenas em ser compositora e vender as minhas composições mas não sei como devo fazer. É triste ter tantas músicas com potencial de virar hit em vozes de bons intérpretes e não ter meios de fazer essas mesmas músicas chegar até eles.

    • by Marcos Chomen on abril 15, 2015  19:41 Responder

      Carla, voce deve procurar uma Editora Músical e ver se eles tem interesse em suas composições. Espero ter ajudado.

    • comercial@bomshow.com.br'
      by Ricardo on dezembro 12, 2017  18:25 Responder

      Olá Compositor, entra em contato comigo!

  4. elias.alves.araujo86@gmail.com'
    by elias alves de arauho on dezembro 30, 2015  17:50 Responder

    Possuo algumas musicas escritas e pelo que estive pesquisando, nao ha facilidades para pricipiantes, onde devo recorrer para dar continuidade em meu trabalho. Preciso ajuda para encontrar o caminho e a pessoa certa, se voces puderem me ajudar eu agradeco.

    • by Marcos Chomen on janeiro 4, 2016  12:36 Responder

      Elias, você tem que criar relacionamentos na área musical com músicos, produtores, etc.. Uma boa escola de música é um bom caminho. Existem também vários grupos de compositores no FB. Obrigado!

  5. kadujunqueira81@gmail.com'
    by Kadu Junqueira on fevereiro 9, 2016  18:45 Responder

    Olá amigos do SOMOS MUSICA.
    sou compositor e infelizmente ainda não consegui meu lugar ao sol.
    mas estamos na luta.
    Tenho cerca de 60 musicas, sendo apenas 11 registradas, 6 estão com arranjo feito por um amigo e o restante aguardando um dinheirinho pra poder finalizar kkkkkkk
    gostaria de saber se haveria interesse em dar uma olhadinha pelo menos nas que estão com arranjo, mesmo que seja sem compromisso, assim eu teria um opinião de profissionais que seria muito importante pra mim.
    Aguardo ansioso por contato
    Abraços:
    Kadu Junqueira

    • by Marcos Chomen on fevereiro 23, 2016  19:00 Responder

      Kadu, somos um distribuidor digital e não fazemos esse trabalho de avaliação. Tente conversar com alguns produtores, ou melhor, veja o que seus fãs acham das músicas.
      Abs!

  6. joaopatricio_shr@hotmail.com'
    by João Patrício on fevereiro 11, 2016  15:07 Responder

    compositores que tiverem interesse de vender suas músicas, entrem em contato pelo e-mail joaopatricio_shr@hotmail.com

    • valdevinomoreiradasilva@gmail.com'
      by VALDEVINO MOREIRA DA SILVA on outubro 20, 2016  12:23 Responder

      olá caso haja interesse, podemos conversar para ver a possibilidade de negócio.

      • by Paula Humphries on outubro 25, 2016  15:23 Responder

        Olá Valdevino! Mande uma mensagem privada através do nosso Facebook com sua proposta e a analisaremos com atenção. Obrigada
        https://www.facebook.com/CDBabyBrasil/

  7. boyfeiver@gmail.com'
    by BOY FEIVER on dezembro 1, 2016  06:59 Responder

    Olá
    Sabe me dizer o que é necessário pra assinar um desses contratos com uma editora?paga se algum valor?

    • nuvem90@gmail.com'
      by Priscila on fevereiro 4, 2017  02:57 Responder

      Paga sim, voce cede uma porcentagem para a editora, ela cuidará de todo administrativo/comercial da sua música. O valor vai de cada editora, assim como o tempo de contrato. Pesquisa no google ou procura no seu estado.

  8. jorge63gadelha@hotmail.com'
    by Jorge Luiz de Deus Gadelha on abril 1, 2017  22:11 Responder

    Moro em Itaipú, Niterói, e gostaria muito de assinar um contrato com uma editora. Não ligo muito pra dinheiro, assim como também não fico devendo nada à maioria desses compositores mais badalados, se compararmos as minhas músicas à deles. Faço música por prazer, mas vejo a necessidade de mostrar as minha ideias para outras pessoas. Venho durante anos cantando e tocando as músicas de outros autores. Mas sempre intercalo as de minha autoria. Passei um longo período recebendo direitos autorais por fazer música ao vivo, e me acomodei deixando de lado as minhas composições. Hoje mais maduro, e escutando o que escuto nos rádios e lugares afins, vejo como quase uma obrigação, mostrar esse meu trabalho. Tenho um clip no youtube música: Estrela e Sereia. E, mais três sómente com áudio: Estio, Fidelidade, e o Brasil é muito bom. Um abraço a todos do Somos Música!

    • by Paula Humphries on abril 27, 2017  18:44 Responder

      Abraços, Jorge! Obrigada por compartilhar um pouquinho da sua história coma gente!

  9. praele@live.com'
    by Cristóvão on abril 18, 2017  12:02 Responder

    Tenho 5 músicas Gospel (religiosa) e 5 no âmbito mais secular. Posso fazer contratos das músicas gospel em uma Editora e das músicas seculares em outra editora?

    • by Paula Humphries on abril 27, 2017  19:02 Responder

      Tudo depende do acordo que você fizer com as editoras, Cristóvão. Em geral esse é o caso, e recomendo que você faça esse tipo de acordo onde apenas as canções que você escolher serão representadas pelas editoras em questão.

      Abraços :)

  10. E-mailAmilto22@gmail.com'
    by Amilton Cosme de Souza on maio 8, 2017  19:27 Responder

    Tenho músicas no YouTube no facebook . o facebook está no meu nome Amilton Cosme de Souza.
    .

  11. E-mailAmilto22@gmail.com'
    by Amilton Cosme de Souza on maio 8, 2017  19:37 Responder

    Contato 024998363566 whats apps 024999060903 Volta Redonda RJ

  12. adeiltonoliveiradequeiroz@gmail.com'
    by ADEILTON on julho 30, 2017  21:11 Responder

    Olá
    Saudaçoes amigos
    Sou ADEILTON.Tenho várias composiçoes.Por favor me dê o site de uma editora musical séria. Muuuito obrigado.Aguardo a resposta.ABRAÇO.ADEILTON I

  13. andersonromero03@hotmail.com'
    by anderson on agosto 7, 2017  00:44 Responder

    Corro o risco de perder bens Materiais nesses contratos com editoras ? Grato!!!!

    • by Paula Humphries on agosto 11, 2017  22:56 Responder

      Normalmente esse tipo de bem não é envolvido em contratos de edição musical, Anderson. Mas como em qualquer tipo de negócio, leia sempre o que estiver assinando antes de finalizar um acordo, e consulte um advogado da área para garantir que não estará cedendo nenhum de seus direitos autorais também. Sucesso!

      • luisserafimjr@gmail.com'
        by Luis on agosto 16, 2017  22:36 Responder

        Em qual destes tipos de acordo a CD Baby PRO se encaixa?

        • by Paula Humphries on setembro 14, 2017  22:42 Responder

          No acordo de administração, Luis! A CD Baby usa sua editora (CD Baby Publishing) para administrar e arrecadar os direitos em nome dos artistas, mas não retém nenhum direito sobre as obras administradas. :)

      • luisserafimjr@gmail.com'
        by luis on setembro 6, 2017  20:14 Responder

        oi...

  14. andersonromero03@hotmail.com'
    by anderson on agosto 7, 2017  00:49 Responder

    sendo que não tenho bens no meu nome mais SIM em Nome do meu Pai com Relação a sobrenome Ex: casa , Carro e etc?

  15. rogertelesmelo@gmail.com'
    by Rogério on agosto 14, 2017  21:46 Responder

    Sou produtor musical, já estou produzindo alguns artistas, mas preciso montar um contrato por conta própria, pois por enquanto é caro pra eu poder contratar um profissional ... Teria um modelo de contrato de produtor ou se poderia me ajudar com essa tarefa ?
    Porque tem essa de ser 50% do produtor, mais tantos por cento do autor da letra, mais tantos do intérprete e etc ...

    Obrigado !

    • by Paula Humphries on setembro 22, 2017  20:22 Responder

      Rogério, não temos esse material em português, mas quem sabe esse guia gratuito que oferecemos em inglês te sirva de orientação. Baixe-o aqui: https://members.cdbaby.com/campaigns/request-publishing-split-for-songwriters-guide.aspx?Source=PubSplitSheet-MEMWEB&Dest=https://www.pages04.net/discmakers-cdbaby/CDBabyProspects_MASTER/PubSplitSheet_Guide Obrigada pelo comentário :D

  16. reginaldoe@outlook.com'
    by Reginaldo Esteves on agosto 25, 2017  06:20 Responder

    Sou um cantor e compositor gospel e sei que tenho o raro talento de escrever músicas boas, vou começar a disponibilizar outros gêneros musicais no mercado e para não ser ludibriado com relação ao conteúdo citado acima, gostaria de saber se devo ou não procurar uma editora antes de um eventual interesse de algum cantor em gravar minhas músicas??

    Posso leiloá-las??

    Financeiramente falando o que eu posso exigir do artista, também a nivel contratual??

    É aconselhável divulgar forte para encontrar os interessados em minhas músicas ou inicialmente devo divulgar pelas beiradas uma obra tida até então como inédita??

    Quero agradecer antecipadamente suas respostas que serão muito importantes para mim, nesse meu pontapé Inicial onde acredito que terei grande êxito!!

    DEUS os abençoe grandemente!!

    • by Paula Humphries on novembro 6, 2017  16:50 Responder

      Obrigada pelo comentário, Reginaldo! A questão da editora depende do tipo de contrato que eles te oferecem. As vezes isso pode sim ser uma grande oportunidade e abrir portas para você poder trabalhar com artistas mais renomados e já estabelecidos na indústria. Para começar você pode buscar artistas independentes do gênero musical para o qual compõe e fazer acordos de colaboração com eles. Se esse tipo de colaboração não der certo, tente divulgar seu trabalho em comunidades de redes sociais, sites de música, entre outros onde sabe que encontrará pessoas desse ramo para criar aquela contato inicial e desenvolver acordos a partir disso. Muito sucesso pra você nessa jornada! Abs

Comente

Seus email não será publicado.