3 Dicas Fáceis de Como Fazer Marketing da sua Música

1, 2, 3… Testando: três idéias muito simples de como fazer marketing da sua música (e de você mesmo) e ganhar seguidores. É rápido, é indolor e é útil!

o-MARNIE-DESI-570Como fazer marketing da sua música de um jeito pessoal

[Este post foi escrito pelo colaborador Anthony Ceseri.]

Se você quer chegar a algum lugar na carreira de compositor ou artista, é essencial saber como fazer marketing de si mesmo e de sua música. A questão é: de vez em quando um compositor vai ter uma “oportunidade de sorte” com sua música e consegue ter fama e fortuna sem muito esforço. Quando isso acontece, todos os compositores da terra acham que vai ser assim para eles também. É preciso ter sorte, e só isso. Afinal, todo mundo quer a solução mais curta, um atalhinho, não?

Entretanto, se você leva a sério a missão de ser bem-sucedido com a sua música, essa não é uma boa estratégia. Eu quero te dar três toques importantes de como você terá mais chances de atingir suas metas de composição musical, baseadas em como fazer marketing da sua música e de si mesmo como músico.

1. Fale com uma só pessoa

É claro que você, compositor, quer falar com as massas. Você quer que muita gente ouça, compartilhe e ame sua música. Eu entendo. Mas uma coisa que você precisa se dar conta é que quando você está fazendo marketing de si mesmo é melhor falar com uma pessoa só, porque isso aumenta as chances de conseguir prender a atenção dela.

Por exemplo, digamos que você se inscreveu no mailing de uma banda durante um show deles. Qual desses dois primeiros parágrafos de email te faria continuar a ler?

  1. “Oi, gente – A gente queria agradecer a vocês por terem ido a nosso show. A gente ficou muito feliz de ver vocês, e espera que vocês possam ir a nossa próxima apresentação no…”

OU

  1. “Oi, João – A gente queria te agradecer por ter ido a nosso show. Curtimos muito te ver, e esperamos que você possa ir a nosso próximo show no…”

O segundo não parece mais feito para você, especificamente (contanto que seu nome seja João)? A segunda frase tem mais chance de conseguir pescar a atenção do seu leitor. Há um descolamento inconsciente que rola ao ler uma frase como “Oi, Gente.” A gente se sente só mais um na multidão, e perde o foco. Mas, quando falam diretamente conosco, é mais provável que a gente responda.

Para ficar bom nessa técnica, um bom jeito é criar um avatar do seu fã médio. Escreva o nome, o sexo, a profissão etc de um dos seus fãs. Pode ser alguém inventado, que você pense que representa bem seu fã-clube, ou pode ser o perfil de alguém de verdade. Toda vez que você for escrever um e-mail, post de Facebook ou post de Twitter, pense nessa pessoa. Finja que você está escrevendo só para ele ou para ela, e não para a internet inteira.  Isso vai te ajudar a escrever coisas que falem com toda e qualquer pessoa que for ler, porque, enquanto dizer coisas como “E aí, Rio de Janeiro” funciona maravilhosamente no palco, não faz muito sentido usar essa técnica na hora de fazer marketing de você mesmo.

2. Agregue Valor

Outro erro comum entre os compositores é não focar sua divulgação nos fãs. Eles focam em si mesmos. Eles dizem coisas como “A gente adoraria que você fosse no nosso show. Seria bem legal para a gente.” Isso é focar em si mesmo. Pode funcionar com a sua mãe ou com seus irmãos, mas dificilmente vai comover alguém que conhece sua  banda casualmentee. Na real, deve afugentar essa pessoa, porque é muito auto-centrado.

Outra frase que eu vejo muito quando um compositor está prometendo novidades é “Ei, confira as nossas músicas e conte o que achou.” Essa frase é uma má idéia por dois motivos 1. De novo, é auto-centrada. O assunto não tem que se reportar só ao artista que postou, e que vai fazer qualquer outra pessoa não se importar. E, 2. Não é eficiente.  As pessoas não vão te contar o que acharam, A NÃO SER que tenham amado. Se você odiar as músicas, não vai querer que as pessoas postem isso na sua página. Eu recomendo ficar bem longe dessa frase na hora de postar. Ela pode ser contraproducente

Em vez disso, fale sobre as vantagens que essas pessoas vão ter se forem a um show seu ou comprarem um álbum. Conte por que será uma experiência positiva PARA ELES. As pessoas reagem a algo que faz elas se sentirem bem. Então faça elas se sentriem bem, Não fale só de si mesmo. O assunto predileto de toda pessoa é… ela mesma. Não outra pessoa. Use essa informação como uma vantagem na hora de pedir que esse pessoal vá a seu show ou compre sua música.

3. Construa Relações

Um dos melhores jeitos de fazer marketing da sua música é construir relações. Isso não vale só para pessoas que podem ajudar na sua carreira, como um dono de casa noturna ou uma banda mais famosa que a sua, mas vale para fãs também.

Se você estivesse no meio da galera de um show de uma banda, não seria mais provável que voltasse a outro show dessa banda se o grupo batesse um papo legal depois do show? Se você conseguir que seus fãs entrem para o seu mailing, pode continuar com essa relação que começou no show, oferecendo coisas legais nos e-mails que manda.

Quanto aos promoters, bandas mais famosas e qualquer outra pessoa que possa ajudar na sua carreira, construir relacionamentos com eles também é essencial. Você já ouviu a frase “Quem tem amigos tem tudo.” Bom, comece a fazer amigos. Mas, de novo, o que importa são eles. Não tente construir um relacionamento com uma pessoa pedindo para ela fazer coisas para você. Ninguém vai querer lidar com você. Seja bacana e procure conhecer as pessoas. Mais para a frente  você vai poder até pedir favores, e isso vai ser OK porque vocês têm um relacionamento. Mas comece com algo simples, só conhecendo as pessoas, e mesmo se oferecendo para ajudá-los com o que eles precisam. Se as pessoas te conhecerem e gostarem de você, é mais provável que elas queiram te ajudar a ter sucesso mais pra frente.

O contrário de construir relacionamentos é mandar Spam para as pessoas online. Nessa categoria entra mandar emails para pessoas que não pediram para recebê-los e postar sua música em sites que não querem ela ali. Fazer coisas assim só vai irritar as pessoas, e provavelmente fazer elas te bloquearem dos seus sites, onde você quer aparecer. Você estará fazendo o contrário de construir um relacionamento.

O problema é que a maioria dos compositores pensa em números. Eles acham que “Olha, essa página de Facebook tem 20.000 curtidas. Se eu postar minha música aqui, ALGUÉM vai ouvir e eu vou ficar famoso. ” É mais provável que você só irrite o dono da página.  Pense, em vez disso, em como conseguir que as  pessoas postem sua música nas próprias páginas.  Tente construir um relacionamento com o dono dessa página também.Talvez ele até divulgue sua música, quando vocês se conhecerem. E, caso isso não role, tudo bem também.

Uma última nota

Fazer marketing da sua música e de si mesmo é essencial para ter sucesso como compositor. É uma coisa tão importante de entender quanto manjar de composição, de como se apresentar no palco, de gravação e de teoria musical. Na verdade, talvez seja até mais importante, se você quiser que a composição seja mais do que um hobby. Então use essa informação para evitar erros desnecessários durante sua jornada rumo ao sucesso, e divirta-se!

[Para muitas outras informações úteis de como escrever música e construir uma base de seguidores, baixe meu e-book, em inglês, de graça aqui: http://successforyoursongs.com/freeoffer/]

Comente

Seus email não será publicado.