O seu marketing de música leva os fãs numa “jornada de experiência”?

A gente não quer só música. A gente quer música, diversão, arte e jornada de experiência. Quer saber do que se trata, e como isso pode mudar o jeito que você conquista fãs (para melhor)? Então vem fazer uma jornada no SomosMúsica

O seu marketing de música leva os fãs numa “jornada de experiência”?[Este post foi escrito por Jamie Leger, autor do The Music Business Manifesto. É o primeiro de vários sobre marketing de música. ]

Expresse sua marca artística como uma “jornada de experiência”

Como músico independente, você também acaba sendo criador de conteúdo multimídia. Seu ‘trabalho’ é compartilhar suas histórias, suas observações, sua perspectiva, sua música e sua mensagem, em muitos formatos, canais e plataformas.

Mesmo com todas as ferramentas disponíveis hoje em dia, sua criatividade precisa estar funcionando bem para fazer isso. Se todas as interações que um fã tem com você for um sem vida e genérica, quão engajada você acha que essa pessoa estará com seu conteúdo, e você acha que ele vai ficar animado de ouvir falar sobre você?

A pessoa comum está SEDENTTA por novidade, algo animador algo ou alguém com quem eles se CONECTEM, algo que mude sua perspectiva ou os apresente a um novo mundo. É esse o tipo de coisa que vai ligar um fã a você, artista.

Como achar “jornadas de experiência” que animem seus fãs

Nós vamos passo a passo a partir daqui. Primeiro de tudo, não pense no seu marketing online como uma função ou um obstáculo ou uma tarefa. Em vez disso, pense nele como uma extensão do seu processo de contar uma estória em múltiplas mídias –que começa com você e com sua música.

Comece aos poucos. Tente usar seu conteúdo para criar uma jornada para uma única pessoa. Como ela reagiu? Rolou uma conexão?

Se rolou, continue fazendo mais daquilo e em pouco tempo você terá um grupo de fãs fieis.

Aonde eu estou indo? Você pode pegar essas experiências que está criando para uma ou algumas pessoas e, com a ajuda da tecnologia, você tem uma ferramenta para se conectar com gente do mundo todo.

É um ótimo jeito de ser autêntico e ao mesmo tempo ser um marqueteiro eficiente.

Então vamos comparar o que é a sua “experiência de fã” agora com o que ela poderia ser, e depois pensar em jeitos de te tornar mais conectivo.

Jornadas de Experências que Farão os Fãs dizerem UAU

Você já foi a uma festa sem conhecer o dono da casa, mas foi convidado por outra pessoa e acabou indo porque disseram que ia ser bem divertido?

Num primeiro momento você deve estar pensando: deve ser uma boa ideia.

Agora digamos que você pega o endereço que seu amigo passou, chega na horário que vocês combinaram, aparece na porta e toca o sino gigante de metal que fica no lugar da campanhia e ninguém vem…

10 segundos se passam. Você toca de novo. 20, 30 segundos. Você bate na porta. Desta vez fazendo mais barulho. Você começa a ficar bravo, seu sorriso vira uma cara fechada e você dá a volta pela varanda. Talvez eles estejam no quintal?

Estou no lugar certo?

Talvez eu devesse entrar direto?

Vou tentar isso…

Trancada. Droga..

Onde diabos todo mundo se escondeu?

Que droga…

Frustrado e confuso você checa o endereço, que é idêntico ao que o seu amigo te passou. Você joga suas mãos para o céu e decide desistir. Não vale o esforço

E se essa pessoa fosse seus fãs em potencial, parceiros e patrocinadores, que se sentem assim quando — recomendados por outra pessoa — eles vão conferir o seu site, canal de YouTube ou perfis de mídias sociais?

Pra que dificultar!?

Agora imagine a experiência ideal

Enquanto você chega no lugar combinado, é recepcionado pelo valet, e depois alguém te acompanha pela entrada, dando os detalhes dos eventos principais da noite, inclusive onde estará o guacamole, que é a melhor coisa dali.

Daí você é recebido com entusiasmo pelo amigo que te convidou. Ele te apresenta a todo mundo e te dá uma cerveja. Daí você começa a notar que as pessoas mais bonitas da festa estão de olho em você.

Isso seria memorável, uma experiência engajadora e que te coloca na melhor disposição possível!

É isso que a tecnologia poderia e deveria estar fazendo por você. Deveria estar recepcionando visitantes, curiosos, pessoas aleatórias que só estavam passando na frente da sua casa…

Deveria recepcionar a todos como VIPs, com braços abertos, os levando entrada a dentro, fazendo um drinquezinho, colocando eles na melhor poltrona e depois os divertindo com entretenimento de qualidade..

Seu Sistema de Marketing Musical

No fim, qual das duas festas seria a mais lembrada, viraria assunto e seria recomendada a outras pessoas?

Com certeza a segunda. Você quer que seus fãs se conectem com conteúdo gratuito que vai ajudar vocês dois a criar uma relação de verdade.

Seu Sistema de Marketing de Música é só uma série dessas experiências, que chamamos de “Jornadas de Experiência para Fãs.”

É sobre isso que continuaremos a falar no próximo artigo sobre marketing moderno de música.

Biografia do autor: Jamie Leger é o CEO do Music Business Liberation Program, que orgulhosamente ajuda centenas de músicos modernos a declarar sua independência e viver só do trabalho artistico que amam.

Ganhe Dinheiro Guide

Comente

Seus email não será publicado.