Criando uma legião de fãs ao vivo com melhores aberturas de músicas

Você nunca vai conseguir fazer aquele riff de guitarra de nove minutos com que sempre sonhou. Ou vai sim, e logo na abertura da sua nova música, ao vivo: um bam-bam-bam de produção de shows te ensina no Blog CD Baby como ganhar fãs com introduções doidonas para músicas

TomJackson-200x300Nota do editor: “Embora os vídeos neste artigo estejam em Inglês, música é uma linguagem universal e, você pode ler o artigo e entender através da música como melhorar suas próprias apresentações no palco”.

Como agradar o público do show com aberturas de músicas mais criativas

Você quer ou não quer criar uma legião de fãs quando está no palco? Tudo começa com a abertura para suas músicas. (E eu não estou falando de conversar com o público!).

Eu sempre digo que tem uma diferença entre o que você faz ao vivo e o que você faz na gravação.

Por exemplo, a abertura de suas músicas na gravação tem que ser curta e bacana. Você precisa ir pro recheio da música imediatamente (se você realmente quiser ser tocado nas rádios). Mas um show ao vivo é um bicho diferente. Na verdade, ao vivo você quer ser criativo, chamar a atenção do seu público e cativar eles – com a abertura!

A maioria de vocês lendo esse blog está “paquerando” o público. Ou seja, vocês não venderam milhões de discos, não aparecem na TV, e não são conhecidos por todo mundo que está te assistindo ou te ouvindo. Então, você precisa conquistar seu público o quanto antes. E isso não vai acontecer só porque você tocou suas músicas direitinho.

Assista esse vídeo e entenda um pouco do que estou falando:

Por pelo menos 10 segundos no começo desta apresentação, não tem nada que chame a atenção do público. Ele tinha as ferramentas certas – mas estava com pressa para chegar na música. Se ele não aproveitar um pouco do tempo para atrair o público, ele vai perder eles e então ninguém mais vai prestar atenção.

Usando a abertura para criar um momento de conexão

O próximo vídeo é a abertura de uma banda nova e meus esforços para trazer diversos elementos diferentes nela. Enquanto você assiste, preste atenção nesses mesmos conceitos que você pode usar nos seus ensaios para criar uma abertura de música ao vivo:

  • seja espontâneo
  • construa relacionamentos
  • deixe ela visualmente mais bacana
  • dê ao artista o controle da música (ao invés da música controlar o artista)

Como manter as coisas espontâneas quando você toca com faixas pré-gravadas

O próximo vídeo é para aqueles que estão presos ás faixas de acompanhamento. Ele responde a pergunta de como criar uma abertura bacana quando não há nada tocando, e como colocar um pouco da sua personalidade na abertura para estabelecer sua autoridade no palco.

Aliás, sempre que eu trabalho com artistas de faixas como essas, estou constantemente tendo que editar e manipular suas faixas no ProTools para criar “momentos” no seus shows. Caso contrário, a faixa está no controle, e não o artista, o que faz com que o artista perca o poder da autoridade no palco. O público percebe que eles não estão no controle. Nós queremos pegar um pouco desse controle das faixas e devolver para o artista.

Olha só esse vídeo:

Mas o que você viu nesses vídeos é só um pequeno pedaço do ensaio. Para criar isso direito, mandar bem, surpeender, desenvolver e tirar proveito da sua abertura você irá gastar muito mais tempo do que gastamos em um dos meus Bootcamps com esses artistas de exemplo. Na verdade, tudo que eu falo em meus blogs é só um pequeno pedaço do processo inteiro.

Eu sei que você pode fazer isso. Tire um tempo para criar a abertura de suas músicas. Faça ela interessante, envolvente e criativa, e você descobrirá que essa é uma de várias formas de atrair as pessoas para suas músicas. E quando você atrai mais gente ao vivo, você terá criado mais fãs!

Tom Jackson, produtor musical famoso mundialmente, autor do livro Tom Jackson’s Live Music Method e da série de DVDs All Roads Lead to the Stage, é um mestre em transformar o show de um artista em uma experiência para o público! Tom trabalhou com centenas de artistas de diversos gênero musical, incluindo famosos como Taylor Swift, The Band Perry, Jars of Clay e mais. Ele também compartilha sua expertise como palestrante em universidades, conferências e eventos ao redor do mundo.

 

 

 

 

 

 

1 Comentário

  1. marromblack1973@gmail.com'
    by Marrom Black on maio 7, 2014  21:07 Responder

    Quero Ganhar o Mundo com minha arte.
    www.marromblack.com.br
    https://www.facebook.com/marrom.black?ref=hl

    Att:Marrom

Comente

Seus email não será publicado.