Como fazer a arte do seu álbum se conectar com os ouvintes na era da música digital

Não se ouve mais um disco pela capa, em tempos de internet? MENTIRA: hoje, mais do que nunca, é importante que você pense na arte do seu disco. O SomosMúsica analisa as novidades de capas de CD na era da internet

shutterstock_151961636-300x225Por Chris Robley

Um álbum é um capítulo na sua vida criativa. Você coloca nele muito tempo, pensamento, dinheiro e energia quando o grava, remixa e remasteriza — e agora chegou a hora de empacotar essa música (seja no formato de LP, CD, download, streaming etc.) e a entregar ao mundo.

Mas aqui mora o problema: a maioria dos artistas independentes só conseguem pagar UM pacote de designs para o seu álbum e para a capa. Para a maioria dos ouvintes, uma imagem quadrada será para sempre a representação do conjunto de músicas que compõem seu álbum. Então você tem de comunicar muito nessa arte.

Isso dito, as coisas que você precisa comunicar (e como você vai comunicá-las através do design) estão constantemente mudando. O desenho de arte de capa é um animal bem diferente na era digital ndo que quando as capas vinham em enormes embalagens de LP. Para te ajudar a criar um álbum que estabeleça uma conexão com seu público, aqui vão…

10 coisas para se ter em mente na hora de fazer o design da embalagem do seu próximo álbum

1. Não imprima as letras a não ser que tenha espaço o suficiente

Você está pensando em entulhar as letras de 12 músicas em um folheto de quatro páginas? Onde você colocará todos os créditos, informações de direitos autorais e agradecimentos a quem te ajudou com o crowdfunding? Quem vai conseguir ler essa fontezinha tão pequena? Pôr as letras na embalagem é ótimo — SE você conseguir ler! Então, se um livreto com seis páginas duplas ou um encarte grande de disco não são suas opções, use a internet como uma maneira de expandir seu álbum e de evitar poluição. Coloque as letras num site que tenha o design com elementos iguais aos do CD. Daí coloque a URL do site no livreto do CD.

2. Não coloque URLs de redes sociais (ou, se colocar, A RESPONSABILIDADE É SUA)

Lembra quando todo mundo colocava o seu endereço de MySpace na arte do álbum? Isso é tããão 2005! Redes sociais vêm e vão. Até o Facebook pode ser velharia um dia. Então pense em NÃO colocar as URLs das suas redes sociais no encarte do seu CD. Isso vai te datar. Em vez disso, você DEVERIA colocar o link para o seu site na arte do CD. Isso nunca sairá de moda. Seu site é eterno.

3. Pense na sua capa de CD como um thumbnail

A maioria das pessoas que cruzarem com o seu CD o farão ONLINE. Eles verão uma versão diminuída da capa em plataformas digitais de música, como iTunes, Spotify e Amazon, ou em sites e blogs de resenhas musicais. É muito provável que ele apareça como um pequeno thumbnail. Antes de se decidir por qual vai ser a capa do seu CD, faça ela em versão encolhida. Ainda chama a atenção? Se sim, você é um vencedor. Se não, tente uma nova versão.

4. Você pode NÃO precisar pôr seu nome artístico na capa do CD

Já que a maioria das pessoas vai ver seu álbum online (onde ficam lojas virtuais, blogs e sites de resenhas que mostram o nome do artista ao lado da capa), é menos importante ter seu nome ou da sua banda em letras negritadas na capa — ainda que essa tática tenha funcionado muito bem para os The Black Keys. Na verdade, você pode dispensar o nome de vez, já que o plástico ao redor do seu CD/vinil vem com um adesivo que TEM o seu nome. Você pode deixar que a internet (e o adesivo do pacote) façam a mágica de passar sua identidade, usar o espaço do disco para ter um melhor design.

5. Um download digital é ESSENCIAL junto com o vinil

Os fãs de vinil passaram a esperar que você dê um download digital grátis com cada compra de disco. Se você é o artista, por que não incluir uma cortesia de download? A pessoa já comprou a sua música… e em VINIL, que geralmente é mais caro que CD. Então seja bacana e imprima cartões de download para colocar dentro da embalagem do disco.

6. Faça seus fãs interagirem com você ONLINE

Colocar o endereço do seu site no encarte do CD é uma boa (e você deveria fazer isso, é claro), mas se você oferecer uma coisa a mais, pode aumentar as chances de alguém que comprou seu disco vá conferir seu site online. Escreva que quem visitar seu site vai ganhar um download exclusivo, um PDF da arte etc. — em troca de cadastrar seu endereço de email.

7. Capas com rostos chamam mais atenção

Nós não temos dados para apoiar essa teoria (ainda que seja um tema bom para ser estudado), mas muito de nós aqui no CD Baby vemos centenas de novos álbuns por dia, e parece que capas em que figuram humanos chamam mais atenção do que aquelas com …. qualquer outra coisa. Talvez seja apenas aquele sentimento de conexão pessoal que vem ao olhar alguém no olho, ou talvez seja por conseguir entender um pouco do artista: a moda, postura o cenário em que a foto foi feita etc. Mas algo nessas capas (quando bem-feitas) parece abrir uma conexão maior.

8. Se você NÃO vai usar um rosto humano, faça uma capa original e impactante

O design do seu álbum não tem que só ser cool. Tem de passar algo sobre seu estilo musical e sobre suas crenças pessoais. Um ótimo exemplo de álbum que foge às regras e passa uma mensagem com sua arte é o Syro, do Aphex Twin, que tem como capa uma lista com todos os gastos no marketing do disco (custo de instrumentos, shows promocionais, promoções etc.).

9. O minimalismo está na moda

Essa provavelmente está ligada aos números 3 e 4 ali em cima, mas quanto mais afiada a imagem, mais ela chama atenção. Talvez o espírito moderno seja: “as coisas são encolhidas, então têm de permanecer simples.” Afinal, seria bem difícil descobrir todos os detalhes da capa do Sgt. Pepper se o disco dos Beatles fosse reduzido a um thumbnail. Uma matéria do New York Times de alguns anos atrás fala sobre esse fenômeno minimalista nos CDs

10. Imprima seu nome e o do CD bem claros na lombada

Imagine que seu CD está dando sopa na prateleira de uma estação de rádio. Você seria capaz de achar seu disco em meio a tantos outros? Muitos DJs ainda preferem usar CDs,e eles precisam ser capazes de tirar o seu da estante rapidinho. É por essa razão que muita estações de rádio nem aceitam receber CDs em embalagens do tipo envelope. Então, se você leva a sério ser tocado no rádio, deveria colocar seu CD numa caixinha de plástico, e depois imprimir seu nome bem grande e legível na lateral.

—-

Como me lembrou meu amigo Brad, quem nunca ligou para a arte do disco liga menos ainda hoje em dia. Mas para os aficionados em arte de disco, as pessoas que sempre consideraram o design como parte do apelo do álbum, esses passaram a se importar ainda mais. Agora que ter uma arte profissional é barato e acessível, é um ótimo momento para pirar com o design e embalagem. Como muita gente considera a arte de CD uma preocupação morta (ou morrendo), se você conseguir chamar a atenção com a sua, tem muito a ganhar.

Ganhe Dinheiro Guide

 

 

Comente

Seus email não será publicado.