Monta e desmonta

shutterstock_140154739

Por Chris Robley, colaborador do CD Baby

Como uma preparação não profissional pode atrapalhar sua carreira:
Eu fiz um monte de shows sozinho ultimamente. É ótimo; eu apareço com uma guitarra acústica, algumas harmônicas, uma DI, às vezes meu próprio microfone. Se eu estiver me sentindo ousado quem sabe uns pedais e um amplificador.
A facilidade deste tipo de montagem e desmontagem sempre me faz lembrar dos anos em que toquei em uma banda com MUITO equipamento. Para alguns shows, eu costumava levar duas guitarras com pedais e amplificadores, uma guitarra acústica com um DI, uma Fender Rhodes, uma Korg Triton, um teclado Yamaha de 88 teclas, efeitos para o teclado, um acordeão, um xilofone e harmônicas. E isso era só o que eu tinha que levar. Tinham mais quatro pessoas na banda também.

No começo, nossa rotina pré-show era ao mesmo tempo épica e extremamente estressante. Em noites com shows de três bandas, nós tentávamos tocar primeiro – para que pudéssemos ter de 30 a 60 minutos para a montagem e passagem de som antes da abertura da casa – ou tocar por último, para que pudéssemos montar o equipamento atrás do palco antes da abertura e ter metade do trabalho já pronto para quando fosse a nossa vez. Entretanto, naquelas noites em que ficávamos no meio, tínhamos que correr para terminar a montagem. Não era nada gracioso. Muito menos ajudava a ter uma performance tranquila.

No entanto, depois de uns seis meses de apresentações ao vivo, comecei a notar que nós já conseguíamos montar muito mais rápido. Virou uma rotina, hábito, ensaiado – e isso deixou os shows muito mais fáceis também. Nós nos tornamos familiarizados com o-que-vai-onde, a ordem em que se pluga cada coisa, como podemos ajudar um ao outro.

Seguinte: nós devíamos (e podíamos) ter todos esses detalhes resolvidos até o momento em que tivemos nosso primeiro show marcado. Nós deveríamos ter praticado montagem e desmontagem desde o começo – não SOMENTE focar em músicas, setlist e arranjos.Porque é importante se equipar rapidamente no palco.

Quando você está no começo da sua carreira (ou quando você está tocando em clubes para 300 pessoas ou menos) você precisa ser capaz de se equipar em 15 ou 20 minutos. Mais que isso e você está seriamente se danificando. Como?
- Você frustrará os engenheiros de som.
- Você ocupará o tempo de outras bandas – ou o seu set será mais curto.
- Seus fãs ficarão incomodados que você não está começando no horário.
- Donos de clube, promoters e as outras bandas vão lembrar para sempre como a banda que demorou para montar o equipamento (não importa quão bem vocês tocaram).
- Você ficará estressado (e provavelmente envergonhado) por estar no palco por tanto tempo, lutando com seu equipamento – e isso vai tirar seu tempo e seu foco na hora de tocar.
- Você pode perder a chance de ganhar novos fãs — fãs que ficaram um pouco mais depois da banda anterior para ouvir uma ou duas músicas – mas a sua montagem demorou muito e eles foram embora.

Ao invés de se arriscar com qualquer uma destas situações, reserve um tempo para praticar com a sua banda a montagem e desmontagem do equipamento enquanto vocês ainda são uma banda nova, de preferência antes de começarem a marcar shows. Se vocês praticam uma vez por semana, usem um ensaio sim, outro não, e reservem 20 ou 30 minutos para treinar isso. Quando vocês tocarem o primeiro show estarão preparados não só para a performance mas também para montar e desmontar rapidamente.
Dicas adicionais para montar e desmontar equipamento rapidamente:
1- Traga cabos extras, palheta, cordas, peles, etc.
2- Enrole os cabos com cuidado e combine com o resto da banda para todos fazerem da mesma forma.
3- Traga suporte para todas as guitarras e teclados – e tenha certeza que eles são suportes firmes.
4- Pratique arranjos alternativos para sua música, caso você tenha que fazer um show ou dois sem uma parte específica do seu equipamento.
5- Ensaie com diferentes composições espaciais, caso você tenha um show em um espaço apertado ou qualquer tipo de espaço.
6- Não fique conversando com amigos ou fãs enquanto estiver na montagem, apenas faça seu trabalho.
7- Descubra se você consegue consolidar seu equipamento de alguma forma – depois diminua. (Eu realmente precisava de uma Rhodes, um acordeão e um xilofone quando um teclado apenas poderia simular todos estes sons? Você não pode tocar uma parte daquela música na sua guitarra em vez de levar um banjo para apenas uma musica ou duas?).
8- Tenha certeza que todos na banda sabem fazer a montagem para o equipamento dos outros, caso alguém tenha que ir conversar com o promoter, engenheiro de som, porteiro etc, durante a montagem do equipamento.
9- Não se esqueça de montar uma mesa com mercadorias da banda. Não é exatamente parte da montagem mas é quase tão importante e geralmente é a primeira coisa a ser esquecida quando a montagem fica estressante.

Ganhe Dinheiro Guide

Comente

Seus email não será publicado.