As 4 peças fundamentais para um bom press kit

Ajude a imprensa a te ajudar: a gente mostra como montar um press kit eficiente com 4 passos simples

Por Ariel Hyatt

Montando o seu press kit.

[Este post é um trecho do guia  The Ultimate Guide to Music Publicity (O Guia Definitivo Para Divulgação Musical, em inglês), de Ariel Hyatt, que pode ser baixado de graça AQUI.]

No mundo digital de hoje, um press kit completo deve ter uma página e ser composto por:

  1. A Biografia

Crie uma biografia de uma página  – que a gente chama nos EUA de signature story – que seja sucinta e intrigante. Você tem uma história de vida original, conte-a!

Eu recomendo fortemente que você contrate um escritor profissional. Se você não tem essa grana para gastar, recomendo que consiga esse favor de um fã ou de um amigo. Eu acho que pessoas boas de contar histórias acabam sendo ótimos escritores de biografias.

Tenha sua biografia em diversos formatos:

  • Longform (uma página)
  • Versão com de 150 a 200 palavras
  • Versão com 50 palavras
  • 5 a 7 tópicos de destaque
  • um tweet (até 140 caracteres)
  1. As Fotos

Marque uma sessão de fotos; se você eva esse negócio a sério, vai sair ganhando muito.

Faça fotos que sejam claras, bem tiradas e que prendam a atenção. Mostrar movimento é um ponto positivo a mais (fotos de gente sentada no sofá ou em pé numa parede de tijolos já foi feito). Se você tem um amigo que sabe usar Photoshop, peça ajuda dele na hora de fazer uma edição criativa.

Produza muitas fotos (com figurinos e locações diferentes) a cada sessão, já que as redes sociais pedem fotos novas com frequência.

  1. Frases & Resenhas

Conseguir que escrevam uma primeira matéria ou resenha sobre você pode ser uma coisa intimidante. Um bom lugar para começar pode ser no jornal da sua cidade (desde que você não more em Nova York ou Los Angeles).

Não se esqueça de pedir que os fãs façam resenhas no iTunes, na Amazon e na CD Baby, para você poder colocar no seu press kit!

  1. A Música

Você deve pensar bem em como vai apresentar sua música. O SoundCloud é a opção da maioria dos blogueiros, então tenha sua música lá, com artes profissionais e diferentes para cada produto (não use as mesmas imagens para singles e álbuns!)

Usar as tags certas também é vital para que os repórteres consigam achar sua música com facilidade. Bandcamp e NoiseTrade também são ótimos para os fãs, mas a imprensa prefere na maioria das vezes o SoundCloud.

10 Hacks Guide

Comente

Seus email não será publicado.