4 motivos para você lançar singles (e como fazer isso)

O povo tem pressa (e seu bolso também): o SomosMúsica explica por que lançar vários singles por ano é melhor do que um só álbum

4 motivos para você lançar singles (e como fazer isso)Como lançar um single e vender mais música mais frequentemente

Por Corey Koehler

O esquema é o seguinte: Durante os últimos 30 ou 40 anos, os músicos vêm lançando álbuns. O tempo entre um álbum e outro era de um ano, ou mais.

Muitos músicos ainda usem esse modelo para suas agendas de lançamento, e isso é um erro.

Hoje em dia, o ideal é você aprender como lançar um single — e fazê-lo com frequência. E aqui vai o porquê.

Por que Singles?

Alguns anos atrás, eu notei que fãs estavam começando a dar de ombros para os álbuns.

Isso me levou a fazer um experimento. Durante um ano inteiro, eu lancei um single por mês.

E eis o que eu descobri.

1. Você Permanece Relevante

Partindo do pressuposto de que você não é Deus, e por isso não consegue lançar um álbum por mês, e faz seus fãs esperarem de seis meses a um ano (ou mais) entre os lançamentos, o que é uma eternidade hoje em dia.

Especialmente quando há tanta coisa rolando por aí nas vidas dos fãs de música, as pessoas que você está tentando conquistar.

Ao lançar singles, você permanece relevante no mercado fonográfico, onde lançar músicas apenas 1 ou 2 vezes por ano é quase a mesma coisa que nem lançar.

2. Você Conquista Um Grupo de Fãs Mais Rapidamente

Quando você lança música, está essencialmente abrindo um canal de comunicação com seus fãs. Quanto maior a frequência dos lançamentos, mais rapidamente você será conhecido pelos seus fãs, e vice-versa.

Ao lançar singles, você cria um grupo de fãs. Um grupo de fãs que se acostuma com ter músicas novas suas com frequência. Eles começarão a ficar ansiosos por cada lançamento. E você sai ganhando.

3. Você mata a procrastinação

Ao lançar um single, você substitui a procrastinação por um senso de propósito, o dever de lançar música com alguma frequência.

Não dá para ficar enrolando por aí, pensando em por que sua carreira não vai para a frente quando se tem muito trabalho a fazer.

4. Você Recebe com Mais Frequência

Receba de 8 a 12 vezes por ano, em vez de uma ou duas vezes apenas.

Se você estiver disposto a investir o tempo e o esforço necessáriost, lançar singles será uma ótima estratégia. Mas como fazer isso?

Como Lançar Singles

Como eu já comentei anteriormente, eu lancei o máximo de singles que conseguia no curso de um ano (um por mês, em média).

O que descrevo a seguir é um sistema que criei para mim e que funcionou muito bem em algumas áreas, Ainda que ele possa ser melhorado, é claro.

Eu dividi o processo em três partes: Preparação, Distribuição e Amplificação. Eis…

Preparação

Geralmente, eu crio vídeos, créditos, letras, as artes que vão ilustrar o álbum e escrevo um post no meu blog de antemão, e os coloco todos na mesma pasta do computador, para que esteja tudo num só lugar quando eu começar a colocar a música em várias plataformas. Nada te faz perder mais tempo do que ter que procurar pelas coisas perdidas nesse momento.

Distribuição

É hora de fazer upload das músicas, dos vídeos e do que mais você quiser distribuir. Essa fase do processo deve ser sem trauma, já que você tinha preparado tudo na fase de preparação.

Eu uso Bandcamp para meus arquivos de música (como ponto de venda) e a CD Baby (para a distribuição da minha música para serviços como iTunes, Spotify, Amazon etc).

Para os meus vídeos, eu só uso o YouTube. Um tempo atrás, eu também colocava em outras plataformas, tipo o Vimeo, e usava um serviço de distribuição de vídeos chamado OneLoad. Mas isso consome mais tempo, e eu sou uma empresa de um homem só. Por ora, eu acho que o investimento centralizado no YouTube está valendo a pena. Isso depende de quanto tempo você tem para fazer essa distribuição e também do tipo de presença online que quer ter nessas outras plataformas.

[Comentário do editor: se você for membro da rede Illustrated Sound Network, você pode fazer upload do seu vídeo uma vez só e ver ele aparecer simultaneamente no Facebook & no YouTube.]

Quando seus canais de distribuição estiverem alimentados, é hora de publicar o post no seu blog, contando da novidade.

Amplificação

Agora que tudo está preparado, é hora de começar a contar a novidade para todo mundo, num processo que eu chamo de Amplificação (podia até ser uma palavra melhorzinha, mas acho essa tão musical, cê não acha?)…

Meu primeiro passo é entrar em contato com todo mundo do meu mailing de emails (se você não tiver um, está só ferrando sua carreira).

Depois eu vou dar minhas voltas no mundo das mídias sociais e fazer contato com qualquer blog, rádio ou produtor de podcast que eu já conheça, ou que já tenha mencionado minha música.

Mas Ainda Tem Mais

Isso é só a essência.

Tudo que listei aí em cima serve para te dar uma boa ideia de por que e como lançar um single.

Mas, se você é o tipo de músico que quer ir além, e cavar todas as oportunidades de chegar a mais ouvidos, conquistar novos fãs e vender o maior número de singles que puder, confira meu ebook grátis, em inglês, “Sell More Singles.”

Biografia do autor: Corey Koehler é um compositor independente de Minnesota (pode apostar). Ele compartilha tudo que aprende sobre música e marketing no seu blog http://musicgoat.com.

2 Comentários

  1. jurandirabelo2@gmail.com'
    by Jurandir Rabelo on março 25, 2016  14:49 Responder

    Paz esteja contigo meu irmão.
    Gostei muito da dica. Estou desenvolvendo um projeto aqui na Bahia, em Salvador melhor dizendo, que tem por objetivo essa implantação, ja que culturalmente estamos muito presos nas questões dos álbuns ( CD).
    Mas enfim, creio que chegará esse momento e a Gravadora Serafins já vem caminhando nessa direção. Vou ficar atento aos novos post.
    Abraço

    • by Marcos Chomen on março 29, 2016  20:04 Responder

      Jurandir, obrigado pelo contato. Você está utilizando o CD Baby para distribuir os albuns de sua gravadora? Abs.

Comente

Seus email não será publicado.