Como NÃO se promover no Twitter

O Twitter nasceu para melhorar a comunicação? Nem sempre, às vezes é só spam mesmo. Aprenda como não irritar seus seguidores, e transformar possíveis fãs em blocks.

iStock_000019316621XSmall-300x218Aqui está algo para não fazer NUNCA no Twitter

Sou leitor ávido do site IndieHipHop.net, que é um lugar ótimo para fãs e artistas independentes de hip-hop conferirem as mais recentes músicas de rap underground.

Eles postaram uma matéria sobre uma das coisas que mais os irritam, e ela virou um hit aqui em casa.

É algo que eu vejo artistas fazendo o tempo todo, e ao mesmo tempo que consigo dar valor à ambição atrás dessa história, os artistas deveriam saber como isso fica nos olhos das pessoas que eles estão tentando encantar.

O Hip Hop Independente (literalmente) está ilustrado para mostrar do que eu estou falando : 

Twitter-artists-promotion-465x1024

É claro que procurar blogs e outros veículos é um jeito esforçado de promover sua música -e uma ótima ideia.Mas não é o caso aqui. Isso é só copiar, colar, twittar na esperança de que cole. E se a pessoa para quem você está mandando essas mensagens for de fato ver seu perfil (o que eles irão fazer, se pensarem em usar sua música), vão ver em dois segundos o que você está fazendo, te classificar como rei do spam no Twitter (um Twammer? Ou um Spitter?) e nunca mais te dar atenção.

Aqui vão outros motivos de porque esse método no Twitter é embaçado:

1. O Twitter é público e todo mundo vai ver o que você está fazendo. Mensagens de spam como essa por e-mail já são ruins, mas pelo menos o destinatário não pode ver o rastro de mensagens  idênticas  que você mandou para outras pessoas.

2. Sua mensagem de “Eu amo seu blog (de verdade)”  vai perder força, assim que seu destinatário ver que você mandou para uma galera. Vai ficar claro também que você está mentindo, porque você não pode amar tantos blogs.

3. Neste caso em particupar, o Hip Hop Independente presumiu que todos blogs escolhem as músicas que postam do mesmo jeito, e este NÃO é o método predileto deles. As regras para o envio de som estão escritas em cada blog (e também na maior parte dos sites de reputação), e se você não está os seguindo nem lendo, não tem porque ser levado em consideração.

Como eu disse, eu respeito a ideia de auto-promoção de músicos independentes, mas a execução dela foi preguiçosa, pouco inventiva e não vai chegar a lugar nenhuma, a não ser a irritar um veiculo que poderia ter te oferecido uma chance de divulgação real se você tivesse levado a sério e feito isso de uma maneira mais pessoal e profissional

O que você acha?  Há situações em que isso pode ser um método válido ou é sempre um ideia titica? Conte para a gente na seção de comentários, aqui embaixo, e certifique-se de baixar nosso guia grátis com os melhores jeitos de se divulgar no Twitter:

Twitter Guide

Comente

Seus email não será publicado.