Como achar o relações-públicas certo para sua banda

Pode parecer fácil lidar com a imprensa, como pode parecer fácil compor um clássico como “Your Song”. Mas nenhum dos dois é fichinha: conheça no blog SomosMúsica a importância do relações-públicas e como achar o certo para você

sala4Por Chris Robley
Como em muitos campos do mercado da música, um bom relações-públicas depende de trabalho de time e comunicação eficiente. Há muitos RPs de música por aí (e muitos outros que não são tão bons) que trabalham para lançamentos de artistas independentes, mas isso não significa que qualquer um deles sirva. Você precisa achar aquele que se encaixa nos seus objetivos, no seu orçamento, seu tipo de música e mais.

Aqui vai uma lista de coisas a se levar em conta quando for procurar um RP para o lançamento da sua nova música ou álbum

1. Orçamento — Você pode pagar a eles a quantia que pedem? Mesmo que você só contrate um RP por 3 meses, é provável que isso te custe milhares de reais, então pense nas finanças da sua banda antes. E depois ache um RP que se encaixe na sua carteira

2. Histórico de sucesso — Eles foram bem-sucedidos fazendo RP para outros artistas? Em que revistas, jornais e blogs eles conseguiram encaixar outros músicos? Você quer contratar alguém que já tenha estabelecido relacionamentos sólidos com repórteres, editores e produtores da imprensa de música.

3. Especialização no gênero musical — Só porque um RP tem uma rede de contatos, isso não significa que ele terá os contatos certos para a sua música. Um RP de jazz não deve ser a pessoa que você vai querer contratar para divulgar seu projeto de folk-rock. Só porque o publicista conseguiu colocar seu cliente na capa de uma revista de Metal não significa que vai te pôr num blog de hip-hop.

4. Indicações — Você ouviu coisas boas desse RP de outras bandas que o conhecem? Isso é um bom indicativo da qualidade do trabalho, especialmente porque esses outros músicos pagaram bom dinheiro a essa pessoa; eles precisam ter visto o trabalho desse profissional de verdade para sair por aí falando que o trabalho desse RP valeu o que ele cobra.

5. Comunicação clara — Eles são objetivos com informações sobre quanto cobram, o que defendem etc? Se eles usam jargões do mercado ou gírias de círculos sociais, estão deixando sua mensagem clara? Agora não é a hora para mistério.

6. Paixão pela sua música — Você não quer ser só o cliente. Você quer que ele seja um fã da sua música, ou pelo menos acreditar que você tem o talento para transformar milhares ou milhões de pessoas em seus fãs. Essa crença e entusiasmo brilharão nos olhos do seu RP quando ele for falar com a imprensa;

7. Eficiência — Quando você aborda um RP pela primeira vez para falar sobre um trabalho em conjunto, ele ou ela são rápidos em dar resposta? Se você escreve um e-mail com três perguntas, ele responde a cada uma delas completamente? Essa atenção ao detalhe e competência serão a chave para quando os dois estiverem superocupados no meio de uma campanha de RP.

8. Estabelecer expectativas — O seu RP vai trabalhar para você durante toda sua vida ou só por um álbum? Só pelos três meses perto do lançamento? Eles que vão cuidar da imprensa durante a turnê? É uma campanha local, regional, nacional ou internacional? Com quanta rapidez você precisa responder ao seu RP quando ele tem um pedido de entrevista? Estabelecer as expectativas funciona para os dois lados: vocês DOIS precisam saber o que o outro quer e o que estão dispostos a dar.

9. O tamanho da lista de clientes atuais do seu RP — Espero que ele esteja trabalhando com algumas outras bandas no momento. Você quer ter certeza de que ele está empregado, é claro, já que isso é outro sinal de eficiência como RP. Entretanto, é provável que você não queira trabalhar com um profissional que está em meio a outras 25 campanhas no momento. Eles estarão muito ocupados para dar à sua música a atenção que ela merece.

10. Que vocês estejam “na mesma página” — Vocês não precisam torcer para o mesmo time de futebol nem ter lido os mesmos livros, mas você se identifica com ele como ser humano, além da questão de música e de RP? Isso é um ponto positivo.

—–

Você está procurando por um RP para seu próximo lançamento ou turnê? Caso esteja, veja esse diretório de RPs profissionais nos EUA.

Você já teve um RP? Como o encontrou? Como decidiu trabalhar com ele? Como era o trabalho dele? Conte para a gente na seção de comentários, aqui embaixo.

Ganhe Dinheiro Guide

 

7 Comentários

  1. gaitalex@hotmail.com'
    by Alex on dezembro 15, 2014  12:44 Responder

    Quem sabe vocês disponibilizam um "diretório de RPs" do BRASIL?
    Seria legal, né?

    • by Marcos Chomen on dezembro 15, 2014  20:33 Responder

      Muito boa idéia. Anotada e na nossa lista de todo's! Valeu Alex!

  2. eliezerlg3@hotmail.com'
    by Eliezer Rodrigues on janeiro 25, 2016  13:47 Responder

    Voces ja disponibilizaram a lista de RPs do Brasil caso? nao fico no aguardo.

    • by Marcos Chomen on janeiro 26, 2016  15:11 Responder

      Oi Eliezer, infelizmente não temos esta lista de RPs no Brasil, acreditamos que ninguém tem. Vamos tentar montar essa lista então e toda ajuda é benvinda! Abs.

  3. giselevmoro@gmail.com'
    by Gisele Moro on abril 1, 2016  01:19 Responder

    Entrem em contato com o RP Bahia ou com o Conrerp ;)

  4. Juelsonxavierjb@gmail.com'
    by Juel on maio 13, 2016  00:56 Responder

    1. O que significa RP e o que ele faz??
    2. Como funciona o seu contrato com o musico?

    • by Marcos Chomen on julho 12, 2016  13:56 Responder

      RP é relações públicas. Como a matéria diz ele leva o trabalho da banda para os meios de comunicação, casas de show, bares e pessoas influentes no meio.

Comente

Seus email não será publicado.