5 estratégias de formiguinha para criar um hype nas redes sociais

Pare de tentar conseguir um viral e se ligue nas dicas da Brooklyn Doran no SomosMúsica de como criar um hype valioso e real nas redes sociais.

como fazer marketing nas redes sociais[Este post foi escrito por Brooklyn Doran e apareceu primeiro no SonicBids Blog.]

Vamos admitir: todos nós sabemos das dificuldades. Muitas vezes passamos mais tempo tentando vender nossa música do que tocando. Se uma árvore cai no meio da flores, ela faz algum barulho? Se gritarmos no Twitter, alguém vai ouvir se não tivermos seguidores?

Nós vivemos na era do “Eu” em que bandas estão todas fazendo as mesmas coisas nas timelines. Então, como podemos lutar com o algoritmo do Facebook e criarmos uma hashtag que será vista?

1. Se una a artistas com a mesma cabeça

Que artistas são similares a você? De que outras bandas você gosta? Esteja certo de que os músicos e as bandas com quem você for trabalhar tenham um ideologia sobre música e o mundo parecida com a sua. Assim que você começar a trabalhar com alguém, você estará se associando com essa pessoa – e portanto, se ele ou ela entrar em alguma confusão, isso vai acabar atingindo você.

Colabore com pessoas com quem você já dividiu o palco, pessoas que comentaram nos seus links do SoundCloud, artistas que foram criticados junto de você nos blogs etc. Há tantas ferramentas na internet para colocar sua música no alcance de pessoas do mundo todo.

2. Não poste apenas – interaja!

Faça perguntas! Poste cenas dos bastidores! Retuíte! Reposte! Engajar-se diretamente com seus fãs em redes sociais faz com que eles voltem mais e confiram sua página de novo no futuro. Criar um diálogo baseado em fazer perguntas ou dando um oi para os seus maiores fãs faz com que as pessoas estejam mais ligadas em você e no seu trabalho.

3. Concursos*

Realizar concursos no Facebook, Instagram, ou Twitter é um jeito incrível de conseguir likes orgânicos. Eu sei que muitos de nós não têm grana o bastante para conseguir likes pagos no Facebook, e hoje em dia sem pagar para aumentar o alcance dos nossos posts parece que o nosso conteúdo não chega a ninguém. Se unir com outros artistas para um concurso, é um jeito ótimo de conseguir likes orgânicos, porque você está criando uma rede de fãs maior ao unir o alcance de vocês. Os fãs deles vão ver você e seus fãs irão ver eles.

Por exemplo, eu criei um conjunto de merchandising de um grupo de artistas diferentes que eu conheço e respeito. Ao trabalhar juntos e unir nossos recursos, meu prêmio se tornou muito mais valioso, e por estarmos unidos engajamos muito mais fãs. No dia 10 de Dezembro, eu lancei um concurso no Instagram convidando fãs a postarem fotos que são “inspiradas pela luz”. Fazer com que seus fãs interajam e usem sua criatividade é como eu espero conseguir mais pessoas envolvidas com meu trabalho nas redes sociais.

*Por favor, note que certos tipos de concursos podem ser ilegais no Brasil – certifique-se que você está sendo diligente e atuando em conformidade com a lei antes de iniciar qualquer promoção ou concurso no Facebook.

fazer marketing para sua música nas redes sociais4. Mostre um pouco de amor e seja patrocinado

Há várias pessoas e organizações por aí loucas para te dar uma mãozinha e mostrar sua ajuda. Eu tive uma web série e companhias de teatro dispostas a usar minha música, e cineastas e negócios locais patrocinando o meu trabalho. Eu estou de pé graças a generosidade das pessoas!

Se você está oferecendo algo especial ou único para um negócio, artista, cineasta, etc., eles estarão mais dispostos a te ajudar depois. O importante é criar uma parceria e não só pedir favores. O nome do jogo é ser uma pessoa legal e depois ver como as pessoas podem ser legais em troca. Eu sou uma amante de negócios locais, e porque eu comprei produtos deles no passado, e eles me conhecem, eles estão mais suscetíveis a doar produtos, o seu espaço, ou serviços para meus shows e vídeos porque eles se sentem confortáveis, sabendo que eu vou promover eles em troca.

Imagem por Brooklyn Doran

5. Atraia os não-músicos

Fazer shows em lugares não-tradicionais, como prédios de escritórios ou lojas, é um jeito bacana de organicamente encontrar pessoas que você não necessariamente iria encontrar no circuito tradicional da música ou em outros lugares que você vem tocando.

Dê desconto para quem trabalha com arte, professores, voluntários, bombeiros, artistas de graffiti, etc. e faça algo para que essas pessoas se sintam ótimas, e em troca, eles vão estar mais receptivos com seu som.

Escolha um tema interessante que case com a sua música e a personalidade da sua banda. Um grande amigo meu fez um show com o tema Twin Peaks e convidou o público a se vestir no estilo da série. A banda dele fez um tremendo sucesso porque foi capaz não só de atrair seus próprios fãs, mas também os fãs da série.

No fim, crie uma comunidade online para criar impacto com suas ações de formiguinha. Você vai se sentir bem porque está ajudando os outros e porque mais pessoas vão estar ouvindo a sua música. E não é esse o objetivo no final?

Brooklyn Doran é uma artista de folk, cantora e escritora de Kenora, Ontario que vive hoje em Toronto. Seu primeiro EP , There’s A Light On, foi lançado com sucesso em maio de 2014. Quando não está escrevendo ou se apresentando, Brooklyn trabalha em uma agência de marketing digital e faz consultoria financeira e de negócios para músicos e artistas na This is the Deal Inc.

Comente

Seus email não será publicado.