Como lidar com rouquidão após o canto

Dar o sangue na hora da apresentação é o que há, mas se você não se cuidar as suas cordas vocais não vão aguentar o tranco. O SomosMúsica te dá as dicas de como identificar o problema da sua rouquidão e o que fazer para evitar o abuso das suas cordas vocais. Confere aqui!

Como lidar com rouquidão após o cantoPor Lorna Earnshaw

Talvez você esteja acostumado a ficar rouco após cantar. Na hora da música, apenas rola o sentimento, a emoção e a empolgação. A voz fica para fora e não dá para parar. Você canta a música até o final, ou até talvez várias músicas, e deixa-se levar pela emoção do momento. Mas uma vez que você termina de ensaiar ou de se apresentar, se dá conta de que a performance gerou um desgaste.

Você ficou com a voz cansada, rouca, ou um pouco soprosa. De fato, você sabe que alguma coisa deu errado. Você se desgastou e acabou de exercer um abuso vocal! Sim! As suas pregas vocais (coitadinhas!) foram abusadas!

Mas o pior de tudo é que você talvez esteja como eu disse antes, “acostumado(a)”. Isso é muito perigoso! Quer dizer que você vem exercendo esse abuso vocal repetidamente e que existe uma possibilidade de que se tenha criado uma lesão!

Confira aqui de que se trata a rouquidão e o que fazer para resolver esse problema.

Por que acontece a rouquidão?

Porque houve um mal-uso da sua voz. O seu aparelho fonador atuou de uma forma não saudável durante um tempo determinado. O abuso cria irritação e inflamação nas pregas vocais e, portanto, rouquidão.

Como evitar a rouquidão após cantar?

Para cantar, precisamos de um treino especial. Os músculos comprometidos na hora da fonação precisam estar fortalecidos e deve existir um treino de resistência física específico com exercícios de técnica vocal para o canto. Você não iria correr uma maratona sem ter se preparado para isso antes, certo? Bom, quando você exige da sua voz sem ter uma preparação vocal prévia, é como se tivesse corrido uma maratona sem ter corrido periodicamente antes do evento.

Você pratica periodicamente canto. Mesmo assim, fica rouco após os shows. Por que?

Talvez você precise corrigir a forma na qual você está cantando. Quer dizer que talvez precise ajustar a sua técnica vocal para cantar de uma forma que gere menos desgaste. Se você estiver fazendo força enquanto estiver cantando, tem algo errado! E alguma coisa precisa ser mudada. Às vezes, repetir uma música sem corrigir os problemas de técnica vocal antes pode ser prejudicial, pois isto apenas fixa erros e vícios que depois são ainda mais difíceis de resolver.

Por que você fica com pigarro durante ou após o show?

Porque quando existe um mal-uso da voz, o corpo tenta proteger-se e, como uma forma de amenizar o estrago, cria pigarro para lubrificar as pregas vocais. Preste atenção! O seu corpo está lhe avisando que precisa modificar a sua técnica vocal.

O que acontece se você é um cantor de rock? Você precisa ter uma performance com “pegada”. Não é normal ficar um pouco rouquinho após cantar?

Através da minha experiência como preparadora vocal e cantora (especialmente em Los Angeles, Estados Unidos, onde tem excelentes cantores de rock) comprovei que os vocalistas de rock profissionais têm uma excelente técnica vocal. Portanto, eles cantam durante horas e executam notas agudas com potência e com efeitos tais como o “drive” sem gerar desgaste. Todos eles cuidam da sua voz e dominam a técnica vocal. Caso contrário, eles não conseguiriam cumprir com extensas agendas de turnês!

O que fazer para não ficar rouco após cantar?

Você precisa praticar técnica vocal! Existem exercícios de canto que vão ensinar ao seu corpo como cantar melhor com menos esforço e com saúde. A repetição desses exercícios de 3 a 6 vezes por semana vai melhorar o seu fôlego, os seus agudos e a sua resistência como um todo. No entanto, se você sente dor ou se a sua rouquidão é permanente talvez já tenha criado uma lesão.

Como saber se você tem uma lesão nas pregas vocais e se esse é o motivo pelo qual você está ou fica rouco(a)?

Você deve consultar um otorrinolaringologista e fazer um exame chamado videolaringoscopia. Durante esse exame o médico poderá observar se existe uma lesão (fenda vocal, nódulos ou calos). Caso exista uma lesão, ele irá recomendar um tratamento com uma fonoaudióloga ou, em casos extremos, cirurgia. Em todos os casos e uma vez obtida a alta médica, você deverá estudar técnica vocal (aulas de canto) para evitar a repetição do problema. Caso não exista lesão, quer dizer que por sorte deu a tempo! Corra lá e comece a praticar técnica vocal com um profissional capacitado!


Como lidar com rouquidão após o cantoLorna Earnshaw é cantora, compositora e professora de canto há 13 anos. Ela ensina técnica vocal no Certificate Program da Cornel School of Contemporary Music, na Universidade Shepherd de Los Angeles, Estados Unidos, e já ajudou a cantar melhor a mais de 45.000 pessoas na Internet.

Se ainda você não se inscreveu num dos cursos de canto dela, comece por aqui e baixe grátis ‘COMO CANTAR MELHOR: OS 8 ERROS QUE O IMPEDEM DE CANTAR NOTAS AGUDAS E COMO CORRIGI-LOS”.


Ganhe Dinheiro Guide

5 Comentários

    • by Paula Humphries on novembro 2, 2016  18:16 Responder

      Visite o site da Lorna para obter mais informações, José! http://www.lornavocalcoach.com/

  1. mdf2013.poesia@gmail.com'
    by Eduardo Alex Barros de Brito on dezembro 2, 2016  18:18 Responder

    Quero saber se essas técnicas também servem para quem canta rap, quando por exemplo eu canto mais de 4 músicas já começo á ficar rouco

    • by Paula Humphries on dezembro 15, 2016  22:09 Responder

      Serve sim, Eduardo! Dê uma olhadinha em outros materiais que a Lorna dispõe no site dela para ver mais dicas que possam ser úteis pra você. http://www.lornavocalcoach.com/

      Valeu!

Comente

Seus email não será publicado.