101 maneiras de ganhar dinheiro como músico

Há um monte de jeitos diferentes de se ganhar dinheiro sendo músico. Não estou dizendo que todo o mundo consegue lucrar com todos eles.Mas te garanto que você pode ganhar dinheiro ao menos com um desses.

 

179275100Este é um post de Philip Taylor, editor do PT Money, site em que escreve sobre como conseguir realizar seus planos financeiros com foco. Seu podcast têm entrevistas com empresários que não se dedicam em tempo integral a seu negócio, mas que deram certo. Eis Philip…

Há um monte de jeitos diferentes de se ganhar dinheiro sendo músico. Não estou dizendo que todo o mundo consegue lucrar com todos eles.Mas te garanto que você pode ganhar dinheiro ao menos com um desses.

Eu te ofereço 101 jeitos de ganhar dinheiro sendo músico. Aumente a lista sugerindo outros jeitos na seção de comentárioa, aqui embaixo.

1. Dê aulas de música ao vivo em lojas de discos ou de artigos musicais – A loja Bounty Music em Maui, no Havaí, emprega músicos que dão aula ali mesmo.Você já perguntou nas lojas de música da sua cidade se eles têm vagas?  Se eles nunca fizeram isso, deixe sua mente empreendedora agir e negocie uma ideia de negócio com eles.


2. Fale sobre ou ensine música
 – Vá a conferências e ganhe para falar sobre o processo criativo de música. Confira o video do Mike Rayburn’s TEDx talk  para se inspirar um pouquinho.


3. Faça parcerias com marcas
 – Se você é influente com outros músicos (por exemplo, É instrutor musical) ou se simplesmente têm muitos seguidores em redes sociais, é capaz que você consiga um contrato para endossar uma marca da indústria musical.


4.Construa um relacionamento com os músicos locais
–Fique amigo dos donos e funcionários das lojas de música da sua cidade .Quando as pessoas estiverem atrás de professores de música, eles vão encaminhar essas pessoas a você. Ofereça a eles uma comissão e eles ficarão ainda mais animados de te encaminhar esses alunos.


5. Entre para a banda do Exército
 – Você gostaria de server seu país e treinar sua música ao mesmo tempo? Combine os dois se alistando no Exército e se inscrevendo para a banda militar. Ryan Guina tocou na banda da Força Aérea Americana e com isso viajou o mundo. Foi para 20 países e ainda conheceu sua esposa, que também estava no grupo.

6. Escreva para uma publicação musical – Se você já está no mercado, tem uma perspectiva privilegiada e pode compatilhá-la com leitores. Se escreve bem, ainda por cima,  você pode conseguir trabalhos frequentes, ainda que mal pagos, nessa área. O Marilyn Manson começou sua carreira escrevendo para a revista 25th Parallel, por exemplo.

7.Ganhe prêmios –A American Society of Composers, Authors, and Publishers (ASCAP) deu mais de US$ 1,8 milhão em prêmios em dinheiro no ano passado.Há outras premiações no Brasil. Se você é músico, por que não tentar?

8. Seja um afiliado de guias musicais –Se você tem um site para sua banda, venda espaço publicitário nele para guias musicais. Um ótimo exemplo disso são os guias  Cyber PR.

9. Seja o reserva de outra banda – Não importa o que você sabe, e sim quem conhece. Conheça as outras bandas do seu tipo na região. Quando um dos membros dessa banda não conseguir aparecer em um show, eles vão lembrar de você e ainda vai ganhar uns trocados.

10. Venda videos das suas apresentações – Filme sua próxima apresentação e ofereça a fãs que não puderem ir. Distribua de graça para quem foi, como parte de um clube de frequentadores. Faça do material um DVD, para aumentar a distribuiçãp.

11. Produza gravações para outros músicos – Produzir e gravar sua música está ficando a cada dia mais fácil. Você pode usar seu conhecimento para fazer o mesmo para outros músicos, e cobrar pelo período trabalhado.

12. Transcreva música– Transcrever uma música  é geralmente escrever em partitura um som que nunca foi escrito ou mudar a tabulação de uma canção que foi feita para um instrumento e você quer tocar com outro.Se você tem um ouvido bom e muita paciência, pode ser feito para esse trabalho.

13. Ofereça seu som para licenciamento – Outros músicos podem querer usar uma batida ou um solo da sua música, e você pode ser pago por licenciar só um pedaço dela.

14 Programas de TV – The Voice e Fama existem. E é sempre um músico que ganha nesses programas, não?

15. Tente vencer concursos de vídeos– Videoclipes geralmente se saem bem em concursos de vídeos. A maioria dessas competições exige que você use músicas sem royalties mesmo, então por que não usar sua criatividade e entrar num concurso deles?

16. Crie um canal no YouTube e compartilhe um link para vender sua música – Greg Skalak, pianista e artista CD Baby, que toca com o nome TalkWithYourFingers, se gravou tocando Everlong, dos Foo Fighters.Ele postou o vídeo no canal de YouTube, que tem um link de onde comprar a música no CD Baby. O Dave Grohl viu e postou na sua p[agina de Facebook. Milhares viram o vídeo. Quase um milhão  de views depois, o canal do Greg no YouTube tem 15.000 assinantes, todos esperando por sua próxima canção.

17. Faça um show – Então você está pronto para marcar seu primeiro livro? Há uma arte de como fazer isso, de acordo com o guia  Do músico independente. Uma arte que envolve conhecer outras bandas, achar o local certo e pensar na apresentação exata.

18. Seja um garoto-propaganda – Você não tem de ser um músico famoso para ser garoto-propaganda. Se você tem uma história interessate, tipo  Mr. Reed and Tom Larsen, você pode trabalhar para uma grande empresa do mercado, dando seu testemunho.

19. Ganhe royalties de associação – Direitos de associação são pagos quando um artista oca uma música de outra pessoa e sua versão é usada na TV ou no rádio. Esse tipo de direito não é pago o Brasil nem nos EUA, mas outros países, como o Canadá, os pagam.

20. Vire um imitador e venda –Muita gente diz que você se parece com o Zé Ramalho ou soa que nem a Maria Bethânia? Há um bom dinheiro no mercado de imitar músicos.  E, já que as pessoas vão precisar de um lugar para entrar em contato com você, por que não criar um site só para seu negócio de imitador, e colocar nele uma loja virtual, como  nesse de imitador do Elvis?

21. Venda CDs em lojas locais – Conhece uma loja bacana na sua cidade?Cheque se eles não topam vender seus CDs para os clientes bacanas.

22. Ofereça sua música para o sistema de licenciamento sincronizado – Conheça pessoas do cinema e da TV e dê um jeito de licenciar sua música para eles usarem em obras. Aqui vai uma ótima entrevista com o artista indepente Mr. Robotic sobre como ele fez isso.


23. Faça Crowdfund para seu próximo disco
 – Conte ao mundo seus planos musicas e deixe eles te ajudarem a concretizá-lo. É possível com a tecnologia de hoje de crowdfunding. É claro que é mais fácil para quem já tem um público definido, mas mesmo quem está começando pode conseguir. O cantor e compositor John Mark McMillan conseguiu fincancimento de US$ 69.000 para seu próximo CD no Kickstarter.

24. Trabalhe como DJ e remixe suas próprias músicas – Você conhece música e sabe como se divertir,certo? Comece a atacar de DJ em eventos e, enquanto estiver por lá, aproveite e lance umas músicas suas que remixou.  É um jeito excelente de as pessoas conhecerem seu som. Bem, a não ser que você toque hip-hop e vá tocar num baile de terceira idade.

25. Crie música para videogame– Danny Baranowsky se cansou se tentar viver compondo música para filmes e mudou  e a mudança para o universo dos videogames valeu a pena. Alguém tem que escrever as músicas e os efeitos sonorous que ouvimos quando jogamos Wii, Xbox ou PlayStation. Por que não pode ser você?

26. Crie um canal de YouTube e tenha publicidade nele – Nenhum executivo dat MTV pode evitar que você faça um vídeo de sucesso. O YouTube mudou as regras para esse mercado. Tenha uma camera na mão, grave-se e faça proveito do programa de anúncios do YouTube para ganhar algum dinheiro.

27. Publique um livro – Você já viu a série de livros de capa amarela For Dummies , não? Deve saber que existe Baixo para Dummies, Composição para Dummies e Violino para Dummies? Alguém precisa escrever o próximo volume para…dummies.

28. Seja substituto de um professor de música – Não importa se você é jovem ou velho, pode se candidatar a ser professor substituto de música.E, em algumas escolas, pode até escolher para que tipo de classe quer ensinar. E depois de começar a dar uma aula ou outra, pode virar o professor que eles chamam quando precisam de alguém para tapar o buraco deixado por outro mestre por mais tempo.

29. Crie um blg para promover sua música – No mínimo, um blog  (ou tumblr)  vai ajudar a fazer marketing da sua música mostrando os bastidores da sua banda. Mas, se você realmente tiver algo de interessante a dizer,um blog com ótimo conteúdo pode ser a porta de entrada para publicidade na imprensa e para fãs.

30. Dê cursos de férias– As crianças têm férias. Os pais estão procurando desesperadamente pessoas e lugares para entretê-las nesses três meses. Pense em fundar um curso de férias, sublinhando suas áreas de competencia e o que poderia ensinar a elas. Você vai precisar de um lugar onde ministrar de de muito, mas muito, boca a boca. Isso pode virar uma fonte de renda nos meses mais parados.

31. Crie um aplicativo de música –Sua especialidade musical é uma area que outros músicos não conhecem bem? Você pode criar um app que não só vai educar, como também deixará as pessoas ouvirem esse tipo de som. Um ótimo exemplo é o app Blue Note Records, que ajuda as pessoas a descobrirem jazz.

32. Toque na rua – Há um senso-comum de que artistas de rua são moradores de rua (ou quase), lutando por cinco reais para comer.Quando Max Judelson estava estudando no Boston Conservatory, eledescobriu que horas de que dia podia tocar na rua e ganhar bem, além de outras 10 dicas para quem quer lucrar mais .

33. Dê aulas online – A sala de aula tradicional está evoluindo.Ensine música online em comunidades como a  Zoen e mostre virtualmente a que veio. Ou, se você for Kristin Shoemaker, dê aulas para gente de outros Estados ou outros continentes

34. Ganhe bolsas do governo ou de ONGs – Se você está criando música que precisa ser preservada (porque é rara ou beira a extinção), você pode conseguir apoio do governo ou de ONGs. Essas bolsas podem ser grandes,tipo a de US$45.000 recebida pelo músico australiano Richard Frankland.

35. Grave trilhas de fundo e as venda –Se você tem um estúdio ou mais acesso a equipamentos do que as outras pessoas, pode criar um negócio online que vende trilhas sonoras de fundo. Vá para a cama de noite sabendo que sua música está lucrando mesmo quando dorme.

36. Toque em restaurantes, bares ou lojas– Lojas de departamento como a Nordstrom estão demitindo seus pianistas, mas há milhares de outras lojas, hoteis e restaurantes que precisam de músicos  (pianistas, na maioria) para vender. De acordo com o site Mucisian Wages, a primeira apresentação é a mais difícil de emplacar, mas uma vez que você tiver uma reputação, será mais fácil conseguir oportunidades.

37. Crie Arquivos de Som – Aqui vai uma ideia única. Para aqueles que tocam mais de um instrument, especialmente os raros, podem ajudara  outros na hora de compor. E já que você não pode estar em todos os lugares ao mesmo tempo, você pode gravar o som deses instrumentos e colocar eles à venda online (como na Impact Soundworks). É bom para você e para sua carteira.

38. Escreva Músicas para uma Peça de Teatri – O compositor Stephen Lias diz que se , se você gosta de trabalhar com outras pessoas e está disposto a trabalhar por pouco (os salários no começo não são grandes coisas, mas crescem),então a oportunidade de criar trilha para peças é imensa.

39. Seja afiliado de empresas do ramo musical – Se você não for chamado para ser garoto-propaganda, pode ao menos ganhar uma comissão com seu site. Inscreva-se no Musician’s Friend e ganhe uma comissão toda vez que alguém comprar uma partitura ou música por sua causa.

40. Se inscreva nos programas de fidelidade de CD Baby, Amazon, e iTunes – Se você já está vendedo suas músicas nesses sites (e você provavelmente está, se faz parte do CD Baby), aproveite e ganhe uma comissão. É só colocar os links de afiliado no seu site. Inscreva-se no programa de fidelidade do CD Baby.


41.Faça Seu próprio site e venda sua música lá
 – O CD Baby é um ótimo lugar para vendas, mas não dá para colocar todas suas fichas de marketing lá. Crie seu próprio site usando um serviço grátis tipo WordPress, ou algo mais sofisticado, como as opções oferecidas pelo HostBaby.

42. Toque em casamentos, Bar Mitzvahs e outros eventos – Você não vai virar um rockstar tocando em casamentos. Mas o cachê pode ser bem bom. E, se você se sair bem, o boca a boca vai trazer a clientela e você terá um negocião em mãos. Um dos jeitos de divulgar seu nome é usar sites como o Gig Masters.

43. Ofereça sua música como Ringtone – Seus fãs podem querer usar suas músicas como toque de telefone. Facilite a tarefa para eles, cria os ringtones você mesmo e os coloque no iTunes, como faz o Mike Ty-Wharton.

44. Crie um App que melhore o som da sua música – Produtor e primo do Jon Bon Jovi, Tony Bongiovi, criou um app, chamado Digital Power Station. Ele faz a música rodar melhor em tempo real no seu iPhone.

45. Venda produtos – Camisetas,  pôsteres etc. depois de cada show.

46. Revenda seus Instrumentos Antigos Online – Ebay e Craigslist te dão uma chance fácil de fazer uma limpa. Se você está duro, talvez seja a hora de liberar os instrumentos antigos, que você não usa mais ou que nem funcionam. Michael Carlini usa o Craigslist  para comprar e vender instrumentos, e dá dicas a quem quer fazer o mesmo.

47. Venda Partituras – Você é hábil em um instrumento raro? Isso é uma chance de ganhar uma grana. Ted Yoder, que toca o raro dulcimero, e vende partituras dele.

48. Faça Música para videos corporativos – Vídeos corporativos são um mercado em ascenção,  que significa que isso é um nicho para gente como Claire Batchelor, que cria e edita canções para essas empresas. Entre no mercado fazendo uma parceria com um videografista que tope fazer alguns vídeos de graça, para se fazer conhecer por empresas.

49. Venda seu single na internet com o CD Baby – Você não precisa ter um disco inteiro para começar a vender sua música. Inscreva-se no CD Baby e suba suas primeiras músicas. Você estará fazendo negócios antes do que pensa.

50. Comece um blog de música e ajude outros músicos – Dave Hahn começou um blog para compartilhar sua experiência como músico em cruzeiros. Seu blog atraiu muita atenção de pessoas que queriam trabalhar no ramo. Dave acabou juntando a informação em 3 guias, que ele vende online.

51. Empresarie outros músicos –Já está no mercado há tempo suficiente para saber o caminho das pedras, após conhecer profissionais importantes e entender como o mercado funciona? Você pode usar sua experiência empresariando outros músicos.

52. Venda discos de vinil – Ofereça sua música em vinil e alcance um novo mercado. Caso você não tenha ouvido, o vinil está de volta.

53. Toque em navios de cruzeiro – Você não tem de ser o Roberto Carlos para tocar em alto mar. Se você está pronto para o desafio, Josh Greenberg, que trabalhou em cruzeiros por anos, diz que há vários deles procurando pessoas que saibam ler música e tocar gêneros diferentes.

54. Crie um app que incorpore sua música – M. Ward é um artista folk que viu uma necesidade de mercado: colocar músicas fora do circuito pop para streaming. Ele criou a A Wasteland Companion, que também é o título do seu disco. Donos de smart phones podem baixar o Wasteland app,  e tocar em streaming rádios alternativas de todos os EUA, e também achar outros conteúdos, como a agenda de turnês do criador.

55. Considere ter uma carreira como musico-terapeuta – uma carreira em  musico-terapia  não acontece do dia para a noite. Há uma graduação na faculdade e um diploma necessário. Mas, no fim, trata-se de um caminho para ajudar os outros com seu amor pela música.

56. Faça um show no parque da sua cidade – Se você acha que bolar um festival é coisa demais, faça uma série de shows e leve um artista para tocar a cada fim de semana. A comunidade local pode te ajudar com os custos.

57. Seja reserva de uma banda – Todo mundo fica doente de vez em quando ou tem problemas de agenda. Seus amigos músios sabem que você está a fim de tocar com eles, caso alguém não possa? Talvez seja a hora de vocês saberem.

58. Distribua sua música de graça – Parece ser contraproducente, não? Não necessariamente. Confira sites como o NoiseTrade, que dá amostras de músicas e até CDs inteiros de graça, mas que permite a quem baixa dar uma gorjeta como incentivo. Você ficará surpreso com o quanto as pessoas são generosas quando podem dar o dinheiro que quiserem, em vez de serem obrigadas. Funciona para artistas independentes e também para outros mais consagrados.

59. Ganhe Royalties de Performance – “Um royalty de performance é de direito do autor e do editor que publicou uma música toda vez que ela é tocada em rádio, TV ou num show ao vivo.”

60. Faça Tweets Patrocinados – A estrela do pop Kimberly Cole tem mais de um milhão de fás no Twitter. Ela usa um serviço chamado Sponsored Tweets e ganha US$ 1.300 por cada tweet patrocinado que posta. Visite o SponsoredTweets.e descubra quanto ganharia com seus tweets.

61. Faça Crowdfund Para Sua Próxima Música ou Vídeo – Não tem dinheiro para financiar um álbum inteiro, e precisando de ajuda mesmo para gravar uma música ou clipe? Pense em usar um serviço como o Patreon, que permite a pessoas se tornarem assinantes do seu trabalho (geralmente dando só um dólar para ter depois sua próxima música). Por exemplo, Lauren O’Connell está criando novas músicas no Patreon e 132 “patrões” assinaram e vão pagar  US$570 por sua próxima canção.

62. Grave Aulas e As Venda Online – David Walliman levou seu conhecimento de violão para o YouTube e criou o Guitar Playback, um site que vende vídeos em alta qualidade, com aulas de instrumento e outras coisas.

63. Venda Instrumentos Após Seus Shows – Essa ideia serve para quem toca instrumentos de percursão em pontos turísticos. Faça um círculo de tambores e deixe as pessoas tocarem um pouco antes de vender instrumentos.

64. Atue como um Músico – A indústria do cinema e do teatro precisam de músicos para atuar em certos papeis. Se você é músico e sabe atuar, faça como o Mark Morgan, um trompetista freelancer  que trabalha para a companhia de turismo de Nova York e também é ator.

65. Venda seus CDs pessoalmente – As pessoas ainda compram CDs quando um músicos os vende pessoalmente. Não perca a chance de vender após os shows.

66. Ganhe com os Direitos Autorais de suas Partituras – Assim como com gravações, você também ganha quando alguém reproduz suas partituras.

67. Venda seus Discos Online com o CD Baby – Esta lista não estaria completa se não tivesse a ideia que fez do CD Baby blog possível. Vida longa ao músico independente!

68. Crie um Fã-Clube VIP –Venda assinaturar premium para seu fã-clube. E faça essa assinatura mensal ou anual valer a pena dando vários presentes e acesso a cenas de bastidores.

69. Entre no arquivo do Shazam – Estar no Shazam é essencial caso você queira sua música num programa de TV ou comercial.  O CD Baby pode te ajudar a entrar na biblioteca do Shazam .

70. Produza Músicas para Comerciais – Muitos músicos pensam que fazer música para comercial é sufocar seu lado criativo, mas  Gabe Sokoloff diz que não é por aí. Ele diz até que isso pode melhorar sua capacidade musical, fazer você dar valor a diferentes tipos de música e dar passos para a frente na sua carreira.Não sabe por onde começar? Comece com Negócios locais que precisem de músicas para anúncios na TV.

71. Venda seus produtos online no seu próprio site – Você nunca sabe quando alguém está procurando um presentinho para ele mesmo ou para um amigo ou familiar, que podem todos ser seus fãs. A Street Drum Corps vende produtos através da loja virtual, no CafePress.com.

72. Inscreva sua música em um programa de licenciamento numa biblioteca – O contrato de All Media vai estender o uso da sua música em mídias como comerciais, progamas de TV e outras. O CD Baby faz isso possível em parceria com o Rumblefish.

73. Faça Uma Turnê Estadual –Se você tem amigos em outras cidades do mesmo Estado, pense em fazer uma turnê. Cobre entrada, pague o dono do lugar e gaurde seu salário. Grave um dos shows e venda o CD e DVD, como faz a Shannon Curtis.

74. Ganhe Royalties Mecânicos – “Toda vez que uma música que você escreveu for vendida em gravação, download ou streaming em serviços como o Spotify e o Rdio, você tem direito a  royalty mecânico.”

75. Organize uma Conferência de Música de Nicho– É natural que um músico queira ficar perto de outros músicos. Então por que não organizar um encontro para conversar sobre o mercado com os colegas, trocar experiências e evoluir na carreira? Ian Crombie,  compositor de sucesso, é o diretor da West Coast Songwriters conferência anual.

76. Vire um bibliotecário de música – É um mercado de trabalho muito competitivo,  mas se você é formado em biblioteconomia ou teoria musical,  e você conhece mais de música que outras pessoas, então uma carreira de bibliotecário pode ser uma opção. Há bibliotecas públicas, TVs, estações de rádio e universidades que também contratam esse serviço.


77. Inscreva-se para sua música ser trilha do YouTube
 – Ao permitir que sua música seja licenciada, voc6e pode ganhar dinheiro toda vez que alguém usar sua música como trilha de fundo no YouTube. O CD Baby te permite fazer isso.

78. Trabalhe como músico num estúdio – Fale com os donos de estúdios que conheça e tente ser um músico fixo para quando artistas sem banda forem gravar lá.

79. Crie um App Divertido para Seus Fás – Siga o exemplo do Dan Deacon e crie um app que seus fãs possam usar na plateia do seu show. O Dan Deacon app permite que os fãs tenham um sinal luminoso no celular que interage com as luzes do palco.

80. Alugue seu estúdio para outros músicos – Tem seu lugar próprio para gravar? É provável que outros músicos aí perto estejam precisando de um. Ganhe uma grana extra alugando. Neal Morse, músico de rock progressivo, aluga o dele.

81. Crie um Guia Digital – Se você não fica muito bem no video, outra alternativa é gravar um e-Book ensinando as pessoas como tocar um instrumento, como fez o guitarista Justin Sandercoe. Seu cliente tem a informação de que precisa na hora e você não tem muito trabalho.

82. Faça Shows de Graça – Crie um burburinho e faça seu nome ser dit. Dê duro antes e depois colha os frutos (especialmente o dinheiro) depois.

83. Ofereça versões acústicas da sua música– Dê a seus fãs uma visão diferente da sua música. Grave em versão acústica. E dai divulgue como se fossem novas músicas.

84. Grave um Cover – Primeiro, consiga a licença para gravar a música que quer. Daí grave e compartilhe com o mundo. Aprenda os três jeitos  de ganhar dinheiro com isso.

85. Vire professor de música – Em muitas escolas, as primeiras aulas a serem cortadas quando o orçamento aperta são as de artes, então postos em tempo integral para professores de música estão ficando mais raros. Entretanto, cada vez mais escolas oferecem vagas em meio período, como a que acietou o Koen Guedens. E, mesmo que você não consiga uma vaga em escola, dar aulas particulares nas casas dos aluns pode dar bastante lucro, se você souber o preço a cobrar.

86. Mande um Tweet – Em 2009,a música independente Amanda Palmer, do Dresden Dolls, arrecadou US$19.000 em 10 horas pelo Twitter. É sério. Está na hora de todos nós aprendermos a usar as mídias sociais.

87. Construa uma Turnê – Antes que você decida sair pela estrada, seria sábio falar com outros artistas e bandas que já saíram em turnê. Para sua sorte, a banda Marbin recentemente escreeu no DIY Musician blog como eles conseguiram fazer uma turnê que fosse financeiramente possível.

88. Abra sua Casa para Aulas – A gasoline não anda barata, e seu tempo é dinheiro. Em vez de ir até os alunos para ensinar a arte da música, faça eles virem até você  Monte um espaço na sala de visitas ou uma sala de música e deixe sua casa te ajudar a lucrar.

89. Mande sua música para um clube de discos –Se seu som for bom, empresas como a Feedbands.com vão deixar sua música em streaming para os internautas ouvirem, e se eles gostarem dela o suficiente, podem mandar prensar um disco de vinil com ela e te pagar por isso.

90. Comece um festival de música e toque com outros –  Se você não está conseguindo esgotar seus ingressos por si só, una-se a vários outros grupos e faça um festival.Se você ainda não ouviu, o Tenacious D vai voltar a tocar. Mas não vão parar em um show. Não, eles vão se juntar a outras bandas e humoristas num festival.

91. Ache um patrocinador– Se você quer sair em turnê com sua banda ou sozinho, Simon Tam, da Last Stop Booking ensina que não há como saber se uma empresa quer te patrocinar antes de perguntar a ela. Mas ninguém gosta de divas, então seja bacana quando for pedir.

92. Seja pago para testar e escrever resenhas de instrumentos – Se você tem seguidores o suficiente no YouTube, pode fazer uma ou outra resenha em vídeo de instrumentos. Procure as empresas que fazem os produtos de que gosta e veja se eles se interessam por pagar pela sua opinião em vídeo.

93. Escreva e Produza Jingles –  Se você é bom letrista e tende a ser rápido e engraçado, como o ShiftyPop, pense em escrever jingles. Use um site como o Fiverr para oferecer seus préstimos.

94. Consiga um pagamento adiantado ou um bônus de uma gravadora –É fácil falar, certo? Mas isso acontece e você deve se lembrar que um adiantamento é só um adiantament.Depois dele, você ainda precisa fazer um CD que dê lucro. Um bom método pode ser gastar o bônus mas guardar o adiantamento numa poupança até o lançamento do álbum.

95. Faça Shows Educacionais –Misture seu amor por ensinar com as qualidades como músico. Faça workshops para juntar outros interessados por música. A Denver Brass, banda de 14 pessoas, faz shows educacionais na pré-escola, ensino médio e faculdade, e cobra uma taxa.

96.  Crie um Guia Digital Para Fazer seu Marketing como Músico – Se você é bem-sucedido na música, especialmente no marketing, pode criar um eBook ou guia digital para ajudar quem está apenas começando. Aqui vai um exemplo do músico Ariel Hyatt.

97. Toque na sala de estar de alguém – Se você não está atrás da fama, e topa tocar num lugar mais intimista, cogite tocar na casa de alguém. Consiga um conhecido (um fã, talvez?) que abra sua casa e venda os ingressos.

98. Se Apresente numa Igreja – É pecado para a igreja pagar um músico? Bom, muitas igrejas não têm um problema com isso. E se você achar uma que tope pagar para você tocar nos domingos de manhã, não é um mau show.

99. Toque emu ma orquestra– Douglas Yeo toca com a Boston Symphony Orchestra e diz que há muitos benefícios– bom salário, uma agenda atraente e muitas viagens são só alguns deles. Ele também tem uma lista de  perguntas a se fazer se você considera esse campo.

100. Partiipe de um concurso de composição – O cantor e compositor Larry G(ee), de Dallas, recentemente ganhou equipamentos e dinheiro ao ganhar o John Lennon Songwriting Contest. Outro consurso para se inscrever é o International Songwriting Competition.

101. Use seu estúdio para dar aulas –Você gastou dinheiro criando um estúdio de ponta para você gravar sua música. Mas você yambém pode usar esse espaço para dar aulas e complementar a renda.Ou alugar para outros professores.

Espero que tenha achado pelo menos um novo jeito de ganhar dinheiro.Deixe suas ideias e comentários aqui embaixo.

Ganhe Dinheiro Guide

41 Comentários

  1. contato@marcosvampa.com.br'
    by Marcos Vampa on abril 3, 2014  21:45 Responder

    Não sei se li rápido demais... Mas alguém consegue achar um nome BRASILEIRO dentre os que são colocados como exemplo?! A maior parte dessas soluções são ótimas para Europa, USA, Japão, Austrália... Quero ver é funcionar aqui no BRASIL...

    Valeu,
    Marcos Vampa

    • by Marcos Chomen on abril 4, 2014  15:48 Responder

      Marcos, este é um post traduzido mas deveriamos ter colocado alguns exemplos do Brasil. Desculpe-nos. Vamos lá! Assim como para o resto do mundo nem todas as 101 dicas funcionam para todas as bandas mas muitas valem e funcionam. O Velhas Virgens já produziu um DVD e um CD com Crowdfunding (e muitos estão fazendo isso), O Edu Falaschi do Almah dá aulas de música e workshops, vários músicos profissionais brasileiros são reservas de bandas, uma boa parte dos artistas brasileiros que estão no CDBbaby ganham dinheiro com o Youtube.
      Segue uma errata no item 19. Ganhe royalties de associação – O Brasil paga direitos de associação quando um artista toca uma música de outra pessoa e sua versão é usada na TV ou no rádio.

      Valeu!

    • ricardodesignerpoa@gmail.com'
      by Ricardo on dezembro 1, 2015  14:02 Responder

      Fala Marcos,

      Eu conheço o http://radiosparx.com.br/site/ eles oferecem música ambiente para empresas de artistas indie. Não sei se essa seria uma das alternativas que você está buscando.

  2. contato@marcosvampa.com.br'
    by Marcos Vampa on abril 17, 2014  16:23 Responder

    OK, melhorou. Não quis parecer ranzinza, mas contextualizar uma matéria é o mínimo que se pode esperar de um site que termina em .com.br . Um post assim pode induzir a erro, não a mim, com 50 anos de idade e 20 e tantos de profissão, mas um jovem que esteja em embate com a família pra abraçar a profissão de músico.

    Vi a página de vocês no Facebook, gostei, curti, mas acho que falta falar em números. Falar abertamente mesmo, na prática. Por exemplo: quanto o músico ganha (em reais) se uma trilha de fundo dele for usada em 100 vídeos no YouTube e cada um tiver 1000 acessos?

    Valeu,
    Marcos Vampa

  3. by Tracey Gill on abril 17, 2014  23:09 Responder

    Olá Marcos,

    Parte da receita gerada pelo nosso programa de licenças de sincronização em parceria com a Rumblefish é originada dos comerciais exibidos nos vídeos do YouTube que possuem as músicas em questão como trilha sonora. Assim que a música é identificada em um vídeo, comerciais são adicionados a esse e a receita gerada desses comerciais é direcionada ao artista. Há vários tipos de comerciais e a receita pode ser gerada de formas diferentes: cada vez que alguém clica nos links do comercial ou quando assistem um clipe antes ou depois do vídeo, por exemplo. Mas a arrecadação não funciona de acordo com a quantidade de visualizações, portanto se o vídeo possui uma quantia x de visualizações não significa necessariamente que o valor arrecadado pelos comerciais refletirá esse número. Os relatórios e o dinheiro arrecadado são adicionados à conta do artista com a CD Baby trimestralmente, mas os números exatos que você busca não nos são passados pelo YouTube ou pela nossa empresa parceira que nos ajuda proporcionar este benefício aos nossos artistas sem custo adicional. Por esses motivos não temos como lhe mostrar números mais apurados. Esperamos que essas informações lhe proporcionem algum esclarecimento.

    Até mais!

    Equipe CD Baby Brasil

  4. contato@marcosvampa.com.br'
    by Marcos Vampa on abril 20, 2014  01:41 Responder

    Esclareceram sim, claro.
    Mas vocês não podem estimar uma janela de ganhos? Algo amplo, decerto.
    Por exemplo, usando números fictícios: "para cada 100.000 visualizações seria gerado um ganho para o músico entre 100,00 e 800,00. Ou "a partir e 30,00 por cada 100.000 visualizações".
    Claro que se o sujeito clica no anúncio é outra coisa, mas a simples visualização do anúncio deve gerar aí um dinheiro, não?

    É possível uma estimativa assim?

    Valeu,
    Marcos Vampa

    • by Tracey Gill on abril 22, 2014  18:46 Responder

      Oi Marcos,

      É, infelizmente ficaremos te devendo essa. Sinto muito, mas qualquer estimativa seria enganosa e não queremos iludir nenhum artista.

      Obrigada,

      Equipe da CD Baby

  5. contato@marcosvampa.com.br'
    by Marcos Vampa on abril 23, 2014  02:16 Responder

    Claro, mas vocês podem publicar uma lista de 101 formas de ganhar dinheiro com música, das quais nem 10% são aplicáveis no Brasil, certo? Se isso não é iludir, então não sei mais o que é.

    • by Tracey Gill on abril 24, 2014  20:59 Responder

      Oi Marcos,
      Algumas das ideias listadas no artigo podem não terem sido usadas no Brasil ainda, mas isso não significa que não podem ser empregadas. O objetivo do artigo é instigar os músicos a usarem a informação de maneira criativa e inusitada. Em relação à receita gerada por acessos através dos comerciais do YouTube, há caso de artistas que ganharam cerca de 20 a 40
      mil dólares, originados em sua maioria do conteúdo dos vídeos de seus fãs que usaram suas músicas, ao invés de seus próprio vídeos. Em contra proposta, também há artistas que ganharam muito pouco ou até mesmo nada. Claro que há muitas variáveis a levar em consideração neste caso, como divulgação, etc. Aqui está um artigo que compartilha uma história de sucesso - http://somosmusica.com.br/dicas-terabrite-para-musicos-usarem-o-youtube/. E para ver dicas de como alcançar isso leia este post: http://pt.members.cdbaby.com/campaigns/request-youtube-guide.aspx.

      Obrigada,
      Equipe da CD Baby

  6. luiz.educarte@gmail.com'
    by Luiz on outubro 31, 2014  14:28 Responder

    Boa iniciativa, porém se lermos veremos que não são 101 maneiras se der 80, a maioria se repete, apenas trocando as palavras mais os conselhos são os mesmos...

    Não estou jugando e criticando a ideia do site em publicar tal artigo, e sim como sugerido avaliando e deixando minha opinião...

    Uma sugestão, poderia ser criado um tópico criado pelo próprio site com conteúdos atuais e que retratam a realidade e as possibilidades de se "ganhar" algum dinheiro através da música. Poderia inclusive ser oferecida várias sugestões dentro da mesma possibilidade, como por exemplo dentro do ensino de música, voce tem a possibilidade de fazer trabalhos direcionados que dão muito certos como: o ensino de música para melhor idade, trabalhos musicais com pessoas com Défict mental, Musicalização Infantil (em alta), trabalho de musicalização para pessoas com deficiências físicas que em 90% dos casos não os impossibilita de tocar algum instrumento ou ate mesmo ter uma vivência musical.... são tantas ideias reais, brasileiras e atuais...

    Abraço!!!

  7. musicalotigibsonguitars@gmail.com'
    by Otigibson on fevereiro 5, 2015  19:25 Responder

    Na verdade!!! Nao importa o lugar pais nem nada, quando alguem quer de verdade faz acontecer, tenha força de vontade, queira viver a musica. mostre a todos que pensam que so da pra toca no japao africa e purai vai, que da pra toca no brasil, pare e pense!!!! Afinal no brasil nao tem só brasileiros né.

  8. j.@hotmail.com'
    by Carlos on fevereiro 16, 2015  14:15 Responder

    No Brasil é quase impossível viver de música sem se sujeitar a tocar o que o povão gosta, ou seja, músicas de baixo nível. Ninguem dá valor pra música boa nesse país escroto

  9. rosaparamulheres@hotmail.com'
    by Carlos on abril 26, 2015  15:35 Responder

    Caraca...101 é maneira pra caramba...

  10. socrampr@gmail.com'
    by Marcos on maio 16, 2015  22:16 Responder

    Boa. Incluam os roadies na lista também.

  11. Nonato253@gmail.com'
    by Nonato on julho 3, 2015  06:20 Responder

    É por esta e outras que eu não perco tempo com a mídia brasileira: não passam de um CTRL+ C CTRL+ V descarado de coisas da Europa e América do Norte. Eu fico até feliz de ter visto esta coisa aqui, realmente não vale a pena perder meu tempo acompanhando sites brasileiros sobre qualquer assunto.

  12. surfold@hotmail.com'
    by junior on julho 4, 2015  01:25 Responder

    Excelente iniciativa, pois não devemos deixar de lutar pela música de qualidade. Infelizmente em nosso País ocorre a triste realidade em que a mídia desvaloriza nossa cultura e propaga músicas de baixo nível, como exemplo, funk ou "cópias sonoras" com letras ridículas, tudo por um marketing ou dinheiro. O músico é desvalorizado por conta de atitudes do tipo em que se qualifica o leigo e coloca de lado o sábio. Uma das possíveis soluções seria a união dos profissionais, me refiro, músicos com diplomas, juntos de um sindicato, a OMB e simpatizantes, lutar contra esta atual situação. Música é fonte de cultura, cultura essa que buscam retirar do brasileiro diariamente. Recentemente escuta-se escândalos da união de profissionais frente à órgãos federais em manifesto, por qual razão não fazemos o mesmo?

  13. frotahaiti2006@hotmail.com'
    by luciano on julho 12, 2015  19:01 Responder

    Dicas ideais;
    Gosto de compor musicas mais nunca tive a chance de mostrar meu trabalho, qual o caminho a seguir e qual a seria das dicas acima a mais ideal.
    Obrigado

    • by Marcos Chomen on julho 14, 2015  14:22 Responder

      Luciano, você tem que escolher a mais ideal para voce! Obrigado!

  14. matheusferreira.geral@hotmail.com'
    by Matheus fé de b h = José m.ferreira on agosto 15, 2015  21:37 Responder

    tai gostei das dicas, eu sou músico prático. compositor, toco violão domino bem o estilo sertanejo samba e outros. tenho mais de 60 vídeos em meu canal no youtube com comerciais, não tenho condições financeira para comprar uma câmera para melhorar a qualidade de imagem e áudio e ter mais acessos, estou aguardando os olhos da sorte porquê até ontem não ganhei nem 1 centavo com as minhas músicas não quero sair da realidade e procurar o meu sonho em uma padaria.

  15. roberson.administracao@gmail.com'
    by Roberson Silva on setembro 25, 2015  19:40 Responder

    olá, gostei muito das 101 maneiras de ganhar dinheiro como músico, eu que sou guitarrista há 14 anos,
    não sabia dessas maneiras, achei muito interessantes isso, e vou aplicar no meu dia-a-dia, obrigado!!!

  16. Pingback : 15 maneiras de divulgar seu trabalho como músico - Musiteca

  17. guelbraga@gmail.com'
    by Guel Braga on janeiro 28, 2016  18:10 Responder

    Obrigada pelo post!
    Escolha e faça!
    Ponto!
    Reclame menos, espere menos e trabalhe como as formigas!
    Beijão!

  18. augustron.musicas@gmail.com'
    by Augustron on janeiro 31, 2016  10:21 Responder

    Parabéns! Boas dicas.
    Se você acredita que dá certo, dá certo. Se acredita que não dá certo, você tmb está certo.
    O artista só tem que adaptar ao seu contexto profissional.
    Se você não acredita que no Brasil não funciona, vá para um país que funciona. O que te impede?
    As dicas são boas. Faça acontecer. Estude as causas. Aplique. Analise. Redefina. Execute. Analise. Aprimore.
    Se você realmente tem entusiasmo pelo que faz, a estrada está livre pra você obter resultados. Abraço a todos.

    Meu nome é Augustron

  19. higorxxt1@hotmail.com'
    by higor junior do prado on fevereiro 4, 2016  13:55 Responder

    quero virar cantor pode ajuda minha familia a ter uma vida melhor

  20. lucas@lucasxavier.net'
    by Lucas on fevereiro 24, 2016  13:33 Responder

    Quero ver inventarem uma desculpa agora!

  21. radioleo1@hotmail.com'
    by Leonardo Fontoura on março 1, 2016  03:12 Responder

    Existe algum problema de licenciar minha música quando ela está editada ? Se sim, qual seria a melhor opção : Procurar uma Editora ou fazer a correria por conta própria ?

    • by Marcos Chomen on março 7, 2016  16:54 Responder

      Leonardo, não existe problema algum em licenciar sua música se ela esta editada (através de uma Editora, que pode ser sua). Eles vão ficar com um percentual da transaçãom inclusive de praticamente tudo relacionado a sua música. Você pode licenciar sem ter sua obra editada. Editar uma obra tem custos de administração, voce precisa racionalizar para ver se vale ou não a pena.

  22. Pingback : Melhores técnicas de como aprender a tocar violão

  23. ricardomegda@hotmail.com'
    by Ricardo on julho 10, 2016  20:04 Responder

    Alguem sabe informar qual a empresa que contrata musicos para tocar em cruzeiros?

  24. manollo2007@hotmail.com'
    by Manollo Martins on setembro 21, 2016  05:15 Responder

    Viver de música no Brasil não é fácil, no mínimo tem que ser muito bom para conseguir viver só disso, e ser humilde sempre, respeitando a todos. Mas depois de tantas maneiras de ganhar dinheiro, realmente depois de tentar aplicar algumas dessa, da pra ganhar haha. Muito bom artigo, deu uma clareza, e umas ideias também, parabéns.

  25. rbproducoesmusicais@gmail.com'
    by Régis Bonifácio on outubro 6, 2016  18:15 Responder

    Com certeza, esse Post, por mais que tenha algumas formas repetidas, no Brasil, dá sim pra viver da Música, com a cara e a coragem. Músico bom, na minha conpecção, é aquele que hoje mesmo tá gravando o dia todo num estúdio produzindo um disco para o fulano, amanhã mesmo , tá dando aulas, depois de amanhã, tá gravando um jingle para um licenciamento, resumindo, todo santo dia, até aos finais de semana, o cara não pára pra nada, sempre tem algo pra fazer ou algo pra criar, trabalhando sempre, ae sim dá pra ganhar tranquilamente e muito bem nesse País, em questão de valores, menos que 20 mil reais, tá bom demais da conta, mas pra chegar a esse patamar, tem que ter planejamento, senão o cara nem sai do lugar.

  26. BRAIMAGALISSA@GMAIL.COM'
    by JOSE BRAMA GALISSA on outubro 8, 2016  21:04 Responder

    SOU MUSICO DE FAMILIA ERDEIRO QUE TOCA KORA SOU DA REPUBILICA DA GUINE BISSAU VIVO EM PORTUGAL JA 19 ANOS COM A MINHA FORMAÇAÕ MUSICAL TRADIC PORTUGAL --IONAL D.SOU ETNO MUSICOLUGO TOCO O KORA E CANTO SOU INTERPRET E CONPOSITOR.FASO TEATRO AO MESMO TEMPO SOU ACTOR QUE FASA NARAÇAÕ MUSICL DE PEÇAS TEATRAIS SE FOR NESESARIO NA CONPPANHIA TEATRAL.. A MINHA BANDA EM PORTUGAL CHAMA-SE --BELA--NAFA QUER DIZER BENEFICIO COMUM- CONTACTO TELFONICO É +351 934918828 --+351938325723MESTRE GALISSÁ

  27. silvio.edan@gmail.com'
    by Silvio Eduardo on dezembro 14, 2016  22:35 Responder

    Ótimos conteúdo neste site.
    Se você tem o sonho de viver da música e ainda desfrutar de todos os benefícios que um cargo público oferece então comece a se preparar para os concursos que ocorrem em todo Brasil para músicos.
    Saiba mais...http://bit.ly/ConfiraMusico

  28. carlabe@hotmail.com'
    by Carla on janeiro 5, 2017  19:53 Responder

    Viver de música no Brasil é muito complicado, os bons mesmo são poucos valorizados, existem milhares de músicos excelentes que ninguém conhece. Nos EUA tem músicos que ganham muito mais que médicos aqui no Brasil. Muito boas as idéias para ganhar dinheiro com música, depois de tantas, se aplicar algumas dessa, da pra ganhar com certeza. Muito bom artigo, ajudou muito, parabéns.

  29. cleovano@globo.com'
    by Cleovano on janeiro 9, 2017  01:41 Responder

    Com consigo participar das orquestrars que fazer trilhas sonoras para filme nos EUA?

  30. rogerf_barros@hotmail.com'
    by Roger on janeiro 17, 2017  01:22 Responder

    Muito boa as dicas, uma grande forma de ganhar dinheiro com musica hoje em dia também é dar aula online ou criar um mini-curso do instrumento que toca e disponibilizar pra venda pro Brasil todo.

  31. alvesbianca917@gmail.com'
    by Bianca on julho 12, 2017  23:57 Responder

    Viver de música no Brasil é muito complicado, os que temos mesmo não são tao valorizados, existem milhares de músicos extraordinarios que ninguém conhece. Muito boas as idéias e dicas para ganhar dinheiro com a música, após de tantas, se aplicar algumas dessas, da pra lucrar com certeza. Excelente artigo, ajudou muito, parabéns.

    • by Paula Humphries on julho 24, 2017  16:22 Responder

      Obrigada pelo comentário, Bianca! Um super abraço pra você

  32. pelelisaegostosa@gmail.com'
    by Beatriz on julho 13, 2017  21:32 Responder

    Muito legal as suas dicas. Vou até indicar esse artigo para meu cunhado que é musico e esta tentando ganhar dinheiro com a musica mas ainda não tem muita ideia por onde começar. Obrigado por ter listado todas essas ideias.

    • by Paula Humphries on julho 24, 2017  16:21 Responder

      Obrigada você por ler nosso blog, Beatriz. Abraços :)

Comente

Seus email não será publicado.