Como escrever um press release (e ganhar a imprensa)

Quer ver seu rosto nas resenhas da Rolling Stone? Pois comece a falar hoje mesmo com o Diário de Jarinu. O SomosMúsica bolou um guia para você começar a falar com a imprensa (e aparecer nela), até chegar às capas de revista.

pressrelease[Este post foi escrito por Ari Herstand e originalmente apareceu em seu blog, Ari’s Take.]

Eu recebo muitas perguntas sobre a imprensa. É claro que todo mundo quer ter uma resenha do seu álbum com 5 estrelas na Rolling Stone ou uma nota 8.7 no Pitchfork, mas você tem de ser realista com seus objetivos na imprensa.

Se você nunca foi tema de cobertura, há poucas chances de ser resenhado num blog famoso ou por uma revista com distribuição nacional. Suas maiores chances de obter cobertura da imprensa estão nos jornais locais, e revistas e blogs de cidades em que você for tocar.

A diferença entre a redação da editoria de música da Rolling Stone e os profissionais (na verdade um profissional) que escreve para a Gazeta de Jarinu é que um deles tem dezenas de milhares de CDs esperando para ser ouvidos e resenhados e o outro está constantemente precisando de material.Você consegue adivinhar qual é qual?

É por isso, se eu posso ousar dizer, que é fácil de conseguir cobertura da imprensa quando você está em turnê – porque especialmente os jornais diários locais estão sempre atrás de novidades. Até blogs com recortes locais de tema também têm alguma carência de assunto. A Rolling Stone, o Pitchfork e sua turminha são inundados com muito mais música do que conseguem cobrir.

Há maneiras diferentes de entrar em contato com mídias locais, nacionais, impressas e digitais. Você deve sempre ter essa pergunta na mente na hora de entrar em contato com um deles: “O que eu posso fazer por eles? Por que minha história merece cobertura?”

Às vezes, só ser uma banda de fora tocando numa casa de shows bacana da cidade deles já basta para conseguir alguns parágrafos.Outras vezes, você vai precisar de uma história interessante que te distingua de todas as outras bandas que tocarão na mesma noite que você.

É óbvio que, se você nunca saiu na imprensa, talvez valha a pena marcar alguns shows em casas de prestígio de pequenas cidades e entrar em contato com os jornais locais. É provável que ser uma banda de fora tocando na cidade deles já baste para que você vire notícia, talvez até acompanhada por uma foto.

Guarde todas as resenhas que fizerem do seu trabalho no começo. Coloque as melhores no seu site. Se um veículo maior quiser escrever sobre sua música, vai fazer bem que eles saibam que você está numa banda em ascenção, que já está recebendo cobertura.

Não espere resenhas de álbum

Elas são chatas de ler para a maior parte do público. Pouquíssimas publicações ainda as fazem. Sim, eu sei que você queria que todas as revistas falassem de como seu novo álbum vai definir uma geração, mas o jornal local está tentando trazer a matéria mais interessante para seus leitores. E, neste momento, ela é que você vai fazer um ótimo show na cidade deles. Algumas notas sobre seu novo álbum podem ser incluídas no seu press release –  ainda mais se você estiver apresentando ele em turnê – mas não precisa ser mais do que algumas frases.

O Press Release

A beleza da era digital é que a maioria das publicações não querem mais press kits físicos. Alguns editores de música (principalmente os mais velhos) vão pedir que você mande seu CD por correio, mas muitos outros já se dão por contentes com um link do BandCamp. Independentemente de como eles forem ouvir sua música, todos vão querer um press release.

Um press release é um texto de uma página, objetivo explicando o quem/que/onde/por que/e/quando do seu evento.

Contatos

Deixe bem claro com quem se deve entrar em contato, em caso de interesse.Relações públicas vão fazer releases com seu cabeçário, incluindo e-mail e telefone. Você tem de colocar um e-mail de contato no começo e no fim do release

O Título

Todo press release deveria ter um título. Coloque o título como assunto do primeiro email que manda para os jornalista. Os títulos devem ser diretos, mas chamativos o suficiente para o leitor abrir o email e ler. “Banda em Turnê Tocará em Birmingham” é chato. “Red Pills Levam seu Show de Rock e Pirotecnia a Birmingham” é melhor. “Essa Banda Bota Fogo em Tudo…No Palco” será com certeza lido.

Relações públicas das antigas podem discordar dessa técnica sensacionalista de titular, mas estamos numa nova era da imprensa. Sites como Upworthy e Buzzfeed são reis da “click baiting” (isca para cliques) e estão ganhando mais acessos que quase todas as mídias tradicionais.

Republicando Palavra por Palavra

Muitas vezes, um veículo vai copiar e colar seu release, publicando ele palavra por palavra. Então faça ele ser claro e atrante. Eu diria que 20% da minha cobertura (impressa e online) foi a reprodução fiel do meu press release. Ele muitas vezes será colocado na agenda do site ou revista, ou em seções como “O que vem por aí” ou “O que fazer neste fim de semana”. É recorrente que o redator não tenha o tempo de que necessita para encher as páginas.Então seu release é republicado. Se seu título for demais, as pessoas vão clicar na seção “O que fazer neste fim de semana” e ler seu release.

Ele DEVE ser um evento

Não há motivo para mandar um press release avisando que faz 3 meses que seu álbum foi lançado. Ah, mas, por que não fazer uma resenha? Não. O único jeito de conseguir cobertura da imprensa é vender um evento. Um show. Um lançamento. O nascimento de um bebê (se você for uma celebridade). Um evento de caridade. O lançamento de um videoclipe. Algo noticioso.

Primeiro Parágrafo

Quem, o que, por que, quando, quanto. Os fatos. Isso precisa vir primeiro porque o redator (ou o leitor) possa achar as informações e saber exatamente o que é o evento.

Segundo Parágrafo

É aqui que você lista a história da sua banda, a trajetória musical e os factóides. O que faz sua banda ser única? Só coloque as informações mais interessantes. Coisa de uma ou duas frases. Coloque seus feitos mais impressionantes: com quem você fez turnê, para quem abriu shows, programas de TV ou filmes que usam sua música, frases de celebridades sobre sua banda, prêmios ou concursos que tenha ganho festivais em que tocou. Cuidado para não parecer muito prepotente. Se você mandar esse release, o destinatário saberá que foi você que escreveu. Mantenha a objetividade (alguma).

Você pode usar adjetivos, mas não superlativos.

Terceiro Parágrafo

Informações sobre o evento. Por que eles deveriam cobrir esse evento? O que faz desse evento especial?  Se esse release é sobre a turnê como um todo, você pode dar detalhes do seu rolê (turnê de 50 cidades pelo país que faz shows para hospitais infantis em 20 dessas cidades).

As últimas frases

Outras informações interessantes. Esse é seu último esforço para mostrar para o redator por que ele deveria cobrir seu evento ou banda e ao leitor por que ele deveria ir ao seu show, ver seu videoclipe ou ouvir seu álbum.

Essas regras são meio soltas, mas essa é a ordem. E lembre-se: nunca deve ser maior do que uma página. Se o redator precisar de mais informação, vai pedir.

Nunca coloque em anexo no e-mail

Quando você escrever a um crítico ou redator, deve colocar acima do título do release, no corpo do e-mail, um parágrafo personalizado de apresentação, um link do seu álbum no BandCamp ou SoundCloud um vídeo de YouTube, o endereço da sua página de Facebook e seu site, além de explicar que colocou o release e fotos abaixo.

Pode ser algo do tipo:

Oi, João, a banda  Red Pills, de Santos, vai passar por Jarinu em 3 de Outubro, numa das 50 paradas da turnê que estamos fazendo pelo país.  Nossa nova música “Chamada a Cobrar” apareceu na Malhação na semana passada. Se quiser armar uma entrevista com a banda para publicar na Gazeta de Jarinu, é só me avisar. Eu coloquei neste e-mail um link para nosso álbum, um link para nosso novo videoclipe e o press release está aqui embaixo. E, caso goste, posso te mandar nosso CD ou disco de vinil, para que ouça melhor.

Obrigado!

Novo Álbum: http://linkpara0bandcamp.com

Videoclipe: http://linkparavideodeyoutube.com

Facebook: http://linkparaofacebook.com

Site: http://linkparaositedabanda.com

Fotos de Divulgação: http://Link-para-Fotos-promocionais-de-alta-resolução.com

-Zé das Couves (empresário e guitarrista dos Red Pills)

**Logo depois desse texto deve estar o press release. NÃO ANEXE ELE NO E-MAIL. Não precisa entulhar a caixa de entrada do jornalista nem obrigá-lo a baixar o arquivo. Nem um release, nem uma foto nem uma música. Se eles quiserem um arquivo de Word ou uma foto, eles vão responder seu e-mail pedindo para que você mande anexado. Mas a maioria deles quer tudo no corpo do e-mail e só querem copiar e colar. Fazer download é lento, ocupa espaço no seu computador e demanda tempo.

Não Responder Não Significa Não Publicar

Não posso contar nos desdos quantas vezes eu entrei em contato com a imprensa, com e-mails nesse modelo, e nunca recebi uma resposta, MAS eles publicaram uma notícia sobre meu show no papel ou no blog ou apenas copiaram e colaram meu release.

Sempre confira as edições online e de papel desses veículos quando tiver a oportunidade. Às vezes, a edição impressa tem uma agenda de shows que a online não tem – e vice-versa.

“Para Divulgação Imediata”

Você vê essa frase em muitos press releases de empresas, anunciando coisas como um novo modelo de iPhone. Entretanto, se você estiver divulgando um show seu que acontecerá daqui a semanas, você não quer que eles publiquem sobre seu show com um mês de antecedência. Então coloque no topo do e-mail quando você quer que a informação seja publicada:

“Para divulgação na semana do dia 2 de Outubro.”

Questão de Tempo

Comece a entrar em contato com a imprensa local umas quatro semanas antes do seu show. Muitas vezes, os setoristas de música terão material adiantado para as edições de algumas semanas, mas às vezes estão desesperados por conteúdo para esta semana. Às vezes (dependendo de quão organizados eles são) eles vão pedir que você dê um toque alguns dias antes de a matéria ir para a grafica (ou o post ir para o blog). Se você se adiantar demais (dois meses), eles vão ignorar sua mensagem, porque ainda não estão com pressão para quela data, mas se você mandar tarde demais (menos de uma semana antes) você pode ter perdido a hora, porque a edição já estará pronta. Se o redator só escrever sobre CDs físicos (alguns deles ainda só fazem isso), você precisa ter tempo suficiente para por no correio.

Se você não receber uma resposta, faça um “follow up” uma semana depois. Liguei e pergunte o que o redator achou. Ao mandar o material com quatro semanas de antecedência, você se dá tempo para “follow up”. Ao mandar com só uma semana de antecedência, não.

Pesquisa de Publicações

Antes de entrar em contato com o redator, faça uma pesquisa sobre a revista. Certifique-se que eles cobrem artes e entretenimento. Descubra com que frequência (semanalmente, diariamente, mensalmente). E, é claro, mande o endereço para o seu site, sua música e um release.

Não tenha medo do telefone

Se você não consegue achar um e-mail no site, é mais provável que eles tenham um número de telefone marcado ali. Pegue o maldito telefone, ligue lá e pergunte para quem mandar o e-mail. É provável que você fale com a secretária. Daí, tudo o que você precisa fazer é falar “Oi, eu queria o email do Zé das Couves.” Sim, saiba o nome do redator de música antes de ligar. Não é difícil de descobrir. A secretária terá essa informação e pode te passar na boa.E, se você não recebeu uma resposta do redator, ligue, pergunte se ele recebeu seu release e se precisa de mais alguma coisa. Às vezes, só é preciso uma ligação para tirar seu e-mail da pilha de não lidos

Biografia do autor: Ari Herstand é um cantor e compositor que mora em Los Angeles e criou o blog de conselhos para músicos Ari’s Take. Siga ele no Twitter: @aristake.

 

3 Comentários

  1. alexedu20@yahoo.com.br'
    by Alex Eduardo on março 24, 2015  03:37 Responder

    BandCamp só se for nos EUA aqui no Brasil o CD físico ainda conta muito, ou o Spotify e Deezer podem substituir o CD.

  2. lafdkfjadl@ldksfjlfgsj.com'
    by JD on setembro 3, 2015  13:38 Responder

    Este texto é uma mera tradução deste artigo original.

    http://diymusician.cdbaby.com/musician-tips/write-press-release-get-press/

    Seria mais honesto da vossa parte pelo menos citarem a fonte.

    • by Marcos Chomen on setembro 4, 2015  13:51 Responder

      Sim, é uma tradução pois o blog Somosmusica e o DIYMusician são da CD Baby. Temos os blogs como suporte ao artista independente. A mesma equipe gera contéudo para o site internacional e nacional. Seria mais honesto da sua parte consultar antes de acusar. Obrigado!

Comente

Seus email não será publicado.