Construa uma base de fãs lançando mais músicas

Lembra de quando você esperava ansiosamente um CD sair? Agora, fãs esperam um mês no máximo. E isso pode ser bom para a sua carreira. Aprenda como no Blog CD Baby

shutterstock_129639101-300x194Por que você deveria lançar mais, com menos intervalo de tempo

Foram-se os tempos em que você gravava um disco novo a cada três ou quatro anos, apostava todas suas fichas promocionais num só número, fazia turnês de dois anos ininterruptos e então recomeçava essa equação. Tudo mudou, dos hábitos de consumo dos ouvintes aos custos de gravação para os artistas.

Hoje em dia — especialmente no mundo da música independente— quanto mais música você lançar (sendo boas músicas, é claro), maior as chances de você construir uma base leal de fãs que vão te ajudar a manter sua carreira. Quer você esteja lançando um single por mês, dois Eps por ano ou criando vários álbuns ao vivo por turnê, a frequência está se tornando um fator para gerar burburinho.

Aqui vão 10 razões para você lançar e distribuir mais música

1. Mantenha seus fãs existentes “na pegada” – Nossa capacidade de prestar atenção e focar num artista está diminuindo, e o número de opções de escolha está crescendo. Se você desaparecer por três anos, não pode esperar que seus fãs voltem a te amar de imediato  Você precisa estar sempre no radar deles se quiser que te apoiem fervorosamente. Quanto mais frequentemente você lançar músicas, mais vai lembrá-los de porque eles te amam.

2. Crie mais oportunidades de imprensa – Seguindo a mesma lógica, quando mais músicas você lançar, mais chance tem de entrar em contato com blogueiros, revistas de música, diários locais etc. Colocar todas suas esperanças de divulgação num lançamento de álbum a cada dois anos é realmente limitante para conseguir que a imprensa fale do seu som.

3. Sintonize seu ritmo de gravação com o de criação – Gasta-se muito tempo (e muito dinheiro) para completar uma gravação de álbum de uma só vez. Para terminar de mixar e produzir um álbum, geralmente leva-se de oito a 12 semanas. Mas e se você trabalhar uma música por mês? Isso soa mais factível, saudável e realista, o que significa que é mais fácil de acontecer!

Você vai jogar toda energia que tem em uma música de cada vez, daí ter uma folguinha do estúdio até o mês seguinte — mais do que exaurir toda sua energia e suas ideias. Você pode lançar um single por mês por um ano (e até agitar uma festa de lançamento para cada um deles, se quiser atrair uma atenção extra). No fim do ano, compile os dez melhores hits num álbum.

4. Destaque suas melhores músicas de jeitos diversos – Fãs amam material bônus: remixes, fitas demos cruas, versões alternativas, lados B etc. Você pode lançar essas faixas extras como bônus no correr do ano ou as incluir numa edição especial do seu próximo álbum (o que dará aos fãs mais fervorosos outra oportunidade para comprar o álbum, por mais que eles já tenham adquirido todos os singles).

5. Mostre seus cortes ao vivo – Quer você produza as gravações dos seus shows ou faça uma gravação em estúdio para um programa, de rádio ou de TV — transforme essas sessões em um disco. As pessoas amam ouvvir versões cruas das canções prediletas.

6. Supervisores musicais não se importam se sua música é velha ou nova – Quanto mais músicas você disponibilizar, maior a chance de uma delas acabar num programa de TV ou comercial  Você nunca sabe o que o produtor do programa ou do filme vai precisar em termos de música, então torne TUDO disponível, mesmo o que gravou há décadas.

7. Suas músicas mais velhas serão sempre novas para alguém – Na mesma linha, fãs de música são hoje menos interessados pelo “último grito”. Quero dizer, é claro que ainda há foco em lançamentos, mas um público de nicho parou um pouco de prestar atenção no que é novo para olhar para o que é MELHOR. Então aí vai outra razão para que TODAS suas canções estejam disponíveis para a venda, para todo o mundo.

8. Mais mercadoria = mais vendas -  Eu não sei se alguém fez um estudo científico das “banquinhas de mercadoria” de artistas ou de bandas, mas notei que, quanto maior o número de itens que ofereço depois dos meus shows, mais gente vem conferir os CDs e camisetas que estou oferecendo (não se esqueça de colocá-los no seu “mailing” de e-mail). Quanto mais gente passar pela sua mesa, maiores suas chances de vender música.

9. Sua música vai melhorar - Vamos presumir que sua música seja boa. Agora divida as horas que gastou com essas músicas, tanto compondo quanto gravando. Você vai melhorar com o tempo: como compositor, produtor, arranjador, engenheiro e como artista. Mais canções, e canções melhores — bônus!

10. Você pode se alongar criativamente - Talvez você já tenha visto a sabedoria de distribuir mais música, mas você não é tão producente de novo material. Comprometer-se a lançar com data marcada pode te ajudar em outros aspectos —  como colaborações, covers canções temáticas, novos gêneros etc. Explorar esses novos caminhos pode levar a novas oportunidades de imprensa e de interação divertida com seus fãs.

 ————-

Bom, aí estão as 10 razões para lançar mais músicas neste ano — e espero que pelo CD Baby (se meu palpite contar). O CD Baby vai distribuir sua música para mais de 95 serviços de download e de streaming , mais de 15.000 lojas de disco ao redor do globo e te dar as ferramentas de que precisa para vender direto a seus fãs.

Quais são as outras razões para lançar músicas com mais frequência? Conte para a gente na seção de comentários, aqui embaixo

Ganhe Dinheiro Guide

2 Comentários

  1. buyederaldoasvozesdocoracao@hotmail.com'
    by Forrozao Chapeu de Ouro on março 19, 2014  09:43 Responder

    bom dimais

Comente

Seus email não será publicado.