Como a DEMONETIZAÇÃO pode afetar sua renda no YouTube

O demo ajudou muitos artistas (inclusive um que come morcego no palco), mas a demo pode estar te atrapalhando. É a DEMONETIZAÇÃO dos seus vídeos no YouTube, que podem estar parando de render. Vem entender e se vacinar aqui

Como a DEMONETIZAÇÃO pode afetar sua renda no YouTubePor   Chris Robley

O titulo deste post te deixou com medo de ser possuído pelo demônio? Bom, o capeta ATÉ PODE ser o responsável pela falta de grana de alguns  artistas, mas neste post eu vou escrever sobre como mudanças nas políticas de monetização do YouTube mudaram a maneira como conteúdo vira dinheiro;

A versão mais curta da história toda

Começou no Reino Unido, quando veículos da imprensa começaram a recusar anúncios do YouTube, depois de descobrir que seus  anúncios estavam conduzindo para vídeos com conteúdo racista ou mensagens terroristas.

Daí anunciantes do mundo todo (inclusive AT&T, Verizon, Walmart e Pepsi, nos EUA) se distanciaram do sistema de anúncios do YouTube, a não ser quando anunciavam para um público segmentado. Alguns analistas previram que esse boicote de anúncios vai custar US$750 milhões ao YouTube.

Então… o YouTube respondeu ao problema dando novas garantias aos anunciantes: eles não iam mais permitir que canais com menos de 10.000 views no total se juntassem ao programa de parceiros.

Eles também fizeram mudanças ao “Restricted Mode”, ou modo restrito, uma ferramenta que com seus filtros permite que conteúdo para adultos, ou de temas sensíveis (veja as diretrizes do YouTube AQUI), na esperança de desmonetizar qualquer vídeo que os anunciantes achassem impróprios para a sua marca.

Na tentativa do YouTube de só aceitar para monetização vídeos que não fossem gerar problemas com os anunciantes, muitos vídeos acabaram demonetizados, sendo que não havia motivo para isso. Para resolver esse problema rápido, o YouTube fez uma mudança que acelera o processo de revisão de casos, para donos de canais que se sentiram injustiçados por seus vídeos terem sido classificados como “não amigáveis a anunciantes”

2017 até agora foi um ano cheio de acontecimentos para o YouTube, criadores e anunciantes. O que isso significa para você?

Bom, muitos anunciantes ainda têm muito medo e estão esperando o YouTube cumprir todos esses compromissos entre monetização e liberdade de expressão, antes de sacar do bolso suas carteiras. Enquanto isso, menos dinheiro é gasto com publicidade no YouTube, o que significa menos anúncios sendo distribuídos, o que PODE significar que o conteúdo do YouTube vai passar a gerar menos renda.

Você pode esperar pacientemente até os anunciantes voltarem ao  YouTube em massa, ou pode fazer algo mais proativo:

  1. Se você ainda não tem 10.000 views no total do seu canal, somando todos os vídeos, divulgue o seu canal e seus vídeos para chegar nessa marca e poder, a partir daí, monetizar seu conteúdo de vídeo.
  2. Certifique-se que todos os seus vídeos estão otimizados para serem achados em busca e ter mais engajamento.
  3. Candidate-se a fazer parte da Illustrated Sound, a rede de YouTube criada pela CD Baby.

Com a Illustrated Sound, nossa equipe vai auditar todo o seu conteúdo de YouTube com frequência (conferindo os nomes dos vídeos, tags, descrições etc.) para ter certeza que ele está otimizado não só para ser encontrado em buscas e conseguir mais engajamento, mas também para gerar o máximo de renda o possível. Se você for um membro da  Illustrated Sound Network, o efeito da desmonetização do YouTube pode ser bem minimizado.

Inscreva-se para fazer parte da Illustrated Sound hoje mesmo!

Ganhe Dinheiro Guide

 

Comente

Seus email não será publicado.