O ABC das parcerias musicais

Amor sem beijinho, Buchecha sem Claudinho, sou eu assim sem… Ah, você não tem um parceiro perfeito para fazer música? Sem chorar, o SomosMúsica te dá a letra de como achar (e manter) alguém com quem você consiga criar bem. Vem ver o ABC das parcerias musicais

O ABC das parcerias musicais

A busca pelo parceiro perfeito para colaborações musicais – e como gerenciar esse relacionamento – pode consumir muito tempo e muito esforço. Todos nós queremos ter esse laço apertado, essa mágica silenciosa que cria ouro musical do mais puro. Mas há arapucas no meio do caminho, e talvez a maior delas seja que, se você não se preparar corretamente, pode perder uma grande parte do seu tempo criativo – que é o seu recurso mais valioso.

A compatibilidade existe em várias formas diferentes: os gostos criativos e estilos diferentes são tão amplos quanto a própria música. Você não pode achar que vai achar sua cara-metade musical sem antes entender que todo mundo tem influências distintas, lógicas de trabalho, habilidades de composição e capacidade de organização diferentes. Quando você for começar a fazer um projeto, reconheça essas diferenças e faça as perguntas difíceis, mas necessárias para determinar quais são seus objetivos e onde estão seus valores. Seja honesto com você mesmo e com seu possível colaborador, e é capaz que você consiga uma parceria mágica.

Com tudo isso dito, aqui vão alguns conselhos básicos para você seguir na hora de fazer uma parceria musical, e as perguntas que você deve fazer a si mesmo e a seu possível parceiro. O ABC da parceria musical é:

Atenção, esteja sempre procurando

Você reduziu sua lista de possíveis parceiros a alguns nomes, com quem você está trocando ideia e vendo se a vibe bate. É um momento animado, mas ponha o pé no freio; você sempre tem de fazer uma boa análise dos possíveis parceiros antes de fechar negócio.

Então, como saber se esse parceiro é a pessoa certa para você? Você acabou de achar o Skrillex para o seu Diplo? O Leandro para o seu Leonardo? Você tem de responder a algumas perguntas antes de afirmar isso: Há quanto tempo você cria música? Em que gênero musical você se aventura? Quak é sua experiência em criar com outros músicos? Quais são suas ferramentas prediletas? Em que tipo de ambiente você gosta de criar?

Pense nas perguntas que você queria ouvir de alguém, para poder dividir os detalhes da sua arte. Pergunte essas exatas coisas para o seu parceiro, para liberar seu “eu criativo”. Isso vai economizar muito do seu tempo no futuro. Lembre-se que vocês não precisam ser irmãos gêmeos — na verdade, as melhores colaborações vêm de duas mentes bem diferentes. Só lembre de ser honesto e objetivo durante todo esse processo de escolha.

Bota Atenção na Logística

Você tem as noites de terça livres? E os sábados? Segundas? Na minha casa ou na sua? As pessoas que moram com você se incomodam se a gente fizer barulho até o nascer do sol? Você tem umas partituras que possa me emprestar, ou levo as minhas?

Primeiramente e mais importante: se você vai se comprometer a fazer música com alguém, certifique-se que você vai realmente ter horário para poder se encontrar fisicamente. Tá bom que pensar mais no processo criativo e na diversão de fazer música é mais fácil, mas ignorar as logísticas da colaboração pode te levar a situações frustrantes.

Mais uma vez, lembre-se de proteger seu tempo criativo. Não o gaste com confusão ou com informações truncadas. Agende-se, seja flexível e paciente. O colaborador certo é uma pessoa que também vai agir assim.

Conecte-se com criatividade

Música é música, e seu colaborador tem de te inspirar, te levar a ser um músico melhor e ajudar um ao outro a aproveitar o máximo possível as ideias dos dois. Se você está nervoso ou relutante, talvez seja melhor deixar essa pessoa ir embora e esperar pela certa.

No fim do dia, confie no seu instinto para não acabar entrando em relacionamentos turbulentos ou difíceis. Você está tentando ganhar mais liberdade para criar, então vá atrás de o que você acha legal, desafios que vão te fazer melhor ou jeitos de criar melhor.

Agora, vá à caça e aproveite as boas vibes que colaborar com outro músico podem te trazer!

Biografia do autor: Este post foi escrito por Omri Amouyal e Darcy Hughes, fundadores da KIO Music, vice-presidente da SKIO Music Business Development e marqueteiro premiado.

SKIO Music, empresa que faz parte da Association for Electronic Music (associação de música eletrônica) e ganhadora do prêmio SF MusicTech Summit, é uma comunidade colaborativa, onde músicos e compositores podem vender seu trabalho.

Ganhe Dinheiro Guide

6 Comentários

  1. jessepereira0000@gmail.com'
    by Jesse on setembro 2, 2016  21:52 Responder

    É muito legal compor em parceria. Já produzi algumas letras com amigos fisicos ou mesno pela internet. Cada um com um modo de pensar. Faz com que a musica ganhe um brilho diferente.

  2. reginaldoacsilva@hotmail.com'
    by REGINALDO SILVA on setembro 10, 2016  02:47 Responder

    OLá amigos, muito bom esse blog, já tentei achar um parceiro para minhas musicas, mais já me dei mal logo de cara,eu consigo escrever muitas musicas, a inspiração vem junto com a melodia, outras vem pela metade, ai eu vou criando do modo mecânico., na minha criação não uso violão,faço a criação com estalar dos dedos, ou batendo no canto da pia, ou assoviando, não toco nenhum instrumento, só arranho um violão, venho a procura de um parceiro que venha colocar a melodia instrumental, para juntos registrar as musicas.

    • timotio007@hotmail.com'
      by leronildo timoteo da silva on setembro 13, 2016  22:25 Responder

      Alô, amigo Reginaldo. encaminho os números telefônicos de quem poderá lhe ajudar:
      21 996838340; 21 38525645. (Fagundes)
      Att
      timotio007@hotmail.com

  3. joaocurveloabc@hotmail.com'
    by JSilveira on setembro 10, 2016  13:33 Responder

    I ai galera, tenho varias composições algumas com melodia estou a procura de um parceiro do mesmo gênero se você gosta de musica e de compor veja algumas do meu futuro álbum www.clubedoscompositores.com.br/jsilveira .

  4. girobela@hotmail.com'
    by Isabela on setembro 12, 2016  14:11 Responder

    Olá galera, isso de música é simplesmente o que eu sou e faço, também não toco nenhum instrumento, as músicas em minha mente já vêm com letra e melodia, é lindo de se sentir e transmitir. Por isso busco parceria tanto pra cantar comigo como pra tocar. Liguem 71 98482 1627

  5. timotio007@hotmail.com'
    by Leronildo Timóteo da Silva on setembro 13, 2016  22:19 Responder

    https://www.youtube.com/user/timoteo612/videos?flow=grid&view=0 Tenho vinte (20) vídeos de músicas, postados no yputube, conforme url acima. Tenho também mais de quarenta músicas produzidas, entre sambas, lentas, forrós, marchinhas de carnaval etc., entretanto meu cantor desisitiu. Fiquei sem intérprete. O que fazer?

Comente

Seus email não será publicado.